Resenha: Crianças Índigo e Cristal - Tereza Guerra

Edição: 1
Editora: Madras
ISBN: 9788537008256
Ano: 2013
Páginas: 224



O livro Crianças Índigo está sendo agora lançado sob o título Crianças Índigo e Cristal, com mais informações sobre as crianças da Nova Era, incluindo, entre estas, as crianças Cristal. Trata-se, portanto, de uma edição ampliada pela autora, que é especialista no assunto e discorre sobre a educação do novo tempo, a já chamada Nova Educação. Esta é uma obra indispensável a pais, terapeutas e educadores, para saberem como lidar com essa nova geração que já está entre nós e que precisa ser bem entendida e direcionada.


Classificação:    





" Vários autores  mencionam que dentro desse grupo podem distinguir-se quatro tipos de crianças: humanistas (líderes),  conceptuais (intelectuais e tecnológicas), artistas (também chamadas crianças Cristal) e interdimensionais (que se confundem com as multidimensionais , globalmente sobredotadas, mas com potencialidades espirituais invulgares)." Página 58


A obra Crianças Índigo e Cristal nos apresenta uma visão técnica sobre como o mundo está se modificando com o passar dos anos. Uma nova geração de crianças que podem ser consideradas especiais está nascendo e com elas vem também uma missão, cada um tem um motivo para estar aqui e agora, e, é por isso que às vezes algumas pessoas sentem que não pertencem ao seu tempo, leva algum tempo para perceber o real motivo para estar vivendo.

O tema Crianças Índigo já é pouco debatido na atualidade, quem dirá Crianças Cristal que está presente há apenas alguns anos. Tereza Guerra é  autora da obra e sua experiência com o tema abordado é incomensurável e isto fica claro ao longo da leitura, acredito que a obra é fonte de ajuda para muitos pais que estão tendo que aprender a como criar seus filhos Índigo ou Cristal, uma vez que por ser  um termo relativamente novo poucas pessoas realmente o aceitam. Grande parte das crianças da Nova Era são diagnosticadas com hiperatividade e deficit de atenção e são medicadas como portadores deste distúrbio, o que a longo prazo irá  afetar seu desenvolvimento. A autora deixa claro em muitas passagens presentes na obra que é contra a prescrição da Ritalina em crianças que apresentam estes desvios comportamentais, e os pais deveriam ter esta mesma mentalidade porque o remédio é prejudicial para a saúde de seus filhos, sendo que em alguns países o remédio é proibido. 

Conheci o assunto Crianças Índigo por outra leitura que fiz, a obra já resenhada aqui e escrita por Sylvie Simon, foi bastante esclarecedora e comecei a me interessar pelo tema, sendo que procurei me inteirar mais sobre o assunto. Já a obra de Tereza Guerra nos mostra alguns comparativos entre as crianças consideradas índigo e aquelas que começaram a nascer depois do ano 2000 e que são crianças cristal. Estas crianças têm características bastante distintas das índigo, uma vez que são crianças calmas e que transmitem paz por meio de seu olhar. Por outro lado as crianças índigo são bastante agitadas, revolucionárias e seres que contrariam o que está previamente definido em todas as áreas de suas vidas. 


" As crianças e os jovens que forem habituados a desenvolver sua criatividade e as potencialidades de seu hemisfério cerebral direito, por meio da meditação, encontrarão serenidade e paz interior e aprenderão mais facilmente, por intermédio da reflexão e da concentração. O caminho da cura começa por ser não só físico, mas psíquico, emocional e espiritual." Página 136


A Fundação Casa Índigo surgiu da necessidade de orientar os pais a entenderem as crianças que apresentam comportamentos diferentes dos convencionais e por meio de palestras, workshops e consultas com profissionais e terapeutas estes pais têm uma melhor visão do motivo pelo qual seus filhos são especiais. A obra de Tereza Guerra é de difícil leitura porque apresenta muito conteúdo e em poucas páginas, tornando a leitura densa e de difícil assimilação de todo o conteúdo. A autora apresenta toda  a relação entre as crianças da Nova Era, seus possíveis diagnósticos, como elas se comportam nas escolas e como é possível fazer com que estas crianças entendam o que as tornam especiais. 

Publicado no Brasil em 2013 pela Madras Editora o livro apresenta uma capa muito bonita, que dá a sensação de estarmos diante de uma garotinha Cristal. O interior do livro é divido em sete capítulos e cada um trata de um assunto distinto que de alguma forma está conectado ao tema do livro. Ao todo são seis capítulos que nos mostram muitas informações sobre as crianças Índigo e Cristal, seja por meio de tabelas ou comparações. Há também alguns exercícios para praticar com as crianças que precisam de ajuda para ficarem mais calmas, encontramos também um capítulo com todas as informações sobre a Fundação Casa Índigo e uma breve descrição das histórias de alguns seres que são atendidos na instituição. O livro é recomendado para quem tem interesse no assunto e deseja mais informações sobre como diferenciar as novas crianças, mas deixo claro que é preciso ter a mente aberta para a leitura. 


" As crianças da Nova Era, os Índigo e os Cristal, trazem consigo a energia de profundas mudanças. Colocam-nos o desafio de verdadeira metamorfoses das relações humanas e da relação com a Natureza, o mundo, o Cosmos e o Divino. Trazem a energia da integridade e da cooperação." Página 177

7 comentários:

  1. Legal essas leituras informativas!
    Ótima dica!
    Beijos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Interessante a temática, acho que leria o livro em outro momento, mas agora não me animo muito em fazê-lo.

    ResponderExcluir
  3. Confesso que nunca li nada sobre o tema que o livro aborda, sou leiga em absoluto. Mas acho que seria uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  4. Eu conheci o termo agora e achei bem curioso!
    Eu leria o livro para entender isso melhor!

    ResponderExcluir
  5. Não sou muito chegada a livros dessa temática, mas parece ser bastante interessante! Seria uma boa leitura!

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha ouvidos sobre esses termos se tratando de crianças.
    O livro não chamou minha atenção.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Está mais do que na hora da sociedade, a comunidade cientifica, educadores e pais aceitarem a vinda de crianças evoluidas no planeta terra como sementes para ancorar a Nova Era.
    Ainda considerado "alternativo" e fora do comum, a abordagem dessa leitura será em breve muito aceita por conta do Despertar da Humanidade

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!