Lançamento: Bertrand Brasil


Bom de briga 

(Fighting Ruben Wolfe) 
Markus Zusak 


Tradução de Ana Resende 
Literatura Estrangeira 
Editora Bertrand Brasil 
208 páginas 
R$ 24,00 
ISBN: 978-85-286-1653-8 


Markus Zusak mostra que nem sempre quem ganha é o vencedor 


Na continuação do sucesso O azarão, Markus Zusak apresenta o emocionante Bom de briga. Se no primeiro título o autor traz um romance de formação de um jovem incorrigível, infeliz consigo mesmo e com sua condição marginalizada, agora ele exibe dois irmãos em busca de um propósito na vida. 

Bom de briga retrata a evolução dos irmãos Cameron e Ruben Wolfe como seres humanos. No primeiro livro, a dupla estava sempre atrás de algo errado para fazer. Dessa vez eles entram no mundo das lutas amadoras de boxe, buscando independência para suas vidas. Enquanto Ruben mostra um talento nato para a coisa, o outro tenta apenas sobreviver. 

Tudo que é ruim é normal no dia a dia da família Wolfe: como os silêncios, as brigas, a pobreza, a mediocridade. Eles já se acostumaram com isso e sempre têm uma justificativa para tanto. Cameron, o mais novo, é o exemplo do jovem batalhador. Desde cedo apanha e se levanta, mostrando que o que importa não é a força da pancada, mas se você tem a força necessária para se reerguer. 

É interessante notar como Zusak intercala, dentro do mesmo capítulo, cenas do passado e do presente dos personagens, ressaltando a diferença dos seus sentimentos ao longo do tempo. 

Bom de briga é seu segundo livro do autor pela Bertrand Brasil. Com ele, Zusak ganhou o CBCA Children's Book of the Year Award, um dos mais importantes prêmios literários australianos para o público jovem. 



“Tento ser humano em minha escrita. Comecei a escrever porque era o caminho natural. Durante o ensino médio eu era muito introvertido. Sempre tinha histórias na cabeça. Então, comecei a escrevê-las.” (Markus Zusak) 

“Clube da luta encontra Vidas sem rumo neste livro forte e, ao mesmo tempo, sensível.” (Barnes & Noble) 

“Os leitores irão amar e admirar os personagens desse livro que é um tesouro.” (The New York Times) 




Markus Zusak nasceu em 1975 em Sydney, Austrália. É filho de imigrantes e caçula de quatro irmãos. Passou a maior parte de sua infância jogando futebol e brigando com seus irmãos e amigos, mas começou a escrever aos dezesseis anos. Estudou na universidade durante quatro anos, mas estava mais preocupado com sua escrita. Vive em Sydney onde é professor em meio período.


8 comentários:

  1. Adoro o Zusak, sendo do autor só pode ser bom... muita vontade de ler!

    ResponderExcluir
  2. Sei que deve ser chato dizer isso e tal mas esse lançamento não me agradou. Não pela escrita ou o autor, mais o enredo em si que não gostei muito. :(

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia o primeiro livro e nunca li nada do autor!
    A sinopse não me interessou muito, mas vou esperar uma resenha.....

    ResponderExcluir
  4. Não gostei muito do enredo, mas já li vários comentários positivos sobre esse autor, então posso acabar lendo por isso.

    ResponderExcluir
  5. O livro parece ser bom em si, mas não achei de total interesse o seu enredo, porém, é um assunto bastante conhecido e quem sabe possa ajudar algumas pessoas!

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada do Markus Zusak, mas só vi resenhas falando muito bem do livro anterior a esse, o Azarão.
    Deu um pouquinho de vontade de ler.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Os titulos dos livros, as capas dos livros de Markus Zusak sempre me deixa intrigada, fiquei interessada nesse livro pretendo um dia ler algum de seus livros.

    ResponderExcluir
  8. Me arrependo amargamente por não ter tido comprado esse livro na promoção que teve semana passada na cultura e na saraiva :(
    Mas enfim, agora é esperar outra promoção ! Sabe quando vão publicar terceiro volume da série ? Tem previsão para o Brasil ?

    beijos :)

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!