Resenha: Iluminadas - Lauren Beukes

Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 320
Tradutor: Mauro Pinheiro

Harper Curtis é um assassino que vem do passado. Kirby Mazrachi é a garota que estava destinada a não ter um futuro. Chicago, 1931. Harper Curtis, um andarilho violento, invade uma casa abandonada que esconde um segredo tão chocante quanto improvável: quem entra ali é transportado no tempo. Instigado por um comando que parece vir da própria casa, Harper persegue as “meninas iluminadas” – garotas cuidadosamente escolhidas em diferentes décadas – com o objetivo de matá-las. Voltando no tempo após cada assassinato, seus crimes são perfeitos e impossíveis de serem rastreados. Ou pelo menos é o que ele pensa. Chicago, 1992. Kirby Mazrachi viu sua vida ser destroçada após um ataque brutal que por pouco não a levou à morte. Incapaz de esquecer tal acontecimento, Kirby investe seus esforços em encontrar o homem que tentou assassiná-la. Seu único aliado é Dan, um ex-repórter policial que cobriu seu caso e agora aparentemente está apaixonado por ela. À medida que a investigação de Kirby avança, ela descobre outros casos semelhantes ao seu – e garotas que não tiveram a mesma sorte que ela – ligados por evidências que parece impossíveis. Mas, para alguém que deveria estar morto, impossível não tenha acontecido.


Classificação:    



"-Ele disse que era para lembrarem dele. Não se referia a mim, é claro. O morto não se lembra de merda alguma. Ele queria dizer as famílias, a polícia, a sociedade em geral. É sua maneira pessoal de dizer ao mundo, "vá se foder". Porque ele acha que nunca o pegaremos." Página 84

Kirby Mazrachi é uma jovem de vida humilde que vive com sua mãe, Rachel, uma mulher drogada e que negligenciava os cuidados com a filha desde a mais tenra idade. Aos sete anos, Kirby conheceu Harper Curtis e ele lhe entregou um cavalo, depois disso a menina esqueceu do encontro com esse homem. Anos depois, Kirby sofre um ataque enquanto estava passeando com seu cachorro, Tokyo, e o bichinho acaba salvando sua vida. O destino de Kirby estava nas mãos do cruel homem que a abandonou para morrer, porém a garota sobrevive e então inicia uma busca por provas e o paradeiro do homem que a atacou. 

Dan, um jornalista de esportes, é a ponte que Kirby encontra com os dias posteriores a sua tentativa de homicídio. Ela consegue um estágio no Chicago Sun-Times e é assim que sua investigação começa, a princípio Dan não apoia, mas com o tempo começa a ajudá-la a descobrir crimes semelhantes que aconteceram ao longo dos anos. Alice, Zora, Catherine e Margot são algumas das vítimas que não tiveram a sorte de Kirby, ou seja, escaparem da morte e somos apresentados para suas histórias no dia de seus assassinatos. E você, está preparado para conhecer a história das jovens?


"O único prazer do qual ele não está preparado para abrir mão é a leitura dos jornais, revivendo os assassinatos a partir de outras perspectivas. Faz isso no dia imediatamente após o homicídio. E é assim que descobre o paradeiro de Kirby." Página 170


O livro é fantástico. Solicitei para a Intrínseca porque a sinopse me deixou curiosa e não me arrependi, pois a leitura é rápida (demorei mais para resenhar do que para ler a obra) e nada parecida com outras histórias que eu já tinha lido. As jovens que são mortas são apresentadas de forma profunda, mesmo que em poucas páginas, e Kirby é uma protagonista destemida e que quer punir o causador de seu sofrimento. Dan é um homem de quarenta anos que começa a se envolver com Kirby e faz de tudo para protegê-la. Harper Curtis é um homem obsessivo e que faz de sua vida a oportunidade para cumprir a missão que lhe foi dada, matar as garotas e dar saltos no tempo para isso.

A capa é muito bonita, mas sou suspeita para falar porque adoro capas de cor escura. A narração de Iluminadas é feita em terceira pessoa e os capítulos são divididos por personagens e possuem um indicativo de tempo, já que os saltos no tempo são recorrentes e tornam o livro ainda mais interessante. A diagramação é ótima e ajuda na leitura, assim como a revisão que não apresenta muitas falhas. A obra é extremamente interessante e indicada para todos aqueles que querem conhecer uma história bem construída e sensacional.


"É totalmente inadequado. Ele é um homem entediado, ela é jovem demais, ambos estão bem fodidos. Ele está confundindo solidariedade com paixão. Se ficar quieto, a dor se atenuará. Vai passar. Precisa apenas ser paciente e evitar agir como um afoito imbecil. O tempo cura. O sentimento perde a intensidade. Os estilhaços vão sumindo. O que não significa que não deixem cicatrizes dolorosas." Página 195

10 comentários:

  1. Achei bem interessante a sinopse do livro e com a sua resenha, fiquei ainda mais curiosa em ler o livro, já que parece ser daqueles livros que te prendem do começo ao fim, e é uma trama bem diferente, o que o torna ainda mais interessante.

    ResponderExcluir
  2. Eu ganhei este livro de um amigo e estou encantada. Ainda nem li, mas a sinopse me conquistou.
    Agora, sua resenha me ganhou de vez. Adoro esse tipo de livro. Thriller pelo que entendi.
    Vai dar um medinho?? Se der aí que vou amar!!! rsrsr

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto de livros que tenham viagem no tempo, mas não sei se leria este livro..ele não me atrai muito, ele parece ser bem escrito e ter um final bom, mas não é para mim.
    So fico curiosa pelos acontecimentos no decorrer do livro, ele deve ser ótimo pra quem curte investigações..
    beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá Rafaella!
    Amei demais esse livro! Já ouvi falar dele em um evento da editora Intrinseca e fiquei super curioso com o livro. Por mostrar o passado da menina e o presente. Também amei esse suspense, chega dá aquele friozinho na barriga rsrs
    Coloquei ele na minha lista de desejados!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Que capa linda hein? Ele já está na minha lista faz tempo!! rs Amo livros de suspense, essa trama toda, este mistério. Amei sua resenha! Muito bem feita por sinal, deu vontade de ler o livro agorinha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Rafaella!
    Viagem no tempo? Assunto interessante, mesmo que esteja relacionada a crimes.
    Gostaria de entender por que o assassino vai e volta no tempo e como consegue essa proeza?!...
    O livro parece interessante e muito boa sua resenha.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Esse livro é todo perfeito, o final que deixa um pouco a desejar mas no geral ótimo livro!

    Convido a ver minha resena > http://comandoliterario.blogspot.com.br/2014/06/resenha-iluminadas.html

    Abraços !

    ResponderExcluir
  8. Apesar de gostar da resenha que você fez do livro, não consegui gostar dele totalmente ,pois não faz muito o meu "estilo literário".

    ResponderExcluir
  9. Essa resenha me fez ficar com muita vontade de ler o livro, interligando policial com fantasia e mistério deve ter ficado ótimo.
    A capa é simples, mas muito bonita.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Essa sinopse tá muito boa, adorei a capa, gosto muito de livros com mistérios, a resenha me deixou ainda mais curiosa quanto ao livro. Com certeza vou ler. :D

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!