Por dentro da tela: O homem ideal

Ano de Lançamento: 2009
Gênero:  Comédia
País de Origem:  EUA
Duração: 90 minutos

Beth (Alexis Bledel), uma jovem e ambiciosa nova-iorquina, quer tudo na vida: um bom emprego, grandes amigos e o homem ideal!

Beth apaixona-se perdidamente por Tommy (Scott Porter), uma das novas estrelas de Wall Street, mas quando conhece o seu tímido colega Daniel (Bryan Greenberg), aprende que o jogo do amor é um pouco como o da Bolsa - risco elevado, ganhos elevados... e toda a gente tem as suas razões!

Classificação:        



Assisti O homem ideal no mês passado (ou no anterior, não lembro, já que demorei muito para fazer a resenha), mas me apaixonei perdidamente pela produção. Apesar de não dar quase nada pela sinopse, afinal é totalmente clichê, acabei assistindo já que acompanho os trabalhos da Alexis Bledel sempre que posso, trailer pareceu bacana, e me surpreendi com o quanto gostei do filme. 

Beth é uma garota romântica que está se relacionando com Tommy a algum tempo, o homem largou de sua antiga namorada para ficar com ela, o que já seria complicado, e esta mulher insiste em "persegui-lo". Tommy trabalha com venda de ações e ao ter uma vaga em sua equipe acaba dando a Daniel, o rapaz da TI, uma chance de aprender com ele a lidar com o trabalho e amores. Mas o que Tommy não sabe é que está cavando sua própria cova, pois incentiva Daniel a procurar uma garota e por coincidência ele encontra Beth em uma livraria e puxa papo com ela.

Alguns dias depois Beth acompanha Tommy em um evento da empresa e encontra Daniel por lá, então floresce uma amizade. O problema é que Daniel é o homem que todas sonham, se junta ao clube do livro organizado por Beth, e, pasmem, gosta de Jane Austen, além disso sempre está disposto a escutar Beth quando Tommy não o faz. É assim que os dois começam a ficar mais próximos ainda e tem muito para acontecer na relação.

Gostei muito do filme, já deixei isso claro no início da resenha, e acredito que um dos motivos é porque me identifiquei muito com a protagonista. Confesso que ainda sonho em encontrar um Daniel na minha vida rs. O filme é de romance, mas não é muito água com açúcar (desculpe-me se deixei vocês pensando que era...), conta com algumas cenas super engraçadas e outras mais picantes, então recomendo para todas as pessoas que gostam de um bom filme que nos leve a refletir sobre algumas situações da vida que, no caso, os protagonistas se encontram. 

6 comentários:

  1. Olá Rafaella Ehlke ainda não conheço o filme mas pelo que conta deve ser bom. espero que já tenha encontrado o seu Daniel, mas tenha cuidado amiga olhe que na tela é uma coisa mas na tela da vida é um pouco pior, mas mesmo que não seja um Daniel é preciso a amiga ter sorte, nunca se deixe levar pelas aparências, desculpe de estar para aqui a dar conselhos. Gostei de seu blog.Abraço. Peregrino e Servo.
    Ps se desejar visitar é só procurar com o nome do blog, ou seja blog de Antonio Batalha.

    ResponderExcluir
  2. Faz tempo que não vejo trabalhos da Alexis Bledel, vou anotar esse filme aqui, para eu assistir!

    ResponderExcluir
  3. Eu amo filmes assim, mas não deveria assistir já que fico dias sonhando com o príncipe encantado! hahahaha
    Vou tratar de procurar ele pra baixar e assistir :)
    Beijokas,
    Minha Contracapa

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa!! Já gosto dos filmes com a Alexis, ela é linda e uma ótima atriz. A sinopse é bem ruim mesmo, mas a sua resenha ficou ótima. Fiquei com vontade de assistir!! Irei procurar para assistir online.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. O filme parece ser muito bom, ainda não assisti porém vou procurá-lo. Gosto bastante de filmes com esse tipo de enredo.

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!