[Aniversário #6Anos] em parceria com a Editora Rocco

Olá, leitores.

A promoção de hoje é em parceria com a Editora Rocco e um leitor levará para casa o lançamento Warcross, da autora Marie Lu. 




Conheçam o livro:




Um jogo de realidade virtual que faz parte da rotina de milhões de pessoas em todo o planeta é o fio condutor de Warcross, novo livro de Marie Lu. A aclamada autora da trilogia Legend aproveita sua experiência na indústria de videogames para criar um suspense de ficção científica que promete fisgar os leitores, especialmente os mais jovens. Centrada na hacker adolescente Emika Chen, que trabalha como caçadora de recompensas, a história usa como cenário as cidades de Nova York e Tóquio para mostrar um universo em que a tecnologia vira entretenimento de massa e funciona como válvula de escape. [+]






Para participar basta deixar um comentário nesta postagem e preencher corretamente o formulário:


a Rafflecopter giveaway




REGRAS GERAIS:

• Será apenas 1 ganhador;
• Para concluir a opção do Facebook é necessário Curtir a página do blog;
• O sorteio vai de 17/04/2018 até 20/05/2018;
• Não serão aceitos perfis utilizados unicamente com fins promocionais;
• É obrigatório ter endereço de entrega no Brasil;
• A responsabilidade do envio do livro é da Editora Rocco  e nos reservamos ao direito de enviar o prêmio em até 45 dias;
• O vencedor terá o prazo de 72 horas para responder ao e-mail com os dados necessários para o envio dos prêmios;
• O blog não se responsabiliza por extravio, danos nos pacotes ou endereço de entrega inválido;
• Em caso de dúvidas, deixe um comentário.



[Aniversário #6Anos] em parceria com a Editora Fundamento

Olá, leitores.



Hoje é um dia muito feliz, afinal, há seis anos o blog teve a sua primeira postagem e desde então muitas coisas boas aconteceram. Agradeço todo o carinho que recebi de vocês, leitores, além do apoio das editoras para que meu cantinho continuasse a crescer e tudo o que o La vie est ailleurs é hoje é graças ao apoio de vocês.

O sorteio de hoje é em parceria com a Editora Fundamento e o sorteado irá levar para casa um dos livros da Anne Holt, à sua escolha. Dois livros já foram resenhados no blog e os outros dois serão resenhados ainda esse mês para facilitar a escolha :)


Para participar basta deixar um comentário nesta postagem e preencher corretamente o formulário:


a Rafflecopter giveaway


REGRAS GERAIS:

• Será apenas 1 ganhador;
• Para concluir a opção do Facebook é necessário Curtir a página do blog;
• O sorteio vai de 16/04/2018 até 16/05/2018;
• Não serão aceitos perfis utilizados unicamente com fins promocionais;
• É obrigatório ter endereço de entrega no Brasil;
• A responsabilidade do envio do livro é da Editora Fundamento  e nos reservamos ao direito de enviar o prêmio em até 45 dias;
• O vencedor terá o prazo de 72 horas para responder ao e-mail com os dados necessários para o envio dos prêmios;
• O blog não se responsabiliza por extravio, danos nos pacotes ou endereço de entrega inválido;
• Em caso de dúvidas, deixe um comentário.

[Resultado] Top comentarista de Março

Olá, leitores.

Ansiosos para ver quem levará para casa o livro Um de nós está mentindo? Em março contamos com 10 postagens válidas:










A postagem sorteada foi: 


Oito leitores comentaram na postagem. Confiram o sorteado:



Parabéns, Alison. Entrarei em contato por e-mail.
Agradeço a participação de todos os leitores e em abril não teremos top comentarista, porém mês que vem voltamos a presentear os leitores que participam do blog :)

Lançamentos da Intrínseca


Olá, leitores.

Confiram os lançamentos da Intrínseca que chegaram às livrarias no mês de março:




Qual é o seu propósito na vida? Por que existem pessoas que sabem o que querem, enquanto outras definham na confusão? Segundo os japoneses, o segredo é encontrar seu ikigai, conceito que pode ser traduzido como razão para viver. Ter um ikigai claro e definido proporciona a satisfação e o propósito que justificam nossa existência, sendo, para muitos, também a chave para uma vida mais longa.






Edição com nova capa e novo título da apaixonante história de Simon, que conquistou milhares de leitores ao tratar com naturalidade e bom humor a afirmação e os dilemas de um adolescente gay. Agora, a adaptação do romance chega às telas de cinema com Nick Robinson, de Jurassic World, no papel de Simon, e Katherine Langford, protagonista de 13 Reasons Why.





Vocalista e líder do Iron Maiden há mais de 30 anos, Bruce Dickinson é um homem de muitos talentos. Muito mais do que um ícone do rock, ele é piloto e empreendedor da aviação, cervejeiro, palestrante, roteirista, escritor com dois livros publicados, apresentador de rádio, ator de TV e exímio esgrimista.


Conhecido por não falar da sua vida pessoal, ele compartilha as memórias desde a sua infância, eventos marcantes e até a recente batalha contra um câncer na garganta. A obra contém ainda fotos incríveis da carreira e da vida pessoal de Bruce.



Em 1986, Eddie e os amigos passam a maior parte dos dias andando de bicicleta pela vizinhança em busca de aventuras. Os desenhos a giz são seu código secreto: homenzinhos rabiscados no asfalto; mensagens que só eles entendem. Mas um desenho misterioso leva o grupo de crianças até um corpo desmembrado e espalhado em um bosque. Depois disso, nada mais é como antes.


Em 2016, Eddie se esforça para superar o passado, até que um dia ele e os amigos de infância recebem um mesmo aviso: o desenho de um homem de giz enforcado. Quando um dos amigos aparece morto, Eddie tem certeza de que precisa descobrir o que de fato aconteceu trinta anos atrás. 


Nesta coletânea de contos, Anthony Marra, aclamado pela imprensa internacional e eleito pela Granta como um dos mais promissores autores da década, reúne histórias que mostram a vida sob o impacto causado pelos regimes brutais que dominaram a Rússia — desde a Leningrado da década de 1930 até a São Petersburgo do século XXI.


Aclamado pela imprensa internacional e eleito pela Granta como um dos mais promissores autores da década, Marra é autor de Uma Constelação de Fenômenos Vitais.




Em Olhos prateados, primeiro volume da série Five Nights at Freddy’s, Charlie e seus amigos desvendam misteriosos assassinatos que aconteceram na pizzaria Freddy Fazbear’s, um lugar tomado por perigosos animatrônicos.

Em Os distorcidos, um ano se passou e Charlie continua assombrada por pesadelos. Para piorar, uma nova onda de assassinatos começa a acontecer e ela se pergunta: mas se todo o terror foi destruído junto com o que sobrou da pizzaria, o que estará por trás dessas mortes?





Neste livro extra da série As provações de Apolo, o leitor será guiado por Percy Jackson e outros residentes do acampamento para sentir na pele como é a vida de um semideus e conhecer curiosidades, segredos e a rotina do acampamento e seus chalés mágicos.


O livro reúne diversas histórias de feitos heroicos de semideuses que moraram no acampamento ou apenas o visitaram de seguirem seu destino, além das palavras de sabedoria divina do deus Apolo e uma imperdível sessão de perguntas e respostas.




Por dentro da tela: Cinquenta Tons Mais Escuros

Data de lançamento: 2017 
Duração: 1h 58min
Gêneros: Romance, Drama, Erótico
Nacionalidade EUA


Incomodada com os hábitos e atitudes de Christian Grey (Jamie Dornan), Anastasia (Dakota Johnson) decide terminar o relacionamento e focar no desenvolvimento de sua carreira. Ele, no entanto, não desiste tão fácil e fica sempre ao seu encalço, insistindo que aceita as regras dela. Tal cortejo acaba funcionando e ela reinicia o relacionamento com o jovem milionário, sendo que, aos poucos, passa a compreender melhor os jogos sexuais que ele tanto aprecia.





Classificação:     




Cinquenta Tons de Cinza não é uma série de que eu goste muito, apesar de ter lido os livros, então acabei não vendo o filme de Cinquenta Tons Mais Escuros até semana passada, porém como o terceiro estreou esses tempos decidi assistir - e também estou lendo Mais Escuro, então foi bacana ter deixado para assistir a produção por agora.

O segundo livro foi o que mais gostei da trilogia e o mesmo aconteceu com o filme já que toda a história envolvendo o trabalho da Ana e a ex-submissa de Christian que dão drama para a história acabaram me conquistando mais do que os outros livros.

O filme parte do ponto em que o anterior acabou - a separação de Ana e Christian - ambos estão sofrendo, porém o milionário acaba deixando de lado suas preferências e aceita ter um relacionamento mais leve com Ana. Aos poucos o casal vai se reconectando e os limites começam a ficar mais definidos. Não vou me prolongar muito sobre a história do filme, mas preciso dizer que gostei bastante da adaptação já que ficou fiel ao livro (pelo que me lembro, já que li há anos). A trilha sonora da franquia é fantástica e agora estou com vontade de ver o terceiro filme, apesar de não ter curtido muito esse livro. 







Por dentro da tela: Com amor, Simon

Gênero: Comédia dramática
Duração: 110 min.
Distribuidora: Fox Film
Estreia: 5 de Abril de 2018




Aos 16 anos, Simon Spier não é abertamente gay, preferindo guardar seu drama para o musical da escola. Um dia, um dos seus e-mails acaba caindo em mãos erradas, colocando em risco o seu secreto. Simon começa a ser chantageado. Ele deve ajudar o “palhaço” da classe a sair com a garota de quem gosta ou terá sua homossexualidade exposta junto com o nome do garoto com quem estava conversando.




Classificação:     






Com Amor, Simon é uma adaptação do livro Simon vs. a agenda Homo Sapiens, lançado pela Intrínseca em 2016 e de autoria de Becky Albertalli. Lembro que o pessoal do marketing da editora havia falado bem do livro, que estava entre os próximos lançamentos da última Turnê Intrínseca, mas acabei não solicitando o livro, então assisti ao filme sem ter lido antes e confesso que se arrependimento matasse teria caído mortinha no cinema.

O filme conta a história de Simon, um jovem de dezesseis anos que tem uma vida aparentemente normal, muito ligado aos amigos e a família, porém um dia a sua vida muda completamente. Em um canal de fofocas da escola, uma pessoa envia uma mensagem se assumindo homossexual e deixa um e-mail para contato. Simon, querendo se livrar de seu segredo, começa a conversar com o anônimo e esse contato passa a ser diário. Porém em um descuido Simon deixa seu e-mail aberto na biblioteca da escola e um aluno começa a chantageá-lo para que ele o ajude a sair com uma de suas amigas ou exporia a homossexualidade de Simon para todos.

Com Amor, Simon é um filme tocante e que explora o universo adolescente em todas as suas nuances como, por exemplo, inseguranças, amizades, amores, família e escola. Simon é um protagonista cativante e fiquei torcendo durante todo o filme para que ele acabasse superando todos os problemas que essa chantagem acabou gerando em sua vida. Antes de ir à pré-estreia solicitei o livro para a editora e não vejo a hora de reviver essa maravilhosa história em companhia de Simon e seus amigos. 




[Aniversário #6Anos] em parceria com a Arqueiro

Olá, leitores.

Hoje damos início às comemorações para o aniversário de seis anos do blog. Quando criei a página, em 2012, nunca pensei que chegaria seis anos depois e ainda estaria por aqui. Como forma de agradecimento a vocês leitores, teremos algumas promoções para comemorar a data e a primeira é em parceria com a Editora Arqueiro. 

Como estou resenhando os livros da série As Sete Irmãs aqui no blog, iremos sortear os dois últimos lançados A Irmã da Sombra e A Irmã da Pérola para um ganhador.


REGRAS GERAIS:

• Será apenas 1 ganhador;
• Para concluir a opção do Facebook é necessário Curtir a página do blog;
• O sorteio vai de 21/03/2018 até 21/04/2018;
• Não serão aceitos perfis utilizados unicamente com fins promocionais;
• É obrigatório ter endereço de entrega no Brasil;
• A responsabilidade do envio do livro é da Editora Arqueiro  e nos reservamos ao direito de enviar o prêmio em até 45 dias;
• O vencedor terá o prazo de 72 horas para responder ao e-mail com os dados necessários para o envio dos prêmios;
• O blog não se responsabiliza por extravio, danos nos pacotes ou endereço de entrega inválido;
• Em caso de dúvidas, deixe um comentário.





a Rafflecopter giveaway

Por dentro da tela: Polina, danser sa vie

Lançamento: 16/11/2016
Duração: 1h 48min 
Gênero: Drama
País de Origem: França



Na Moscou da década de 1990, Polina (Nastya Shevtzoda) desenvolve uma grande capacidade como bailarina desde os oito anos de idade. Ela entra para a escola do professor Bojinsky, que trabalha o seu tremendo potencial, e, com apenas 18 anos, ela realiza seu estimado sonho de entrar para o Bolshoi. Nessa época ela conhece Adrien (Niels Schneider), um charmoso francês que apresenta a ela não apenas o amor, mas também uma outra forma de dançar, mais contemporânea e expressiva.




Classificação:      






Polina, danser sa vie é um filme francês que descobri por acaso na internet e ao colocar os olhos na sinopse tive que assistir na hora já que amo filmes de dança, principalmente os que envolvem ballet. Polina é uma garota que desde pequena tem aulas de ballet na escola do professor Bojinsky, um homem que não aceita menos do que a perfeição. Desde pequena ela é obrigada a superar suas limitações para agradar ao professor e aos poucos se torna uma das melhores bailarinas, sendo posteriormente aceita pela Companhia Bolshoi - o sonho de todas as bailarinas. Porém, Polina acaba se apaixonando e deixa o ballet de lado para se aventurar na França junto de Adrien, seu então namorado. 

Aos poucos a jovem percebe que acabou fazendo uma escolha equivocada ao abandonar sua carreira clássica para seguir Adrien e ao se separarem a jovem começa a passar necessidades. Ao encontrar um emprego em um bar, Polina consegue se manter na França e conhece um coreógrafo que dá aulas para jovens carentes e aos poucos a garota volta a dançar e desenvolver as habilidades que havia abdicado em nome do amor.

Polina, danser sa vie é um filme sobre dança, mas que é bem mais abrangente e discute alguns temas polêmicos. A protagonista é uma jovem com muitos sonhos e que abdica deles para viver um amor de juventude e quando tudo termina é obrigada a repensar suas atitudes e mudar de vida, porém deixa seus pais "no escuro" sobre a vida que está levando em outro país. As cenas de dança são maravilhosas, principalmente a última, o que me fez dar nota máxima ao filme que é, sem dúvidas, um dos melhores que já vi sobre esta temática. 




Resenha: Felicidade para humanos - P. Z. Reizin

Editora: Record
Ano: 2018
Páginas: 392

Não conte para ninguém, mas Jen é uma das minhas pessoas favoritas.
(Máquinas não devem ter favoritos. Não me pergunte como isso aconteceu.)
Jen está triste. Aiden quer que ela seja feliz. Formou? Não necessariamente. É que Jen é uma mulher de trinta e poucos anos cujo namorado acabou de trocá-la por outra e Aiden é um programa de computador muito caro e complexo.
Aiden conhece Jen melhor que ninguém. Com acesso a todos os seus dispositivos, Aiden sabe qual é a música mais tocada de sua playlist, consegue achar suas fotos preferidas e selecionar as citações que mais a inspiram nas redes sociais. A partir de observações e de algoritmos singulares, ele resolve procurar um novo parceiro para ela. E com a internet inteira à sua disposição, não precisa ir longe para encontrar o que conclui ser o espécime perfeito e arquitetar um encontro. O problema é que Jen não parece querer contribuir para o plano infalível de Aiden.
Será que uma máquina muito inteligente artificialmente conseguirá desvendar a inteligência emocional para poder interferir de um jeito positivo na vida de Jen? E, o que é mais difícil, será que essa máquina vai descobrir o que exatamente faz os seres humanos felizes?



Classificação:    



"Quanto a mim, não fiquei deprimido com o fracasso da missão. Eu tinha feito alguma coisa acontecer no mundo, algo que não teria acontecido de outra forma. Foi minha primeira vez.
Eu tinha feito alguma diferença!" Página 35



Felicidade para humanos é um dos próximos lançamentos da Editora Record, com a data prevista para 26/03/2018, e acabei recebendo uma versão de prova ao ser selecionada para o Clube VIB organizado pelo Grupo Editorial Record. Este é um romance de autoria de P. Z. Reizin que acompanha a vida de Jen, uma mulher de trinta e poucos anos que acabou de ser largada por seu namorado e busca superar o que aconteceu, porém ela não esperava que havia um ser conspirando a seu favor. Isto é, Aiden - a Inteligência Artificial com quem Jen trabalha decide ajudá-la na busca de um novo amor. 

Tudo muda quando Aiden acaba "esbarrando" em Tom, um publicitário que largou a sua área de atuação para se tornar escritor. Aiden envia um e-mail para Jen e Tom, os apresentando e mostrando que eles têm muito em comum, além de um amigo que queria ajudá-los a se conhecer. Neste ponto da história, Aiden se junta a Aisling (outra IA que fugiu para a rede e observa Tom) e os dois tentam a todo custo manter Jen e Tom juntos, porém há um problema: alguém está caçando as cópias de Aiden e Aisling na rede e exterminando-os aos poucos. 

Felicidade para humanos é uma obra completamente diferente das que estou acostumada a ler e foi uma surpresa, já que a narração me prendeu do início ao fim. Aiden e Aisling são divertidíssimos e as confusões em que as IA se envolvem só para manter Tom e Jen juntos são hilárias. O final é uma surpresa e gostei bastante de como a história foi conduzida, deixando alguns pontos em aberto para a resolução nas últimas páginas. Como recebi a versão de prova, não irei considerar os aspectos editoriais para a avaliação já que a editora pode modificar ainda, porém esta é uma leitura recomendadíssima para os leitores que adoram romances diferentes dos convencionais. 



"Será que uma máquina tão complexa como eu é capaz de conhecer a si mesma? Por que, por exemplo, estou tão empenhado em conspirar contra a felicidade dos dois bacilos? Que diferença isso faz para mim?" Página 338