Resenha: Diário de uma paixão - Nicholas Sparks

    Como todos sabem, amanhã dia 25 de maio de 2012, irá sair o resultado da promoção do livro + DVD do título Diário de uma Paixão. E eu como sou uma fofa reli o meu exemplar e vou resenhar para vocês.
      
      Começo dizendo: Oh Deus, será que algum dia viverei uma história de amor igual as narradas por Nicholas Sparks? Bom, provavelmente não (sim eu sou pessimista). Mas isso não me impede de sonhar como cada estória que eu leio. Jamie e Landon, Savannah e John., Allie e Noah , Ronnie e Will definitivamente são personagens que me fizeram sonhar. Imaginar o tipo de amor impossível - que em alguns casos se torna possível - e que eu sei que deve acontecer. Longe de mim, é claro.  A cada parágrafo Sparks nos encanta, nos faz sofrer, sorrir e viajar na estória desses personagens que nos fazem imaginar o tipo de amor tórrido e arrebatador. Eu amo ler Nicholas Sparks, mas confesso que na maioria dos livros eu me vejo chorando em várias partes da obra. 
       Sem mais delongas, vamos ao que interessa?

Classificação:     


" Os românticos chamariam isto de uma história de amor, os cínicos diriam que é uma tragédia. Na minha cabeça é um pouquinho de ambas, e no fim das contas qualquer que seja a maneira como você escolha encarar este relato, nada altera o fato de que ele abrange uma grande parte da minha vida e do caminho que escolhi trilhar. Não tenho nenhuma queixa a fazer quanto ao meu percurso e aos lugares aonde ele me levou; talvez sobre outras coisas eu tenha reclamações, suficientes para encher uma tenda de circo, mas o caminho que escolhi tem sido sempre o certo, e tampouco gostaria que tivesse sido de outro jeito." Página 2

          Diário de uma Paixão foi inspirado em uma história da família da esposa de Nicholas Sparks, sim, essa história é real (pasmem). Os personagens, no caso, seriam os avós da esposa de Nicholas que já estavam casados há mais de 60 anos quando eles o conheceu. O amor verdadeiro deles superava qualquer situação que é inevitável na vida de todos. O livro foi lançado em sua versão original no ano de 1999. Em 2004 um filme foi lançado pela Warner Bros. E em 2010 foi lançado pela Editora Novo Conceito.
         O livro começa com o capítulo intitulado "Milagres", e narra um Noah - agora com 80 anos- indo visitar sua esposa no hospital. Todas as enfermeiras tinham um carinho especial por ele, afinal, ele ia todo santo dia lá. Sua mulher mal o conhecia, mas ele fazia questão de ir visitá-la e ler seu diário para que aos poucos ela recobre o resto e consciência e o reconheça. Afinal, o amor deles superou tantas coisas. A doença seria mais uma a ser vencida. 
           O segundo capítulo "Fantasmas" volta ao ano de 1946, 14 anos depois do verão que arrebatou o coração de Noah e Allie. Ele havia refeito sua vida depois da volta da guerra e a recente morte de seu pai. Havia ganhado uma herança de um antigo patrão e teve dinheiro suficiente para comprar a casa que tinha tanto significado para ambos. Allie viu sua foto em uma revista e decidiu ir visitá-lo, sim, três semanas antes de se casar. Boa coisa não poderia dar. 


"Allison Nelson, 29 anos e noiva, uma pessoa da alta sociedade, à procura de respostas que ela precisava saber, e Noah Calhoun, o sonhador, 31 anos, visitado pelo fantasma que acabara dominando sua vida." Página 34



           Os capítulos seguintes são de pura paixão. Eles percebem que estavam se apaixonando novamente. Ou no caso, não haviam perdido o sentimento de 14 anos atrás. Porém uma visita inesperada faz com que Allie tenha que decidir entre seu primeiro amor, Noah, e a vida estável e seu amor atual, Lon. Nesse meio tempo, Allison descobre que Noah havia lhe mandado centenas de cartas depois que se separaram, porém sua mãe tinha as interceptado. Assim como Allie havia escrito algumas, sem ao menos enviar, porque achava que Noah não havia levado a sério o relacionamento deles tanto quanto ela. 
         O livro tem 213 páginas que correm com uma rapidez impressionante. Quando eu estava me empolgando, o livro havia acabado e deu uma tristeza. Queria mais um, dois, três livros sobre essa estória maravilhosa. Sem dúvidas é super recomendado, mas uma dica: não leiam em público. Vai ser um tanto vergonhoso derramar muitas lágrimas e não saber como explicar. 
         

5 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Rafaella! Estou ansiosa para ler Diário de Uma Paixão! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Estou ansiosa pelo resultado!!!!!!!!!!!!!!quero muito ganhar!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafa, adorei sua resenha, muito bacana. Se bem que quando a ssunto é Nicholas Sparks eu também sou suspeita rsrsrs, e acredita que este é o único que eu ainda não li, então estou ansiosa para ganha-lo pq sim a Júh aqui está participando uhahuahuahuah.
    Bjooo
    Júh Zanotti
    Arca de Tinta
    http://www.arcadetinta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Os livros pra mim são sempre melhores que os filmes, mas não sei pq tenho a impressão de que com esse vai ser diferente. Não sei se pelo fato de pra mim o filme ser tão completo e não deixar lacunas ou pq ainda não li o livro pra saber. Quero ler, só acaba ficando pra depois, depois .... e nunca leio.

    Bjus, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha. Eu amo esse livro, é o meu preferido desse escritor... Ainda não assisti o filme mas pretendo fazer isso logo.

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!