Por dentro da tela: 2:37 é só uma questão de tempo

Título Original:  2:37
País de Origem:  Austrália
Gênero:  Drama
Classificação etária: 16 anos
Tempo de Duração: 91 minutos
Ano de Lançamento:  2006

Seis jovens estudantes vêem suas vidas unidas pelas situações mais comuns da juventude. São exatamente 2h37 da tarde e um suicídio revela aos poucos o lado sombrio da vida dos alunos: uma gravidez indesejada desmascara um terrível segredo; nem tudo é o que parece para o confiante jogador de futebol; um rapaz que não se encaixa na sociedade tem de aturar as provocações diárias dos colegas; uma linda garota luta contra distúrbios alimentares; um estudante dedicado se esforça para ganhar a aprovação dos pais; e outro garoto mergulha nas drogas para escapar de seus próprios demônios. Mas quem realmente tomou a terrível decisão de acabar com a própria vida?

Classificação:     



" Às vezes, você sabe... às vezes  você fica preso em seus próprios problemas e não dá bola para mais ninguém.  Entende? "



   2:37 foi lançado em 2006 e trata a respeito de problemas reais, que podem acontecer comigo e com você. Acredito que por ser tão próximo de nossas vidas e problemas, o filme acaba sendo intrigante e fazendo os telespectadores refletirem que todos têm problemas e, nenhum é de maior tamanho que o outro. Afinal, só quem vive com um problema sabe o quanto ele pode ser incômodo.  Esse não é mais um filme sobre Bullying e o terror do ensino médio, não, ele vai muito além levando os telespectadores a se ligarem com os personagens e se angustiarem com sua vida totalmente bagunçada. 

  Logo no início do filme os adolescentes ficam chocados ao descobrir que alguém tirou sua própria vida dentro do banheiro da escola. A partir desta cena as seguintes são uma volta no tempo mostrando os candidatos ao suicídio. Cada um tinha seu problema e acreditava que por isso poderia fazer o que bem entendesse com seus semelhantes. 

  As personagens que mais me chamaram atenção foram a Melody, que descobriu estar grávida e ao longo do filme acabam mostrando que esta gravidez não era nada comparado ao que ela vivia desde seus 13 anos, e Sarah, que é uma garota bastante insegura que tem que lidar com a bulimia. O filme mostra a visão de seis jovens (e alguns amigos) que enfrentam seus demônios diariamente, seja por ser homosexual, gravidez precoce, distúrbios alimentares, problemas de saúde e abusos sexuais

 Como já falei 2:37 não é apenas um filme sobre Bullying - não desmerecendo os casos de provocações - mas os problemas tratados no filme são bem mais fortes que a simples implicância nas escolas. A produção é bastante forte e faz o leitor questionar o que tem feito com a sua vida e se está dando a devida atenção aos problemas dos outros, afinal, quem comete suicídio acaba fazendo isto como último recurso, depois de ter enfrentado tudo o que aguentava. 2:37 está mais que recomendado e acredito que se você conhece jovens e adolescentes que estão passando por problemas na escola e em casa, mostre o filme para eles, assim eles podem ver que é necessário deixar o orgulho de lado e pedir ajuda quando necessitarem. 

11 comentários:

  1. Não é o filme que verei quando quiser me divertir ou me distrair, com certeza, mas a estória é bem interessante...e tem a questão do mistério, né. Legal! Vou anotar a dica ;)

    http://devoradoreshistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não tinha ouvido falar, você gosta de filme, tem uma rede que chama filmow, que você adiciona os filmes que você já assistiu!
    Adoro filmes!

    Adorei seu blog
    Beijos
    http://cihsato.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre me sinto... incomodada, com filmes e livros muito tensos sobre situações... tensas (?) ahahha
    Mas eu gosto realmente de filmes que nos fazem refletir, chorar, porque eu não vejo tantos filmes assim, então quando eu vejo é pra gostar mesmo! hehe
    Eu acho que esse filme deve prender a pessoa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar, mas me parece tocante. Esses problemas que sofremos às vezes parecem as piores coisas do mundo, mas nem se comparam com o que muita gente vive. Fiquei com vontade de ver, mas não sei se vou ver porque tô precisando de um filme para animar. Fiquei curiosa pelo final: conta!

    ResponderExcluir
  5. Não sabia da existência desse filme, mas fiquei bem curiosa quanto a estória, gosto de filmes de dramas e que me fazem refletir! Vou procurar assistir esse filme.
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Tenho uma vontade imensa de assistir esse filme mas ele é bem difícil de achar para locar :\

    Beigos,
    mauraparvatis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Bom vou colocar para baixar. Não conhecia, mas sem dúvidas vale a pena ver. Tenho certeza que ficarei surpresa com o desfeche da estória.

    Rafa
    Blog Melody

    ResponderExcluir
  8. Eita, ja corti o filme, vou baixar parece ser muito bom!

    ResponderExcluir
  9. Vou tentar baixar esse filme... Se você aprovou, deve ser bom ;)

    ResponderExcluir
  10. Talvez o filme seja bom, mas não tenho vontade de ver. Não gosto do assunto "bullyng", é forçado demais. Tem casos que dão muito assunto pra pouca coisa. Minha opinião...

    ResponderExcluir
  11. Sabe que me interessei né, e seria também uma fonte de estudo levando se em consideração que é uma forma de conhecimento dos vários casos que podem ocorrer durante a vida e que podem interferir em vários momentos. Vou procurar assisti-lo, mas não sou muito fã de filmes angustiantes :(

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!