Resenha: A história sombria do oculto - Paul Roland

Título: A História Sombria do Oculto
Subtítulo: Magia, Loucura e Assassinato
Autor: Paul Roland
Assunto/Gênero: Ocultismo/História
Páginas: 272
Editora: Madras Editora Ltda.


Qual é a evidência real de que entidades malignas podem possuir seres humanos e forçá-los a cometer terríveis assassinatos? Assassinatos de magia negra, cultos sexuais satânicos e possessão demoníaca são práticas diabólicas que dominam as manchetes dos tabloides e reforçam o mito de que o mal e a obsessão doentia com o oculto devem levar a culpa por nossa sociedade cada vez mais violenta. Mas, seria a verdade ainda mais sombria e perturbadora? 
   Da magia tribal e do xamanismo,  passando pelas obras de W. B. Yeats e Aleister Crowley, aos rituais de magia negra e os niilistas da Nova Era, o que A História Sombria do Oculto indaga é se as “forças satânicas” são simplesmente o surgimento do lado sombrio da natureza humana, ou se temos realmente algo a temer, ou seja, o mal. 


“Ninguém pode negar que Paul Roland é um mestre completo neste tema.” 
– Colin Wilson (O Oculto)

Classificação:     


" Posso estar arriscando minha alma imortal ao afirmar que não existe Diabo, Satã, Belzebu, Lúcifer ou O Cujo, nem neste mundo ou no próximo, mas tenho certeza de que minha afirmação será confirmada pela evidência apresentada nas páginas seguintes" Página 10


   A História Sombria do Oculto me surpreendeu, tratou o tema como eu nunca havia visto e o autor mostrou domínio do assunto e um conhecimento sem igual. O livro é relativamente fino e na maioria das páginas o autor apresenta figuras para ilustrar o que está abordando. A obra tem 272 páginas divididas em cinco capítulos, dois índices, agradecimentos e os créditos das imagens, e ao final apresenta obras da editora que podem interessar ao leitor. 


    Os capítulos são bem divididos e cada um aborda um tema que se interliga aos próximos. Os que eu mais gostei foram o terceiro (Feitiçaria) e o último ( Magia e Imaginação). Porém o último foi mais difícil de ler porque Paul Rolland mostra crimes que foram caracterizados como ocultos e vemos o quanto as pessoas podem ser maldosas. 

    A obra não é de leitura difícil, mas confesso que você precisa ter estômago para lê-la. No primeiro capítulo o autor tenta mostrar que Satã  é nada mais que uma invenção da Igreja para controlar seus fiéis. Já no segundo, a magia e os magos são apresentados. O terceiro nos mostra a feitiçaria e alguns acontecimentos como as bruxas que foram queimadas em Salém. No quarto capítulo são apresentadas figuras que se voltaram para o lado negro (Aleister Crowley, Hitler). O quinto capítulo mostra como várias pessoas foram influenciadas por Crowley e usam seus livros como base para cultos satanistas. Porém também são apresentados novos nomes que têm associação com o oculto e entre eles estão escritores, atores e músicos famosos. 
   
   Paul Holland fez um ótimo trabalho e não deixou pontas soltas sobre o tema e suas afirmações, sem dúvidas fez um ótimo trabalho. A capa é linda, dá medo, mas foi bem feita e a diagramação e a posição das gravuras tornam a leitura mais fácil e rápida. Preciso dar parabéns para a Madras por essa obra, e está mais que recomendada para aqueles que se interessam em ler sobre temas de ocultismo. 
    

10 comentários:

  1. Não conhecia o livro,tenho que admitir que fiquei com medinho de ler.rsrsr!
    Brincadeiras a parte o livro parece ótimo.Parabéns pela resenha.Beijos!
    http://livrosobaluzdalua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá Rafa!
    Esse não é muito o meu tipo de leitura, digamos que fico muito impressionada e com medo de dormir no escuro ou coisas do tipo. Brincaderinha, rsrs. A resenha está ótima! Quem sabe algum dia eu leia?!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. quando vi a capa me interessei, mas quando você disse que tem que ter "estômago" pra ler, desiste, porque sou uma pessoa muita fraca pra esse tipo de coisa.

    http://somos-adolecentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hum...esse livro parece muitooo bom mesmo! Não conhecia essa obra, mas me chamou muita atenção, ainda mais depois de ler sua resenha e ver que te surpreendeu!^^
    Verei se leio.
    Beijos!
    Paloma Viricio-Jornalismo na Alma

    ResponderExcluir
  5. Olá, eu não conhecia o livro,é interessante, mas não é do tipo de livro que leria.

    ResponderExcluir
  6. Rafa, se eu fosse ler esse livro, não seria de noite. Kkkkk
    Sério, a capa me deu um medo, a sinopse e tua resenha '-'
    Ele é de gênero histórico e não sou muito fã desses livros. Mas você deu avaliação 5, então certeza eu daria uma chance :)

    Beijiinhos!

    cadernodaananda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi! Eu não conhecia esse livro, mas gostei da sua resenha!
    Um beijão.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ah, esse é o blog da Rafa, conheço já! xD

    =O Tenso esse livro, parece q tanto a capa quanto história são fortes, realmente não sei se estou no clima, apesar de curtir um bom terror psicológico! Resenha muito bem feita, cheia de pontos sobre o livro!

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia o livro, mas com certezza agora quero.. Sou viciado nesse tipo de livro com bruxas e magos. Claro, sabendo que é fora da realidade, mas as hístórias são realmente boas.... beijos

    Me visita?
    Guilherme Kunz
    www.tematoa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá! :)

    Não conhecia esse livro! A capa é bem legal e a sinopse é bem interessante!

    Um super beijo!

    www.perdidasnabiblioteca.com

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!