Resenha: Maluca por você - Rachel Gibson

Editora: Jardim dos Livros
Ano: 2014
Páginas: 120
Tradutor: Cássia Zanon


Um charmoso policial acaba de chegar à cidadezinha de Lovett, no Texas. Seu nome é Tucker Matthews. Tudo o que ele quer é um pouco de sossego e um lar pra chamar de seu. Seu e de Pinky, sua gatinha de estimação, deixada com ele por uma ex-namorada louca. Mas parece que Tucker tem sorte (ou azar) para mulheres doidas. Sua nova vizinha é ninguém menos que Lily Brooks, ou, a Maluca Lily Darlington, famosa na cidade pelos excessos do passado, como quando entrou com o carro dentro do escritório do ex-marido cretino. Fofocas à parte, Tucker não imaginou que no lugar da suposta barraqueira fosse conhecer uma baita mulher em seus trinta e oito anos, linda, inteligente, sexy e engraçada, que irá virar sua cabeça do avesso. Maluca por você é um romance apimentando e divertidíssimo! Você não vai conseguir parar de ler!

Classificação:


"Ela podia fazer malabarismo de ponta-cabeça para deixar Pippen feliz, e tudo o que o pai precisava fazer era parar sua caminhonete imensa na frente da casa para Pippen ficar nos céus." Página 39



Lily é uma mulher conhecida na pequena cidade em que mora, já que entrou com seu carro na casa de seu ex-marido. A mulher mora com seu filho, Pippen, localizada ao lado da casa de sua mãe e, por coincidência, de Tucker Matthews, um policial que a parou por causa de sua direção perigosa ao voltar do trabalho.

Um dia, Lily percebe que o policial Matthews está brincando com Phillip e isso se torna comum, já que combinam de jogar para que Pippen melhore no basquete e Tucker consiga uma trégua para poder dormir em horários pouco convencionais. 

Tucker investe em um relacionamento com Lily, porém ela já conseguiu se livrar da má fama e não quer ser conhecida por namorar um rapaz mais novo. Contudo, o policial Matthews não está disposto a abrir mão de um possível relacionamento e faz de tudo para que a mulher mude de ideia.

Maluca por você é um livro de fácil leitura e muito envolvente. Acabei lendo-o em um mesmo dia, pois fiquei a madrugada toda sem poder largar o livro e terminá-lo em outro dia. A relação dos protagonistas é engraçada e ao mesmo tempo fofa, o que me deixou apaixonada pelo policial Matthews. Pippen é uma criança sem muitas frescuras e maduro para a idade. A leitura é fluida e você perceberá que ao terminar o livro, se sente mais leve e descontraído. O trabalho editorial é bom, sem muitos erros e a diagramação é simples e funcional. O primeiro livro da autora que tive a oportunidade de ler foi Sem clima para o amor e escolhi Maluca por você para resenha porque gostei muito da narração de Rachel Gibson. Sem dúvidas uma leitura que sem muitas pretensões irá te conquistar. 

"De jeito nenhum ela o chamaria de Tucker. Ele podia não ser tão jovem como ela imaginara no começo, mas ainda era jovem, atraente e um paquerador descarado. Era um perigo para uma mãe solteira numa cidade pequena. Um bonitão extremamente perigoso para uma mulher que finalmente conseguira superar sua reputação de louca. 
- Policial Matthews." Página 43

10 comentários:

  1. Queria ler este livro principalmente porque é bem curtinho.
    A história parece boa, que bom que gostou.
    Ainda vou ler, mas não sei quando. Ele ainda não é prioridade.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafa, tudo bem? As vezes é bom ler um livro mais descontraído, sem muitas pretensões que não seja apenas a de divertir. Esse parece ser um livro leve e engraçado, e as personagens parecem ser muito bons... nossa, imaginando a cena da Lily entrando com o carro na casa do ex-marido... e nossa, o Tucker deve ser ótimo.

    Adorei a resenha!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima
    http://vamosfalarlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Pelo que percebi, não é aquele tipo de livro que muda sua vida, mas cumpre bem o seu papel: O de descontrair o leitor. Ainda não cheguei a ler nada da autora, mas vi que ela tem todos os requisitos que os autores do gênero precisam ter, que são a narrativa e a trama leves e agradáveis. Espero ter a oportunidade de ler algo da autora muito em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  4. Parece ser um livro bacana para se ler, relaxar e descontrair, o que parece ser o objetivo da trama e eu provavelmente gostaria bastante da leitura.

    ResponderExcluir
  5. Quero muito ler esse livro, parece ser muito divertido. Acho que é um bom livro quando se está de ressaca literária, por ele ser pequeno e engraçado.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser daqueles bons pra passar o tempo, nada muito profundo, só pra descontrair mesmo. Achei ele interessante, parece ser divertido também, a personagem não parece ser muito normal rs

    ResponderExcluir
  7. Rafa!
    A Rache é especialista em chick list e no caso é bem hilário e ainda aborda o tema da diferença de idade e o melhor, mostra que para ser feliz, a idade não interfere em nada.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Oii Rafa :)
    Ameeeei o livro, desde a primeira vez que bati o olho nele !
    Mas tenho que discordar um pouco da loucura da Lily, afinal, eu também entraria dentro do escritória do meu ex marido se ele fosse um cretino, rsrs !
    Se tem duas coisas que eu adorei no livro, é a forma como o policial se da bem com o filho dela, e o jeito dele lidar com a criança .. E também, em como a autora abordou o tema de diferença de idade, eu realmente adorei isso, o medo dela de se envolver por ele ser mais novo e todo o relacionamento dos dois .. O livro ficou bem divertido :)
    Bjs :*

    ResponderExcluir
  9. Confesso que eu geralmente passo longe de livros desse gênero, a não ser que esteja muito necessitada de uma distração. Não consigo gostar, talvez até por um certo preconceito meu com relação as histórias serem sempre muito parecidas, e previsíveis demais. Porém a capa é linda!

    ResponderExcluir
  10. É sempre bom fazer leituras leves assim de vez em quando, nada como o bom e sempre utilizado clichê com doses de humor, ainda não conheço a escrita da Rachel e tenho muita curiosidade, esse é o livro perfeito para ler como primeira obra, rápida, leve e divertida, ver o que o policial é capaz de fazer para conquistar Lily e sua relação com o filho dela Pippen, a história ficou mais enxuta e fluida por não ser tão grande, ainda bem que a autora tem a noção de não ficar acrescentando detalhes desnecessários apenas para ter mais páginas.

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!