Resenha: Luar de sangue - Dione Mara Souto da Rosa

Editora: Novo Século
ISBN: 9788576799191
Ano: 2013
Páginas: 312

Livraria da folha - Saraiva

Três sacerdotisas celtas impetuosas. Somente uma é guardiã de uma relíquia sagrada. Caminhos que se cruzam perante a traição e a busca pelo poder, acarretando a morte. Destinos que se encontram em tempos futuros, trazendo revelações. Vampiros obcecados, cruéis e temperamentais digladiam-se pela conquista do Condado. Para conquistar o cargo do rei, precisam gerar filhos com sacerdotisas. A paixão de uma das sacerdotisas por um vampiro dá luz à gêmeos, os quais se tornarão vampiros. Mesmo obrigados a respeitar o pacto de territorialidade imposto por sacerdotes druidas, o descumprem e engendram os mais ardilosos planos para deterem o controle dos demais vampiros. Anne, uma heroína sem memória, sofrerá muito. Sem saber quem verdadeiramente personifica, é raptada por um dos gêmeos vampiros. Ela precisará lutar por sua sobrevivência enquanto tenta recuperar sua memória e se livrar do temperamental vampiro.

Classificação:    


Na Idade Média duas bruxas foram perseguidas pela igreja e o que Anne e Natacha não sabiam era que Denise, uma amiga, foi quem as denunciou porque queria ter para si o tríscele e assim dominar os povos. Anne e Natacha foram mortas, porém a segunda sacerdotisa foi salva por Andrew, seu companheiro e vampiro, assim conseguiu dar a luz aos gêmeos Andrei e Dimitri. 

Os irmãos, desde pequenos, viviam se desentendendo e a situação ficou tão complicada a ponto de ambos morrerem. Andrew tomou a decisão de torná-los vampiros, porém isso fez com que os superiores deixassem ambos viver com a condição de se separarem e cada um viver com um dos pais. Natacha ficou com Andrei na Romênia e Andrew teve que se mudar para com Brasil junto com Dimitri.

No Brasil, mais especificamente em Curitiba, Andrew conhece Bóris Rozebilt e viram sócios. Por sua vez, Dimitri acaba tendo um envolvimento amoroso com Anne, filho do sócio de Andrew e acabam se casando. Quando marido e mulher estavam indo para a lua de mel, Dimitri dá uma injeção letal na recém casada e a larga na beira da estrada. Além de transferir todo o dinheiro de Anne para contas espalhadas por todo o mundo. Antes do casamento, com a ajuda de Denise, Dimitri arquitetou um plano de matar Anne e fazer com que Andrei pagasse por seu crime, uma vez que mandou um convite de casamento para o irmão. O que ele não contava é que Andrei os seguisse e salvasse Anne. 


"Meus olhos despertavam em uma dimensão desconhecida. Abri minhas pálpebras repetidas vezes para certificar-me de que não estava sonhando. Estava deitada em uma enorme cama, em um quarto estranho. Apenas um abajur por testemunha e, por instantes, pensei que estaria morta. Será que estou viva?" Página 95


Com esta tentativa de assassinato a jovem ficou bastante perturbada e causava cortes em sua pele para se aliviar da dor emocional que estava sentindo, porque estava apaixonada por Dimitri. Em um momento derradeiro a jovem corta seus pulsos e espera a morte, porém Andrei a salva novamente e a leva consigo. Os dois passam por diversos países e Anne acaba sendo levada a crer que está em cárcere privado, o que acontecia em partes, pois Andrei sabia que se a deixasse sozinha Dimitri e Denise voltariam a tentar matá-la e por fim acabar o serviço. 

Enquanto isso, no Brasil, Bóris Rozebilt move céus e terras em busca de sua filha desaparecida. Porém o empresário não aceita as suposições de que este desaparecimento tem fundo sobrenatural. Algum tempo depois duas pessoas ligadas ao caso morrem misteriosamente e Bóris decide contratar uma pessoa para descobrir o que realmente aconteceu com Anne e assim à busca começa a ir para frente. 

" Por que devo caminhar de braços dados com um monstro? Tenho a nítida sensação de que Andrei esconde algo e eu não quero parecer íntima dele. O que ele pretende comigo? O que mais me irrita é não ter memórias, parece que tive um esvaziamento total na mente." Página 141

Narrado em primeira pessoa, por Anne, a jovem se mostra onisciente e isso trouxe à leitura uma riqueza de detalhes da perspectiva da jovem. A leitura é bastante fácil e a protagonista acaba cometendo algumas burradas tendo como finalidade conseguir a tão almejada libertação de Andrei, porém é por meio destas ações impensadas que o destino vai se cumprindo e Anne tem uma melhor visão de quem é e o motivo para ter conexão com os gêmeos. A autora fez um excelente trabalho e esta é uma das melhores histórias de vampiros que li nos últimos tempos porque na obra foram conservadas as tradições de dormir em caixões e carbonizar no sol, o que já é uma vitória tendo em vista os vampiros vegetarianos que existem na atualidade. A princípio achei Anne Rozebilt uma menina mimada e insossa, porém ao longo da obra a protagonista começa a se descobrir mulher e isso foi bastante interessante de acompanhar. Sem dúvidas a obra é recomendada para você que gosta de histórias sobrenaturais regadas a sangue e muita morte, além de - é claro - muito suspense proporcionado pela busca por Anne. 


" As brumas, por fim, estavam se abrindo para solucionar o meu desaparecimento, mas o caso ainda estava longe de ser definitivamente resolvido..." Página 179


5 comentários:

  1. Acho que já deu pra perceber que esse tipo de livro não é muito o meu tipo de leitura né??? Mais fiquei bem feliz em saber que a autora conservou as tradições em relação aos vampiros, hoje em dia a maioria dos autores meio que "destruirão" a essência "vampiresca". kkk

    ResponderExcluir
  2. Eu confesso que já estou um pouco cansada dessa temática, mas esse enredo é tão diferente e cheio de reviravoltas que me deixou curiosa. E outra coisa que adorei, se passa em Curitiba *-* Minha cidade linda!

    ResponderExcluir
  3. Que capa linda! Adoro esse tema, sério! Embora tenha virado um clichê! Fiquei curiosa e em breve, quero ler!

    ResponderExcluir
  4. Amo histórias de sobrenatural e gostei muito da resenha!
    A parte de muitas mortes me assustou um pouco, mas ainda quero ler!!!

    ResponderExcluir
  5. Amei a história. Fiquei morrendo de vontade de ler.
    É bom saber que ainda há pessoas que veem os vampiros como eles realmente foram apresentados a humanidade.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!