Lançamento: Bertrand Brasil

Papillon 

(Papillon) 
Henri Charrière 



Tradução de Mário Varela Soares 
Biografia
Editora Bertrand Brasil e Editora Saraiva
728 páginas
ISBN: 978-85-286-1655-2



A história real que se tornou uma das mais fantásticas odisseias contemporâneas 


Publicado originalmente em 1969, e no Brasil em 1975, pela Editora Difel, o polêmico Papillon, a história do homem que fugiu do inferno, de Henri Charrière, chega às livrarias pela Bertrand Brasil em edição revisada e atualizada. 

Charriere, condenado à prisão perpétua por um assassinato que não cometeu, foi um dos poucos que conseguiram fugir da Ilha do Diabo, presídio localizado na floresta impenetrável da Guiana Francesa, onde os presos pagavam por seus crimes sofrendo degradações e brutalidades. No livro, ele relata como foi acusado, fala de seu martírio ao longo dos anos de confinamento, além da corrupção entre os guardas e como planejou sua fuga cinematográfica. 

Quando publicado na França, Papillon foi alvo de grande controvérsia. Nunca se soube ao certo se os acontecimentos narrados de fato ocorreram com o autor, como ele alega – o que faria do livro um romance autobiográfico –, ou se a trama é fruto de sua fértil imaginação. 

Papillon é um dos relatos mais impressionantes e realistas de toda a literatura, um feito incrível de engenhosidade humana, força de vontade e perseverança. A história de um homem que não se deixou vencer. Ao lê-lo, o leitor estará certo de ter um thriller nas mãos. 



“Um livro polêmico e que perdura como uma das grandes aventuras narradas pelo homem.” (Washington Post) 

“Uma escrita ágil, mesmo para um épico. Prende do começo ao fim e conduz o leitor a um desfecho dramático.” (The New York Times) 

“Um dos maiores clássicos de fuga e aventura do século XX.” (Le Monde) 




Henri Charrière nasceu em Ardèche, França, em 1906, e faleceu em Madri, em 1973. Foi um ex-militar da Marinha francesa. Após entrar para a reserva, passou a praticar pequenos golpes em Paris, até ser acusado de assassinato e ser mandado para um presídio na Guiana Francesa, onde conheceu outros condenados que foram incluídos na trama do livro, publicado mais de duas décadas após sua fuga. Depois de escapar em direção à Venezuela, no ano de 1945, ele se casou e viveu em Caracas, onde abriu um restaurante. Morreu na miséria, após gastar todo o dinheiro ganho com a publicação do livro na produção de um filme que foi fracasso total de bilheteria.

10 comentários:

  1. Fiquei bastante curiosa com o livro!!
    Gostei da sinopse e vou esperar até ler algum resenha!!!

    ResponderExcluir
  2. Não gostei muito dessa sinopse, precisaria ler alguma resenha positiva para sentir vontade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  3. Não sei se o livro é bom, mas a resenha parece ser boa, fiquei curiosa pra ler esse!

    ResponderExcluir
  4. Não sei o que achar dessa obra. Parece muito complexa, sabes? Só lendo para saber mesmo. =(

    ResponderExcluir
  5. A sinopse não conseguiu chamar minha atenção, quem sabe alguma resenha faça eu mudar de ideia.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro, que vergonha :x
    Gostei muito do que parece ser a história dele e ainda antes de ler pensar se aconteceu ou não com o autor... ual!

    ResponderExcluir
  7. Gosto de thriller e fiquei imaginando como seria o rumo dessa história e tudo que acontece.
    Não deixarei de conferir o livro.

    ResponderExcluir
  8. Mesmo a obra sendo bem escrita, ágil e até certo ponto "clássica", sinceramente, não faz o meu gênero e nem me convence.

    ResponderExcluir
  9. Eu li esse livro umas duas vezes já e tenho propensão a não lembrar dos detalhes quando termino de ler, por isso sempre releio, alias preciso reler já faz uns 5 anos que li a última vez. É uma história bem louca e se for mesmo real o cara é foda! Bom eu já ouvi dizer que não é não lembro aonde li até uma analise sobre não ser possível a fuga que ele narra. Mas é bom, eu recomendo!

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!