Resenha: Cidade do Fogo Celestial - Cassandra Clare / Os Instrumentos Mortais - Vol.6

Editora: Galera Record
Ano: 2014
Páginas: 532
Tradutor: Ana Resende, Rita Sussenkid

ERCHOMAI, Sebastian disse. Estou chegando. Escuridão retorna ao mundo dos Caçadores de Sombras. Enquanto seu povo se estilhaça, Clary, Jace, Simon e seus amigos devem se unir para lutar com o pior Nephilim que eles já encararam: o próprio irmão de Clary. Ninguém no mundo pode detê-lo — deve a jornada deles para outro mundo ser a resposta? Vidas serão perdidas, amor será sacrificado, e o mundo mudará no sexto e último capítulo da saga Os Instrumentos Mortais. 

Classificação:      


Pode conter spoilers dos livros anteriores.

"- Estava, sim...- disse ele. - Ou você teria me contado o que aconteceu. Você sequer mencionou Clary ou Jace, ou que estava preocupada com qualquer coisa. - Ele sentiu uma pontada no estômago quando percebeu como Isabelle se desviara habilmente de suas perguntas e o distraíra com beijos, e sentiu-se um idiota. Ele tinha pensado que ela estava feliz por vê-lo, especificamente, mas talvez pudesse ter sido com qualquer um." Página 162 


No volume anterior, Clary conseguiu quebrar a ligação entre Jace e Sebastian, mas seu irmão ainda está em busca de uma vida diferente junto dela. O trabalho iniciado no volume anterior, em que Sebastian estava recrutando Caçadores de Sombras para torná-los aliados, é ampliado neste volume já que o vilão iniciou os ataques aos institutos de todo o mundo. Entre eles, o de Los Angeles, lar dos Blackthorn e Emma Carstairs. Quando o pai e irmãos mais velhos de Julian são transformados durante o ataque, o garoto e Emma, assim como os Blackthorn menores se refugiam em Idris.  Ao perceber a gravidade da situação, a Clave decide que todos os caçadores de sombras precisam ficar em Idris até que isto se resolva, dando acesso mais fácil aos demônios e aliados de Sebastian aos mundanos. 

Clary está enfrentando as consequências que o fogo celestial teve em Jace e ainda busca uma solução para o plano de Sebastian. Junto de sua família e a de Jace, ela se muda para Idris e torna esta a sua batalha pessoal para limpar o nome Morgenstern. Emma e Clary tornam-se próximas e todos estão fazendo planos para enfrentar Sebastian e não mais se esconder. Não posso revelar mais nada, pois corro o risco de dar spoilers e isso não é legal, mas afirmo com todas as letras: LEIAM LOGO. 
 

"- Isso é um tanto otimista - comentou Isabelle. - E se não conseguirmos resgatar os prisioneiros, ou não conseguirmos matar Sebastian?
- Aí ele vai nos matar - disse Jace. - E não vai ter importância não sabermos como voltar." Página 292


Ao contrário dos volumes anteriores que comprei, este eu recebi da Galera Record e é a edição de colecionador (aquela diva que brilha). A capa é linda, uma das minhas favoritas, e seguiu o padrão das anteriores assim como a diagramação. A leitura foi fluida e eu me freava para que não concluísse a leitura rapidamente, pois não queria que a série terminasse. Não tenho Peças Infernais, mas estou bastante curiosa para conferir os livros desta coleção e entender um pouco melhor as ligações citadas em Cidade do Fogo Celestial. A única parte negativa do exemplar foi a revisão que apresentou muitas falhas, acredito que o pouco tempo para trabalhos editoriais e o lançamento internacional refletiram na revisão falha, mas espero que nas próximas edições isto não seja um problema.

Li algumas resenhas em que os fãs diziam que não gostaram da inserção da história de Emma e Julian em Cidade do Fogo Celestial, já que terão uma série para eles. Mas, assim como o aparecimento de Tessa - para mim - só tornou a leitura melhor, já que podemos ver em que ponto o destino das três protagonistas se encontra. Ah, não é uma resenha da Rafa sem que ela (no caso, eu rs) mencione o casal mais fofo da atualidade Simon&Izzy. Separei umas dez citações para colocar na resenha e, pelo menos 70% eram de Sizzy, então este foi mais um ponto positivo para o sexto volume, já que Simon e Izzy apareceram muito e achei sensacional o desfecho do casal. Sem dúvidas, Os Instrumentos Mortais é uma das séries que recomendo para todos os leitores, já que tenho certeza de que irão adorar.


"- O que é essa coisa trêmula aqui? - perguntou ele. - É uma árvore?
- Estes são os portões - respondeu Jace. 
- Ahh - disse Isabelle, irônica. - Então o que são as partes curvas? Tem um fosso?
- São linhas de trajetória... Sinceramente, eu sou a única pessoa que já viu um mapa de estratégia? - perguntou Jace, jogando a estela no chão e passando a mão pelo cabelo louro.  - Entenderam alguma coisa do que acabei de falar?
- Não - respondeu Clary. - Sua estratégia provavelmente é incrível, mas sua capacidade de desenhar é péssima; todos os Crepusculares parecem árvores, e a fortaleza parece um sapo. Tem de haver um jeito melhor de explicar." Páginas 401 e 402

6 comentários:

  1. Olá Rafa!
    Poxa, fico tão triste pelo fato de não ter lido nenhum livro desta série da Cassandra...
    Já li tanta resenha, tanto spoiler rsrsrs
    Preciso ler urgente!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Rafaella!
    Não li ainda nenhum dos livros da série, mas ganhei esse em um sorteio e estou bem tentada a ler, mesmo sem ler os anteriores.
    A série sempre foi uma das mais desejadas por mim desde que saiu o primeiro livro.
    Adorei toda explanação que fez e sua análise também, obrigada.
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!

    ResponderExcluir
  3. Essa série parece ser realmente muito boa, tenho muita vontade de ler todos os livros!

    ResponderExcluir
  4. Dessa série, só li o "Cidade dos Ossos", e gostei bastante. Como o último volume foi lançado, agora vou correr atrás e começar a ler desde já. Final de série é sempre uma sensação estranha, né?!?! Felizes porque finalizou, mas tristes porque não veremos mais aquelas personagens que tanto gostamos. O bom é que a Cassandra já está com outra série na agulha. E a pena é que rolaram esses probleminhas na revisão.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  5. Bom como ainda não li nenhum livro dessa serie eu pulei na sua resenha para as considerações finais, acho que o essa serie pelas resenha e comentários que eu li vai melhorando conforme os livros e não vejo a hora de começa a lê-la <3

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"
    Participe do Top Comentarista de Agosto e concorra ao Livro Rose na tempestade do autor Jon Katz

    ResponderExcluir
  6. Eu leio muito sobre os livros da Cassandra mas nunca li nenhum volume, não por falta de interesse, mas por falta de tempo. Eu tenho tantos livros aqui em casa que ainda não tive a oportunidade de ler que nem fico comprando tantos para não acumular. Mas quem sabe até o final do ano surja a oportunidade de ler pelo menos o primeiro volume da série.

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!