Por dentro da tela: A entidade

Lançamento: 12 de outubro de 2012 
Duração: 1h 50min
Dirigido por: Scott Derrickson
Com: Ethan Hawke, Fred Thompson, James Ransone
Gênero: Terror , Suspense
Nacionalidade: EUA , Reino Unido


Ellison (Ethan Hawke) é um escritor de romances policias que acaba de se mudar com a família. No sótão da nova casa ele descobre antigos rolos de filme, que trazem imagens de pessoas sendo mortas. Intrigado com o que elas representam e com um estranho símbolo presente nas imagens, ele e sua família logo passam a correr sério risco de morte. 


Classificação:    




Por minhas indicações no blog vocês já devem ter percebido que adoro um filme de terror. Só que, como eu estava falando aqui em casa, posso ver os filmes mais bizarros que não me assusto, mas em dois casos eu fico morrendo de medo: filmes que são baseados em fatos reais e/ou que envolvam crianças. Nestes dois casos, adeus coragem. E A Entidade foi bem assim, por envolver tanto a morte de crianças quanto o sequestro de pequenos. 

Tudo começa quando Ellison, um escritor que faz fama ao escrever sua visão sobre crimes reais, muda-se para uma pequena cidade após o assassinato de quatro pessoas de uma única família. Estas pessoas foram enforcadas no quintal de sua casa e uma das filhas do casal, Stephanie, ainda está desaparecida. Logo quando chega na nova cidade os policiais o recepcionam não tão agradavelmente, afinal, o escritor acha que vai descobrir em que lugar se esconde a menina desaparecida, mesmo após grandes esforços dos policiais locais.

No primeiro dia Ellison já começa a trabalhar em seu caso de desvendar o que aconteceu com a família de Stephanie, o que ajuda é que ele se mudou justamente para a casa em que os assassinatos aconteceram. Quando o escritor vai levar algo ao sótão se depara com uma caixa de filmes caseiros e uma máquina para a sua reprodução e então começam as descobertas. O assassinato da família de Stephanie foi o último, de uma série, e em todos há o desaparecimento de uma criança. Porém estes crimes nunca foram conectados porque ocorreram em estados diferentes e em décadas bastante espaçadas, uma vez que o primeiro aconteceu em meados dos anos 60.

Os filhos de Ellison, Ashley e Trevor, acabam tendo problemas na nova casa. Ashley tem um dom e adora pintar as paredes, depois de ver Stephanie a garota começa a reproduzir imagens da família assassinada e da garota, o que acaba alarmando seus pais. Por outro lado, Trevor tem ataques noturnos de pânico e é constantemente encontrado em lugares estranhos. Com a ajuda do ' policial fulano de tal' o escritor começa a conectar as histórias e então percebe o tamanho do problema que atraiu para si em busca de um best-seller. 


Se você está atrás de uma super produção cinematográfica não o encontrará em A Entidade, o filme é bom, mas nada muito elaborado e logo nos primeiros minutos você perceberá que algumas teorias começam a se formar em sua cabeça e pode ter certeza, é isso. O final não é surpreendente, mas alguns sustos durante o filme serão garantidos. Como falei no início sou extremamente sensível com filmes que envolvam crianças e acabei tomando bons sustos com o desenrolar da trama. Indico este filme para aqueles que gostam de ver um bom filme de terror, mas já aviso que se você quer encontrar sentido em filmes de terror não existe uma produção que vá lhe satisfazer. 


11 comentários:

  1. Parece ser uma história e tanto! Quem sabe um dia eu leia kkk, mas, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  2. Nossa,
    A entidade parece bem sinistro. Lembro que quando o filme estava em cartaz no cinema fiquei morrendo de vontade de ir ver, mas pela correria não deu tempo.
    Ah, e eu tbm adoro os filmes de suspense/terror.
    Depois dos seus comentários, vou ver se consigo assistir.

    Bjok

    ResponderExcluir
  3. Gostei da sua observação sobre o filme, mas como tenho medo de filme de terror acho que nem esse eu me atrevo a vê kkk
    bjs
    www.leituradeouro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu não assistiria esse filme!!!
    Fiquei com medo só de ler a resenha.....

    ResponderExcluir
  5. Eu também sou sensível em filmes com criança. Não vi o filme, mas não gostei pela previsibilidade. Provavelmente não o verei.

    ResponderExcluir
  6. Nossa, fiquei com vontade de assistir esse filme.
    Que Show!!!!
    Amo filmes de terror ;)

    ResponderExcluir
  7. Acho que já falei aqui no blog que não gosto muito de filmes de terror e esse com certeza não verei. A imagem acima já me deixou de cabelo em pé, por mim, só assisto o sexto sentido kkkkk


    bju :)

    ResponderExcluir
  8. Não, muito obrigado.
    Terror não é um estilo que me atraía.
    Corro léguas de filmes de terror, não gosto, tenho alguns traumas de infância, mas pra quem gosta deve ser muito bom.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Esse filme é muito bom, dá pra se assustar bastante!

    ResponderExcluir
  10. OMG que medo. Filmes de terror só gosto de assistir acompanhado pq né D: ... misericordia!!! O filme parece ter um otimo terror, vou ate baixar para assistir com minha tia, ela adora. Olha a foto, nossa, medo/

    ResponderExcluir
  11. Já assisti esse filme, e confesso, é muito bom! Um dos melhores que já vi. Ele tem bastante história, muitos momentos que mexem com a gente. E pra quem quer se assustar, que assistam!

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!