Resenha: Sevenwaters #2 - Filho das Sombras - Juliet Marillier

Editora: Butterfly Editora
Ano: 2013
Páginas: 608

Filho das Sombras narra a história da jovem Liadan, que, tal como a sua mãe, Sorcha, herdou a habilidade de falar com os espíritos da floresta, os quais lhe segredam que ela deve permanecer, para sempre, em Sevenwaters, se quiser que as ilhas Sagradas sejam retomadas dos bretões. A Irlanda está numa avassaladora guerra, onde um misterioso homem é temido e reconhecido como um mercenário feroz. E, assim como sua mãe no passado, ela acaba por ser capturada e sente-se cada vez mais atraída pelo ser das sombras, apesar de saber da maldição da profecia que Seres da Floresta lhe preveniram... 

 Pode conter spoilers de FILHA DA FLORESTA
 

Classificação:

"- Você não gostaria que algo diferente acontecesse, algo tão novo, intenso e especial que a carregasse para longe como uma onda? Que transformasse sua vida em um acontecimento brilhante como o fogo que o mundo inteiro pudesse ver? Algo que a tocasse e lhe desse muita alegria ou mesmo medo, mas que a tirasse do caminho comum e a levasse para uma jornada inesperada, para lugares que ninguém imagina? Você não sonha com algo assim, Liadan?" Página 21

A pequena Sorcha teve sua vida completamente transformada aos doze anos e após completar sua tarefa e acabar com a maldição lançada sobre a sua família, conseguiu encontrar o amor nos braços de um bretão. Lorde Hugh agora atende pelo nome de Iubdan e vive em Sevenwaters junto de sua mulher e filhos.

Niamh, a primogênita, se entrega para um druida e é obrigada a se casar com Fionn para manter as alianças e proteger o domínio de Liam, seu tio. Liadan e Sean, os gêmeos, dividem a mesma conexão que Sorcha tinha com Finbar, seu irmão, e podem se comunicar por pensamentos. Quando Liadan vai acompanhar sua irmã até sua nova casa, é sequestrada por fiannas e obrigada a ficar em seu acampamento para salvar Evan. Lá ela conhece Dog, Spider, Gull e tantos outros homens que lutam por dinheiro, mas quem se instalou em seus pensamentos é Bran, o líder do grupo.  

Liadan foi a escolhida, assim como sua mãe fora, a sacrificar-se por um bem maior e, à princípio, tem dificuldades em aceitar isso. Está prometida a se casar com Eamonn, porém tem sua vida mudada quando concebe uma criança no acampamento fianna. O que sua família fará com Liadan e seu herdeiro? E Niamh será feliz em seu casamento? O passado e o presente se cruzam no segundo volume de Sevenwaters e tudo poderá abalar a confiança de Liadan em si mesma e nos Seres da Floresta.


"- O Homem Pintado, uma criatura que inspira temor e veneração? Um homem que faz praticamente qualquer coisa desde que seja bem pago? Um homem sem consciência? Por que um homem desses se importaria em deixar uma mulher sozinha, especialmente se considerarmos seu desprezo pelo gênero feminino?" Página 187


Filho das Sombras, assim como o primeiro volume, é dividido em 16 capítulos e narrado em primeira pessoa pela protagonista. Li o primeiro volume em 2013 e a continuação apenas agora, então demorei um pouco até recordar dos fatos e tive que ler algumas partes novamente para refrescar a memória, mas queria ler Filho das Sombras próximo ao lançamento de Filha da Profecia que é a conclusão da trilogia, mas sem dúvidas tenho certeza de que lerei a trilogia mais vezes.

Ao contrário de Sorcha, Liadan me conquistou logo de início e foi ótimo ver como a jovem de dezesseis anos evoluiu durante a leitura. Podemos ver como a adolescente superou tudo o que aconteceu com sua família e apesar de tudo encontrou seu final feliz. O livro é de tamanho relevante (608 páginas) e demorei algumas semanas para conclui-lo, mas quando cheguei à página 400 não consegui interromper a leitura, sorte que essa semana estava de folga e pude ler durante a madrugada toda. 

A obra é emocionante e eu chorei, admito, mas também mescla romance, suspense e até um pouquinho de terror já que algumas mortes são medonhas. Até agora este foi o volume que mais me conquistou e entrou para a lista de favoritos. A capa é bonita, mas ainda prefiro a do primeiro volume. Mas como nem tudo pode ser perfeito, o que me deixou incomodada foi a revisão que apresenta muitas falhas. Palavras com letras a mais, nomes trocados e outros problemas, porém isso não diminuiu a minha vontade de concluir a leitura. Como você já deve ter percebido, Filho das Sombras é um livro que recomendo e aguardo ansiosa pela conclusão da trilogia Sevenwaters.



"- A confiança se quebrou quando Niamh foi forçada a se casar com o Uí Néill e a ir embora - respondi de pronto. - Essa história já bem acontecendo há um bom tempo.
- Ah, há bem mais tempo do que você imagina, Liadan - disse Finbar. - Há muito mais tempo." Página 413

5 comentários:

  1. Li a resenha do primeiro e me pareceu ser interessante, mas esse, realmente, parece ser melhor (percebi isso, principalmente, pela sua animação na resenha!).

    ResponderExcluir
  2. Eu já li várias resenhas do primeiro, mas é a primeira vez que eu leio a do segundo. Fiquei ainda com mais vontade de ler!! ♥♥♥
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Rafaella!
    Uma obra que tem romance, suspense e um pouco de terror não pode ser ruim de forma alguma.
    Gostaria de ter o poder de Liadan, falar com os espíritos da floresta é punk..
    Adorei a resenha.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Não tinha lido nem a resenha do primeiro e nem desse livro, pois pra falar a verdade eu nem conhecia essa serie.Apesar da resenha ser boa e positiva, não consegui gostar dele por não ser bem o meu "estilo literário",achei o livro bem grande, não esperava que ele fosse desse tamanho.

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha. Confesso que romance medieval não é muito meu estilo, mas acabei ficando curiosa e com vontade de ler Filho das Sombras e toda a Trilogia Sevenwaters. Minha vida anda precisando de romance e magia, nada melhor do que viajar na leitura, né? :)
    Bj

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!