Resenha: Enfeitiçadas - Jessica Spotswood

Editora: Arqueiro
Ano: 2014
Páginas: 272
Livraria da folha / Livraria da travessa / FNAC

Antes do alvorecer do século XX, um trio de irmãs chegará a idade adulta, todas bruxas. Uma delas terá o dom da magia mental e será a bruxa mais poderosa a nascer em muitos séculos: ela terá poder suficiente para mudar o rumo da história, para suscitar o ressurgimento do poder das bruxas ou um segundo Terror. Quando Cate descobre esta profecia no diário de sua mãe, morta há poucos anos, entende que precisa repensar seus planos. Qual será a melhor opção: servir a Irmandade, longe dos olhos vigilantes dos Irmãos Caçadores de Bruxas, aceitar uma proposta de casamento que lhe garanta proteção e segurança ou abandonar tudo e viver um grande amor proibido? Prepare-se para se encantar com os jovens pretendentes de Cate, abominar o ódio e a repulsa que os Irmãos dedicam a meninas e mulheres, e aguardar ansiosamente pela sequência de As Crônicas das Irmãs Bruxas.

Classificação:      


"Faz anos que deixei de pensar no que quero. Não tem muita importância. Eu não queria que a Mãe morresse; eu não queria que o Pai se transformasse em uma sombra de seu velho eu; não queria a responsabilidade de tomar conta das minhas irmãs. Eu certamente nunca quis ser bruxa, para começo de conversa." Página 16


Catherine Anna Cahill é a mais velha das irmãs e quando sua mãe faleceu pediu que ela cuidasse de suas irmãs mais novas, Maura e Tess. Esse pedido já é pesado por si só e, se não bastasse, era trabalho de Cate cuidar para que as irmãs não se expusessem como bruxas. Tess, de 12 anos, ainda está aprendendo como fazer magia, porém não é ela com quem Cate se preocupa mais, mas sim Maura por seu comportamento instável. Aos quatorze anos Maura quer abraçar tudo o que a magia lhe permite e ao receber Elena em casa, a nova governanta, tudo começa a piorar.

Com as frequentes viagens do Pai, Cate consegue esconder esse segredo dele de forma fácil, mas é com os criados e os vizinhos que ela se preocupa já que a sociedade é intolerante com qualquer tipo de magia. Como se não bastasse, Cate ainda tem que apresentar em poucas semanas a sua intenção que deve ser se casar ou juntar-se a Irmandade. 

Os membros da Fraternidade, conhecidos como Irmãos, estão com algumas ideias para o futuro de Cate, mas nenhuma delas se encaixa em seu futuro almejado ao lado de seu amor proibido. Agora só resta a Cate decidir qual é o melhor caminho a seguir e proteger Maura e Tess para que não sejam acusadas de bruxaria perante a todos. 


"Vou manter minhas irmãs em segurança. Seja lá o que tenha acontecido com Zara, a amiga da Mãe, seja lá o que tenha acontecido com Brenna Elliott, não vou permitir que aconteça com Maura e Tess. Não enquanto eu viver." Página 76

O livro foi bem mais do que eu esperava e me conquistou aos poucos. Cate é a típica irmã mais velha que tenta de todas as formas proteger as mais novas, sendo capaz de arriscar o próprio pescoço para impedir que algo aconteça com Tess e Maura. Por outro lado, Maura vive muito intensamente e em muitas situações age de forma imprudente e arriscando tudo o que sua irmã pretende manter longe dos olhos alheios. Teresa, apesar de ser apenas uma criança, tem mais maturidade e consegue manter o equilíbrio quando as coisas fogem de seu controle.

Personagens que até então estavam apagados na história, como Sachi e Rory, acabam sendo mais importantes do que o previsto e começam a encantar e surpreender os leitores. E a crueldade dos Irmãos me deixou de boca aberta, mas esse é um dos segredos da narração. 

Sempre gostei de histórias envolvendo magia, desde pequena, mas de certa forma esse foi um ponto que a leitura deixou a desejar, pois se concentrou mais no dilema imediato de Cate: o anúncio de um casamento forçado ou a busca pelo amor verdadeiro. O romance entre Cate e o personagem misterioso (não citarei nomes para não estragar a leitura) foi encantador e fiquei apaixonada pelo rapaz, de certa forma é o garoto perfeito com que eu sonho (haha), então acredito que muitas garotas vão gostar dele também. O final foi um pouco previsível, mas me deixou curiosa pela continuação: Amaldiçoadas. 


A capa me agradou, assim como a diagramação e revisão. A primeira página de cada capítulo conta com uma arte que nos lembra da arte da capa, o que me fez gostar ainda mais da edição da Arqueiro. Como mencionei anteriormente, a falta de um envolvimento maior das irmãs com a magia foi o único motivo que me fez não dar a classificação 5 para a obra, mas espero que esse ponto seja mais explorado no próximo volume, então, sem dúvidas, essa é uma leitura super recomendada. 

"-Brilhante! Eu levei semanas para aprender isso.
- Eu também. Você é excepcional - declara Sachi. - Deve ter um dom natural para esse tipo de magia.
Olho para ela desconfiada, mas ela não está zombando. Acha mesmo que sou boa. Senhor, como julguei mal essas garotas!" Página 159


8 comentários:

  1. Por mais que seja fã da saga Harry Potter, não consigo me interessar por outro livro relacionado a magia. Não sei se é porque vou acabar comparando as histórias, enfim realmente não sei. Bom, eu achei a capa desse livro linda, impecável, já o enredo não me agradou tanto. Li outras resenhas a respeito e nenhuma conseguiu me convencer. No entanto, todas dizem a respeito da irmã mais nova, Teresa, ser mais madura que as outras irmãs, apesar de ser a mais nova. Pelo que pude perceber, o livro explora mais o romance do que a magia em si. Infelizmente, não é uma leitura que me cativaria.

    ResponderExcluir
  2. Que capa linda, adorei a sinopse, e sua resenha tá maravilhosa, bom eu adoro livros que envolvam magia, fiquei um pouco com o pé atras com esse livro, devido ao que você falou na resenha que o livro envolve mais o dilema de Cate não a magia, vou esperar sair as sequências pra ver como fico o livro. :D

    ResponderExcluir
  3. A editora Arqueiro está publicando cada vez livros melhores, eu estou com muita vontade de ler esse livro, adoro bruxas e tudo relacionado a magia *-*

    ResponderExcluir
  4. Gosto bastante de fantasia, mas não sou muito chegado em bruxas. De toda forma, o livro parece bem interessante. A Arqueiro sempre lança excelentes livros.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

    ResponderExcluir
  5. Oi, eu estou louca para ler esse livro desde que o vi como lançamento, quando vi que tinha bruxas no meio fui a loucura, eu amo bruxas, e todo mundo que já leu o livro gostou, espero que ele funcione comigo também, ótima resenha.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  6. Apesar de ter gostado muito da capa, só comecei a me interessar pelo livro depois que as resenhas começaram a sair. Fiquei curiosa para conhecer o rapaz misterioso que você não citou o nome.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  7. Gosto bastante desse livro e quero muito ler pois só li resenhas positivas sobre ele e gostei da história. Amo esse gênero sobre bruxas mas nunca li nenhum livro com esse tema então pretendo ler esse.
    Beijos
    the-universe-of-books.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Quero muito ler =)
    Estou de olho nesse livro desde o lançamento... e li bastante resenha positivas e muitas críticas também... mas minha vontade de ler ainda continua a mesma =)

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!