Resenha: O Ladrão de Raios (Percy Jackson e os Olimpianos #1)

Autor: Rick Riordan
Editora: Intrinseca
Ano: 2008
Páginas: 400 
Sinopse:
 Os deuses do Olimpo continuam vivos, ainda se apaixonam por mortais e geram filhos metade deuses, metade humanos, como os heróis da Grécia antiga. Marcados pelo destino, eles dificilmente passam da adolescência. Poucos conseguem descobrir sua identidade. O garoto-problema Percy Jackson é um deles. Tem experiências estranhas em que deuses e monstros mitológicos parecem saltar das páginas dos livros direto para a sua vida. Pior que isso - algumas dessas criaturas estão bastante irritadas. Um artefato precioso foi roubado do Monte Olimpo e Percy é o principal suspeito. Para restaurar a paz, ele e seus amigos - jovens heróis modernos - terão de fazer mais do que capturar o verdadeiro ladrão- precisam elucidar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.

Classificação:    


Vou ser sincera, assisti o filme antes de ler o livro e desde que avisaram que o Nathan Fillion (Castle) estava no elenco do segundo filme, me deu a louca e resolvi ler a coleção toda.  E agora eu entendo porque a maioria dos fãs não curtiu o filme...

Logo de cara conhecemos Percy e sua vida complicada em um colégio interno, na região de Nova York. Ele se acha um menino problemático, que só arranja confusão e tem ao seu lado seu amigo Grover, a quem sempre protege. Conhecemos o professor Brunner, que fazia de tudo para Percy ser seu melhor aluno. Durante uma visita ao museu, algo estranho acontece e é ai que tudo passa a mudar. Percy é expulso do colegio, volta para casa e viaja com a mãe para a praia. Outra coisa estranha acontece e logo estamos em uma cena de ação onde Percy, sua mãe e Grover estão fugindo e lutando por sua vida.

"- E então eles morreram.
- Morreram? Não. O Ocidente morreu? Os deuses simplesmente se mudaram, para a Alemanha, para a França, para a Espanha, por algum tempo. Aonde quer que a chama brilhasse mais, lá estavam os deuses. Eles passaram vários séculos na Inglaterra. Tudo o que você precisa é olhar para a arquitetura. As pessoas não esquecem os deuses. Em todos os lugares onde reinaram, nos últimos três mil anos, você pode vê-los em pinturas, em estátuas, nos prédios mais importantes."

Com a fuga bem sucedida, ele e Grover chegam ao tal acampamento de verão e Percy leva um tempo para entender toda a verdade, o fato de ser meio-sangue e que alguém/algo realmente estava tentando matá-lo .O tempo passa, ele aceita tudo, faz alguns amigos, entra em brigas e continua sem saber quem é seu pai. Então uma bela noite, acontece uma competição no acampamento e a vida de Percy dá outra reviravolta: ele é filho de Poiseidon.

As pessoas passam a evitá-lo, as coisas pioram no acampamento e Percy descobre o seu destino: Zeus crê fielmente que foi Percy quem roubou seu raio a mando de seu pai e então o garoto tem a missão de recuperá-lo para evitar que uma guerra entre deuses destrua o planeta.

"De certo modo, é bom saber que há deuses gregos lá fora, porque ai temos alguém para culpar quando as coisas dão errado. Por exemplo, quando você está se afastando a pé de um onibus que acaba de ser atacado por bruxas monstruosas e explodido por um relâmpago, e ainda por cima está chovendo, a maioria das pessoas acha que na verdade isso é apenas muita falta de sorte - quando se é um meio sangue, a gente sabe que alguma força divina está tentando estragar o nosso dia." 

Percy, Grover e Annabeth saem em missão para encontrar o raio na terra de Hades (aka submundo que ironicamente se encontra em Los Angeles) e ja no começo encontram confusão, ou seria melhor dizer, confusão os encontra? Eles enfrentam desde seres mitólogicos até Deuses e preciso dizer que as cenas de ação te deixam preso ao livro, querendo saber o que vai acontecer.

A terra de Hades foi bem descrita, consegui imaginar tudo: os mortos, as torturas, os campos, o cão, até o castelo do deus banido do Olimpo. E temos outra reviravolta, já que Hades também teve um objeto roubado ou seja, agora é preciso recuperar dois objetos e evitar que o mundo seja destruido por uma guerra... A partir daqui não tem como escrever sem contar spoilers, já que é uma das melhores partes do livro (na minha opinião), então se tiver a oportunidade de ler, faça!

O fim só me deixou com mais vontade ainda de ler os próximos e saber quais outras aventuras aguardam Percy, Annabeth e Grover...

8 comentários:

  1. Já te disse, Sis, achei que Percy Jackson ia ser um HP mal feito, mas acabei gostando mais do que eu achava possível da história.
    E concordo ctgo, quem gosta do gênero e tem a oportunidade... deveria ler sim ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sis, a capa dos livros nunca me chamou atenção e achei que o livro era mais infantil.. ok NUNCA julgue um livro pela capa, I know. Me arrependi de não ter lido antes =(

      Excluir
  2. Parabéns pela resenha Denise! Muito em breve pretendo ler Percy Jackson. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vanessa! Foi a primeira que escrevi, estava até com medo de que não estivesse ficado boa. E leia sim, vale a pena! Só não continuo agora porque preciso comprar o resto da coleção.

      Bjsss

      Excluir
  3. omg, preciso muito ler esse livro depois dessa resenha!rsrs
    Apesar da já ter assistido o filme também, acho que só me deixou mais ansiosa pelo livro!


    bjos ♥
    erikarayanaheart.blogspot.com

    @_ErikaWaldorf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Érika,
      Leia! Você vai ficar muito de cara com o quanto mudaram a história do livro no filme! Acho que são poucas cenas que ficaram iguais/parecidas, o resto foi mudado! E o livro é mil vezes melhor!

      Bjsss

      Excluir
  4. Por enquanto só vi o filme e gostei :)
    ótima postagem!
    Já estou seguindo o blog!
    Convido-a para seguir:
    eternamente-princesa.blogspot.com
    Bjs

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!