Por dentro da tela: Relação Mortal

Título Original:  The Moth Diaries
País de Origem:  Canadá / Irlanda
Gênero:  Terror
Tempo de Duração: 82 minutos
Ano de Lançamento:  2011
Estúdio/Distrib.:  California Filmes


A história mostra duas garotas, em um exclusivo colégio de meninas, que começam a ter fixação na misteriosa Ernessa (Lily Cole), uma figura pálida, enigmática, melancólia, e com olhos hipnotizantes e fascinantes. Uma vez que estranhos eventos começam a ocorrer sempre onde Ernessa está, as companheiras de quarto se perguntam se ela é humana ou algo completamente diferente. 



Classificação:   






" A Dora caiu, ela só pode ter caído. Ela voltou lá e escorregou igual a mim. Ernessa não atravessou o vidro, ela não podia. A janela devia estar aberta... estava escuro. Eu não vou me permitir acreditar em coisas que não são possíveis. "




Rebecca é uma garota que constantemente é atormentada pela morte de seu pai. Quando este se suicidou ela foi enviada para morar em um colégio só para meninas, que também era um internato, e lá conheceu sua melhor amiga, Lucy. 


Logo no primeiro dia as duas são apresentadas para Ernessa, uma garota bastante pálida e sinistra. No início as amigas de Rebecca acreditavam que a nova garota tinha anorexia, por nunca comer, mas com o passar do tempo Rebecca percebeu que o problema de Ernessa era bem maior do que um distúrbio alimentar.


Aos poucos Ernessa começa a ganhar a confiança de Lucy e leva a menina a fazer tudo o que ela pede e ao notar isso Rebecca começa a ficar preocupada. Lucy não fica mais com as amigas no intervalo, pula as refeições e está sempre pronta para atacar qualquer uma que fale grosserias sobre sua nova amiga. 


Então coisas estranhas começam a acontecer no colégio e Rebecca começa a se perguntar se Ernessa é mesmo humana. Aos poucos a protagonista volta a ser fragilizada e novamente tem sonhos e alucinações sobre o suicídio de seu pai.


Acredito que o filme tinha tudo para ser bom, mas na metade começou a ser bastante previsível e eu precisei me aguentar para não desligar. A única parte em que o filme é bom do início ao fim é na atuação da Sarah Bolger, pois adoro os filmes da atriz. Pelo que vi o filme Relação Mortal é baseado em um livro, que no Brasil foi publicado pela Editora Planeta com o nome de O diário da mariposa. Pretendo ler a obra e quem sabe voltar a assistir a produção, mas em uma avaliação apenas do filme eu o considerei bastante regular e sem grandes surpresas. 


5 comentários:

  1. Não sabia que era baseado nesse livro! Mas vou procurar ler o livro antes, li resenha ótima sobre ele. Gostei da indicação, quem sabe depois de ler o livro, eu venha a assistir =D

    Bjs

    daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  2. u.u Não gosto do gênero terror. Medo! haha Li a resenha e fiquei aterrorizada! KKKK Mas achei legal :)

    ResponderExcluir
  3. Nunca li livros com gênero de terror, mas acho que prefiro ver filmes do que ler livros de terror, haha. Mesmo assim, gostei da sinopse do filme, vou tentar ler o livro e depois ver o filme.
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Estava pensando em um filme para assistir hoje e acho que será esse. Muito interessante saber que tem livro. Acho que será uma boa pedida =)

    ResponderExcluir
  5. Hum filmes de suspense ou psicológicos tá aí uma coisa que não assisto sozinha kkkk. Pareceu ser bem interessante, mas e depois perde a graça nem vou perder tempo de assistir, mesmo pq não tenho paciência nem para os filmes que eu gosto kkkk

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!