Resenha: A Mediadora#4 - A hora mais sombria

Edição: 9
Editora: Galera Record
Ano: 2012
Páginas: 272

Suzannah está perdidamente apaixonada por Jesse - o fantasma "muito gato" que vive assombrando seu quarto. Para se distrair, tudo o que ela quer é passar as férias de verão pegando sol, descansar e, quem sabe, arrumar um encontro com um garoto de carne e osso. Mas isso não será possível. Não na sua nova família. Os filhos do padastro estudam ou trabalham durante as férias. E, sonhando com um par de Manolo Blanik, ela resolve trabalhar como babá no Peeble Beach Hotel and Golf Resort.

Classificação:     


" Só que Jack não tinha a forma lindamente musculosa do irmão, por isso o cabelo encaracolado que parecia sublime em Paul, dava a Jack a aparência infeliz de um cotonete ambulante. Não sei. Talvez por isso Rick e Nancy não quisessem andar por aí com ele. A aparência de Jack é meio estranha, e parece que ele tem conversas frequentes com os mortos. Deus sabe que isso nunca fez de mim a miss popularidade. Quero dizer, o negócio de falar com os mortos. Não tenho aparência estranha. Na verdade, quando não estou com o short do uniforme, os peões de obra costumam me elogiar pela aparência." Página 28



A hora mais sombria é o quarto volume da série A Mediadora escrita por Meg Cabot. A série conta a história de Suzannah Simon uma garota de 16 anos que desde sua mais tenra idade pode ver e conversar com fantasmas, pessoas que morreram com assuntos inacabados na Terra e ficam vagando por aqui até terem terminado seus assuntos mal resolvidos. 

Neste livro Suzannah é obrigada por seu padrasto a escolher entre ter um trabalho ou aulas particulares durante suas férias da Academia da Missão Junipero Serra. Seu meio-irmão Brad (também conhecido como Dunga) foi obrigado a ter aulas particulares, já que acabou levando bomba em algumas matérias. Suzannah acabou escolhendo procurar um emprego de férias e por indicação de Jake (mais conhecido como Soneca) acabou conseguindo um emprego de babá no Peeble Beach Hotel and Golf Resort. 

Enquanto Brad não estava em suas aulas particulares ele foi convocado para ajudar Andy a trabalhar na construção de uma piscina no quintal dos Ackerman, porém eles não imaginavam o que iriam encontrar naquele terreno. Primeiro Brad encontrou uma caixa com algumas cartas que datavam de 1850, Suze ficou bastante interessada e quase teve um ataque quando descobriu a quem as cartas pertenciam. Isso mesmo, Maria de Silva, a ex-namorada do fantasma Jesse. 

Por outro lado, Maria ficou preocupada por ter sua reputação manchada assim que descobrissem que ela havia mandado executar seu primo e futuro marido Hector. A fantasma visitou Suzannah durante uma noite e ameaçou a garota, que por sinal sentiu um pouco de medo, mas não tanto para fazer com que Brad e Andy parassem a construção da tão sonhada piscina quente. 

Durante o dia Suzannah trabalhava no Resort e para sua alegria a família de um menininho que odiava sair a solicitou pelo resto da semana. Se não fosse o bastante ter de lidar com os sentimentos por Jesse, o irmão mais velho de Jack - o garoto que Suze era babá - vivia a convidando e dando indiretas a ela. Um dia Suze conseguiu tirar Jack de dentro de casa e aconteceu algo que ela jamais imaginava, Jack viu o fantasma de um jardineiro que encontrou Suze. Com essa descoberta e sem ter alguém a recorrer, já que o padre D. estava em um retiro, Suze foi obrigada a ensinar Jack sobre Mediação. Tudo isso enquanto precisava descobrir o que realmente aconteceu com Jesse e o porquê de Maria estar tão alterada com relação as cartas. 

Este quarto volume foi o que mais me agradou até agora. A leitura é fácil e fluiu, igualmente aos livros anteriores. Acredito que o único problema que os livros apresentam é a falta de revisão, pois encontrei algumas palavras erradas e pela metade. Mas sem dúvidas entrou para a minha lista de favoritos. A forma como a história é contada é semelhante aos outros livros da série, porém a forma como Suze enfrenta Maria e a tarefa de ensinar a Jack sobre mediação me encantaram. Super recomendada a leitura de A hora mais sombria, o livro é muito bom. 


"- Garota estúpida! Eu disse a Diego que você era idiota demais para nos causar problemas, mas agora vejo que estava errada. Você é tudo o que eu ouvi falar sobre os mediadores: uma criatura desprezível, que gosta de interferir!
Fiquei lisonjeada, realmente. Ninguém jamais havia me chamado de desprezível. 
- Se eu sou desprezível, o que isso torna você? Ah, espere, não diga, já sei. Uma vaca de duas caras que gosta de esfaquear pelas costas, certo?" Página 145

36 comentários:

  1. Nunca li nenhum livro desta série, mas amo de paixão a série "Tamanho 42 não é gorda" :-)
    Bj, Aris.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse ainda não li, mas já fiquei tentada em comprar rsrs.

      Excluir
  2. Eu só li os 3 primeiros volumes, agora eu tô muito ansiosa pra ler e rir com a suze *-*
    Beijos

    twentytwoo22.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não acredito que ela encontra outro mediador! Ainda não li os outros livros, parei no segundo, mas lendo suas resenhas fico cada vez mais animada pra ler, só preciso ter uma oportunidade kkk

    ResponderExcluir
  4. Quero ler urgente hahaha adorei sua resenha. Beijos...

    ResponderExcluir
  5. Nossa, a cada resenha que lio da série vou ficando mais e mais curiosa e numa expectativa enorme de saber como vai terminar. Gostei muito da resenha.

    ResponderExcluir
  6. Ahhh, sem querer li um pouco da sinopse,estragou tudo agora saber que ela encontra outro mediador ):

    ResponderExcluir
  7. Finalmente ela encarou seus sentimentos por Jesse rs. Achei muito legal ela ter encontrado outro mediador, passar suas experiências e tentar ajudá-lo a aceitar isso. Sem contar com o fantasma de Maria que fica a ameaçando, deve se encontrar numa situação muito difícil. Quero muito saber o desenrolar dessa história!

    ResponderExcluir
  8. Acho fofo a Suzannah apaixonada por um fantasma, mas deve causar um pouco de sofrimento.

    ResponderExcluir
  9. Sempre me dizem que esse é o melhor da saga. Espero pode ler em breve. Na capa parece a Blair Waldorf - do Gossip Girl '-'

    Beijos flor,
    sombradosdezoito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. A relação adolescente parece ser o grande forte da MEg. Ela consegue trabalhar os romances como acontecem de verdade com os adolescentes.

    ResponderExcluir
  11. Muito bom mesmo esse livro não é? Querendo muito ler! Parece tão legal!

    ResponderExcluir
  12. Achei muito legal a resenha, pelo visto pareçe ser um dos melhores da serie. ansiosa pra ler

    ResponderExcluir
  13. Deve ser engraçado estar apaixonada por um fantasma né? hehe

    ResponderExcluir
  14. essa serie eu queria ler dizem q é os melhores da mag

    ResponderExcluir
  15. O livro é muito legal, super indico!

    ResponderExcluir
  16. Haha, para mim, livros que recebem nota máxima nas avaliações de resenhas já merecem uma chance. E pf, Cabot não deve decepcionar né.

    ResponderExcluir
  17. Coitado desse Jack, vai ter o mesmo carma da Suzannah. Pelo menos ela o ajudou a saber como lidar com esse dom.
    Só posso dizer que estou ficando super curioso pra ler essa série.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  18. O menininho era muito fofo mesmo! E o imão dele, se não estou enganada, era bem charmosinho também... Mas Suzannah tinha que se apaixonar por um fantasma! ahahahaha
    Ela é muito doida ensinando a pobre criança sobre mediação! hahauahua beijos

    ResponderExcluir
  19. coitadinho do jack, ele ate que sofre bastante e ainda por cima tenta " ajudar" a Suzanna rsrsrs fiquei branca como as coisas que acontecem

    ResponderExcluir
  20. Estou muito animada para terminar a série. Na minha opnião, essa é a melhor capa! Estou animada para poder ler o livro :D

    ResponderExcluir
  21. Estou adorando ler as resenhas do blog. Ouvi falar muito bem dessa série, mas ainda não tive a oportunidade de lê-los. Parabéns!

    ResponderExcluir
  22. 5 estrelas =O
    vc tava certa sobre que a história ia melhorar né?
    gostei da sua resenha mais uma vez, quero ver a Suze ensinando o Jack sobre mediação *u*

    ResponderExcluir
  23. adorei a resenha :O
    e to virando fã do blog haha vc escreve tao bem

    ResponderExcluir
  24. ótima as resenhas, sempre tenho medo dos spoiller. ANSIOSO PARA LER A SAGA.

    ResponderExcluir
  25. Li essa série 2 vezes, é maravilhosa! Adoro as resenhas deste blog e recomendo a todos esse livro!
    bjs

    ResponderExcluir
  26. Parei nesse livro da série, e ai meu deus, preciso ler os dois últimos, mas cade o tempo pra isso??? =////

    ResponderExcluir
  27. Adoro a série. A hora mais sombria também é um dos meus favoritos!

    ResponderExcluir
  28. Adoro a série. A hora mais sombria também é um dos meus favoritos de A Mediadora.

    ResponderExcluir
  29. Nossa esse livro pelos comentários e pela resenha me pareceu ser o melhor da série kkk

    Mas coitada, apaixonada por um fantasma?

    Ninguem merece kkkkkkk

    ResponderExcluir
  30. Fiquei muito interessada em começar a ler a coleção.

    ResponderExcluir
  31. Super curiosa! Quero ler!
    Ótima resenha, ótima história...

    ResponderExcluir
  32. pra mim, esse é um dos melhores da saga hahah <3

    ResponderExcluir
  33. Nunca li essa série, mas já li outros da Meg e adoro sua escrita. Estou super ansiosa para ler!

    ResponderExcluir
  34. Livro perfeito demais, emoção na dose certa ;)

    ResponderExcluir
  35. acho que foi um dos melhores da serie goste da resenha

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!