Resenha premiada: A hora das crianças - Marcia Willett

Edição: 1
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2007
Páginas: 350
Tradutor: Flavia Carneiro Anderson


'A hora das crianças' se desenrola em um antigo casarão com arquitetura peculiar e vista para o mar, onde cinco crianças adoravam ouvir as histórias contadas pela mãe. Viviam uma infância feliz, repleta de brincadeira na praia, nos jardins e nos bosques antes de a guerra - entre outras tragédias - abalar suas vidas. Agora, passados muitos anos, duas das irmãs, Nest e Mina, ainda vivem em Ottercombe, o lindo casarão da família, tento à sua volta os adoráveis cachorros e a magnífica paisagem campestre de Devon, e desfrutando das visitas de Lyddie e Jack, seus sobrinhos queridos. No entanto, assim que Georgie, a irmã mas velha de Nest e Mina, vai se hospedar com elas em Ottercombe, as lembranças inoportunas do passado se reavivam. Quando criança, Georgie afirmava conhecer todos os segredos familiares - segredos que ela agora quer compartilhar... Suas revelações desvelam paixões e promessas há muito enterradas e abalam de forma inesperada a nova geração, que enfrenta desafios com seus próprios corações indomáveis.



Classificação:     





" Sei de um segredo" - era a frase monótona entoada pela irmã. Mina podia ouvi-la com clareza. Seu coração acelerou e as mãos ficaram atrapalhadas à medida que organizava a bandeja a ser servida após o jantar, tirava a chaleira com água fervendo do fogão e preparava o chá. Será que Georgie conhecia o segredo de Nest? " página 22



A Hora das Crianças foi o segundo livro da autora Marcia Willett que li e aquele que mais me agradou. Não que Casa de Verão não tenha sido uma leitura agradável, mas apontei alguns motivos pelo qual o livro deixou a desejar na resenha publicada anteriormente. A leitura de Casa de Verão me deixou tão intrigada que decidi solicitar outra obra de Willett pra resenha e não me arrependo. A narração feita em ambas as obras deixa o leitor como se estivesse acompanhando a revelação dos segredos em um camarote, o que é muito bom. Narrado em terceira pessoa a autora consegue trabalhar os personagens sem ser bastante repetitiva com os nomes, como acontece em algumas obras e acaba tornando a leitura bastante cansativa.

" O desespero - inimigo interior - sempre estava à espreita, pronto para se intrometer em um momento de felicidade, para combater uma satisfação frágil." página 133


Mina e Nest vivem na casa em que passaram grande parte de sua infância e adolescência. O casarão em Ottercombe é palco de muitas situações constrangedoras que acabaram tornando-se segredos de família e estes segredos enterrados começam a vir à superfície com a chegada de Georgie, a irmã mais velha de Mina e Nest. 

Mina, um ano mais nova que Georgie, sempre foi aquela que protegia toda a família e acabou sacrificando sua vida para cuidar de sua mãe e posteriormente de Nest, uma vez que a irmã ficou em uma cadeira de rodas depois de um acidente que vitimou Henrietta e Connor, sua irmã e cunhado, respectivamente. 


" - Ela sempre gostou dessa sensação de poder - dissera ela, encorajadora -, de dar pistas e nos deixar nervosas. Mas na hora H não passavam de coisas que ela tinha imaginado ou entreouvido." página 168


Com a chegada de Georgie, que passaria uns dias com as irmãs para depois ser levada para um asilo, Mina e Nest ficam alertas porque Georgie sempre comentava que sabia todos os segredos da família e agora ameaçava revelá-los. Por outro lado, as irmãs acabam ficando mais calmas quando percebem que tais segredos são bastante infantis e todo este medo é amenizado com as vindas frequentes de Lyddie e Jack, seus sobrinhos. Porém nem tudo são rosas e à medida que o tempo passa Nest e Mina começam a voltar em pensamento à época de sua infância e esta volta terá consequências.

Georgie, Mina, Henrietta, Josie, Timmie e Nest foram criados pela mãe Lydia no grande casarão e desde pequenos foram influenciados por ela a gostarem de ler. A famosa Hora das crianças acabava sendo o momento preferido dos pequenos em meio a guerra que estava começando. Seu pai, Ambrose, deixou a família no casarão em Ottercombe e fazia algumas viagens para conferir como estavam. Um dia, Ambrose acabou levando Timothy para conhecer sua família e este homem acabou fazendo uma revolução na casa, começando por dar apelidos mais femininos para as garotas porque Ambrose não aceitava ter apenas filhas mulheres. As idas de Timothy ao casarão tornaram-se mais frequentes e logo após Timmie e Nest nasceram, sendo conhecidos como os caçulinhas que sempre brincavam e davam vida aos personagens literários a que tinham acesso na Hora das Crianças. 

" Como semelhante mágica poderia poderia ter feito parte do mundo ordinário? É precisamente por ser material de contos de fadas que não tem lugar na mediocridade da vida. Nest revive cada momento de seus encontros. Enfeita cada olhar e palavras dele com seu ardor, recobrindo-o com todas as características típicas dos personagens literários, ao mesmo tempo que se agarra às lembranças do homem em carne e osso." página 179 


Quais segredos eram aqueles que Georgie estava ameaçando expor? Todas as famílias têm segredos, porém Mina e Nest estavam amedrontadas quanto àqueles que a irmã mais velha estava disposta a contar para todos. Viciante, este livro é bastante viciante e o leitor não consegue parar de ler até ver que a história se concluiu. A personagem que mais me cativou foi Mina porque era a pessoa que mais sabia dos segredos familiares e aquela que era a base para todos, desde sua mãe e irmãs até mesmo para seus sobrinhos que quando precisavam desabafar acabavam confiando inteiramente nela. Acredito que a leitura foi mais que especial, pois o leitor consegue captar tudo aquilo que está envolvendo a família e o emaranhado de segredos que estão sendo revelados acabam não sendo tão previsíveis quanto se espera. Leitura mais que recomendada e pretendo ler todos os livros da autora, pois sua forma de escrever é maravilhosa e instigante. 


" Todos têm o direito de conhecer o seu passado" Pensativa, recolocou a chaleira no fogão e foi procurar os cachorros. - página 255

a Rafflecopter giveaway


Confira as regras da promoção:

  • Duração entre 21/05/2013 à 30/06/2013.
  • Poderão participar apenas aqueles que possuem endereço de entrega no Brasil. 
  • O livro será enviado pela Bertrand Brasil em até 30 dias contados a partir do recebimento do endereço do contemplado com a obra.
  • O e-mail de contato do blog será enviado logo após o sorteio e o ganhador terá 2 dias para retornar, caso não o faça, será realizado um novo sorteio. 
  • Os participantes de não seguirem corretamente as regras, serão desclassificados.


BOA SORTE!

23 comentários:

  1. Não conhecia essa autora e fiquei bem curiosa para ler esse livro. Deve ser bem interessante a vida dessas duas mulheres e a chegada de outras para lembra-las do passado e o medo dos segredos da infancia e da familia ser revelados. Adorei, bem instigantes mesmo.
    A capa não me agrada muito. Mas o que vale é o conteudo mesmo, né?
    Beijos
    adriana

    ResponderExcluir
  2. Primeira vez q leio sobre o livro e sobre a autora.
    Gostei da resenha, mas estou em dúvida sobre a leitura. A história parece ser otima, e o fato da escrita da autora ser boa me anima a ler, mas não é um tipo de livro q leio normalmente. Mas vou arriscar, pq parece valer a pena.

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esse livro! Nossa, ele parece muito bom. Estou bem curiosa! Adorei sua resenha. Grande Beijo!

    Camila - Meu Livro Cor-de-Rosa
    http://meulivrocorderosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia essa autora, mas gostei muito da história do livro.
    Devo dizer que só pelo que você escreveu já surgiu algumas hipoteses de segredos na minha cabeça.
    Estou curiosa pela leitura.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Parece ser um livro muito bom. Gosto de mistérios que não são previsíveis no final.
    Espero que o livro me agrade quando ler.

    ResponderExcluir
  7. Não tinha lido nenhuma resenha desse livro até agora.
    Acho vou ler porque sou muito fã desses mistérios, segredos que giram em torno de famílias.
    Que o livro me surpreenda, então!

    ResponderExcluir
  8. Eu li a sua resenha sobre "Casa de verão" eu acho.
    Já tinha ouvido falar sobre ele, mas nunca fui atrás!
    Tenho certeza que vou amar o livro por causa da trama (sem contar que amei os quotes kkk)
    Também acho que vou gostar da Mina!
    Ameia resenha, beijos more
    sah.augusto@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li nenhum livro da autora, mas espero fazê-lo. O enredo é interessante e acho que também vou gostar da Mina. Quem sabe fico tão apaixonada pela escrita da autora como você.

    ResponderExcluir
  10. Esqueci o email: natyyyc@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Hmmmmm, bem interessante. Mesmo.
    Me lembrou em partes O orfanato, um filme bom por demais. Não sei porque, talvez o livro tenha me passado alguma obscuridade, não sei.

    ResponderExcluir
  12. Opa, email >> karolyne_26@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Tenho lido algumas resenhas e a cada uma delas eu tenho me interessado um pouco mais por essa obra. Mas o que me ganhou aqui foram as citações (muito bem colocadas e escolhidas, por sinal). consegui entender muito bem sua sensação com a escrita da autora e eu ainda nem li a obra integral!!

    riala.t.silva@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. Mais uma resenha que me deixou super curiosa para ler o livro, gostei da história, parece não ser clichê e pelos trechos descritos na resenha parece ser um livro muito bem escrito e admiro muito autores que tem esse dom de colocar seus leitores dentro do livro como se fossemos personagens, espero futuramente poder ler. Bjs
    Email: jeslly_1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. Oie :)

    Primeira resenha que vejo desse livro, fiquei com muita vontade de le-lo!!! Adoro livros que te surpreendem e revelam muitos segredos, o que parece ser o caso desse livro, também gosto de livros adultos, com outras perspectivas da vida... Amei o último quote que você colocou.

    " Todos têm o direito de conhecer o seu passado"

    Só esse trecho ja merece grande reflexão de nossa parte, pois quantos segredos será que nos é escondido?

    Beijus

    Renata Sara

    renatasara@bol.com.br

    ResponderExcluir
  16. Primeira vez que vejo esse livro.Ainda não conhecia,mais achei bem interessante.Gosto de livros que nos envolva e nos surpreendam.Sua resenha me cativou e me deixou muito interessada no livro.Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Desculpe.Acabei esquecendo o email: elizabethmsalles@hotmail.com

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Ainda não conhecia esse livro, mas gostei da história, parece ser um livro bem interessante. Adoro livros com contexto histórico - a sinopse fala de uma guerra, mas não especifica qual, mas entendi que as lembranças, o passado da família, em algum momento remetem a um momento histórico - então já quero muito ler. Adorei a resenha! =D

    tainarahijaz@hotmail.com

    ResponderExcluir
  20. Não sei se gosto de histórias com crianças como protagonistas, mas fiquei curioso para ler esse livro para matar curiosidade sobre os segredos.

    ResponderExcluir
  21. Estou curiosa com esse livro, é a primeira vez que vejo o livro e me interessei bastante por ele.

    ResponderExcluir
  22. Adorei a resenha e ainda não tinha visto nada sobre esse livro. Gostei bastante e achei bem interessante, ainda mais a parte história que parece ter. email: maylovesbella@hotmail.com

    ResponderExcluir
  23. Que resenha linda, apesar de não conhecer este livro fiquei bem curioso, com muita vontade de lê-lo.

    Participando.
    Rogério Queiroz
    rogerseliga@gmail.com

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!