[Fale Contra o Abuso] Resenha: Fale! - Laurie Halse Anderson

Ano: 2013
Páginas: 248
Tradutor: Flávia Carneiro Anderson

SARAIVA 

“Fale sobre você... Queremos saber o que tem a dizer.” Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia. E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra - insultos e deboches, sim - ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir. Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?

Classificação:       


"É mais fácil não dizer nada. Fechar a matraca. passar o zíper, calar o bico. Toda aquela babaquice que você escuta na TV sobre se comunicar e expressar o que sente não passa de uma mentira. Ninguém quer realmente ouvir o que você tem a dizer." Página 22


Devo ter falado mais de mil vezes que desde que vi que a Editora Valentina iria publicar Speak eu surtei. Desde que assisti O silêncio de Melinda fiquei louca para ler, porém como sou uma preguiçosa fiquei deixando para depois e quando tive acesso a outro livro da Laurie, acabei me decepcionando um pouco. Então dei tempo ao tempo porque não queria me decepcionar, apesar de que quando vi a notícia de que a obra seria publicada no Brasil a vontade novamente apareceu. E, aqui estou eu tendo que dizer, ou melhor, afirmando que este é um dos melhores livros que já li. É perfeito, apesar de ser sobre um tema bem complicado de tratar. A autora fez um trabalho maravilhoso e confesso que fiquei arrepiada com os acréscimos que a Editora Valentina fez em relação a obra original. O poema criado com as cartas e mensagens dos leitores de Fale! durante esses 10 anos de lançamento me fez chorar. 


"Eu deveria, talvez, contar para alguém, simplesmente contar para alguém. Dar um basta nisso. Desabafar, soltar o verbo, pôr para fora o que aconteceu!" Página 119




Melinda Sordino era uma menina feliz, apesar de seu lar despedaçado. Suas amigas estavam sempre disponíveis para conversar e ela crescia e começava a encarar a vida, até o dia em que Rachel - sua melhor amiga - e ela foram até uma festa de veteranos. Os pais de Melinda saíram e imaginaram que a filha iria dormir na casa da amiga, porém nada aconteceu como o previsto e Melinda precisou ligar para a polícia. O que não fez com que ela ficasse popular na escola, ou melhor, ela ficou popular, mas de forma negativa. Todos os alunos ficaram irados com ela tanto por estragar a festa quanto por alguns jovens terem sido presos na época. Rachel parou de falar com ela, assim como as outras meninas de seu grupinho. Cada uma foi para um lado e Melinda começou a se isolar, aos poucos deixando de falar porque acreditava que ninguém lhe daria ouvidos. Por uma brincadeira do destino a garota começa a fazer dupla com David Petrakis e essa amizade começa a fazer com que Melinda tenha alguém para conversar e também faça com que a garota se questione sobre os últimos meses. Heather também é uma pessoa chave para o desenvolvimento da história de Melinda, a garota acaba de chegar na escola e está deslocada. Então começa a conversar com Melinda e aos poucos começa a ter vislumbres da opinião de seus colegas sobre Mel. O professor Freeman consegue fazer com que Melinda direcione todos os seus sentimentos para a arte, o que faz com que ela se descubra, consiga se restabelecer e seguir com a sua vida, apesar do que aconteceu. 

"Chegou a hora de enfrentar uns demônios. Sol demais depois de um inverno rigoroso afeta sua cabeça de um jeito estranho, faz com que você se sinta forte, mesmo quando não é." Páginas 204 e 205


Com uma narrativa cativante, Laurie Halse Anderson conseguiu me fazer rir e chorar ao mesmo tempo. Ao contrário do que se pensa da protagonista, Melinda é uma garota muito forte e que estava enfrentando problemas, sem ter com quem conversar ela acabou deixando que seus sentimentos ficassem escondidos, pois se ela não pensava ou falava, acreditava que o que havia acontecido na festa não era real. Identifico-me muito com a protagonista e tenho meus motivos, mas essa força que ela teve de revelar tudo o que aconteceu -assim como partes do poema de Laurie - acabaram me desestabilizando em muitos aspectos, mas é bom saber que apesar das tormentas há sempre uma recuperação para os que tentam. O livro é tão emocionante quanto o filme e a cada cena que eu lia, imaginava os atores do filme (que tenho que dar meu braço a torcer, a Stewart estava divina como Melinda). Esse livro é bastante indicado para todas as adolescentes que estão enfrentando qualquer tipo de problema, pois uma hora elas precisarão encontrar sua voz e lutar por aquilo que desejam. 


"Eu sobrevivi. Estou aqui. Abalada e confusa, mas estou aqui. Então, como posso encontrar o meu caminho? Será que existe uma motosserra de alma, um machado que eu possa levar até as minhas lembranças e medos?" Páginas 213 e 214

27 comentários:

  1. Aimeudeus. Essa resenha quase me fez chorar, pq tb vi o filme, e morri de chorar. Me identifiquei muito e só dizer isso já é difícil, e a mensagem é tão importante. Eu quase não devolvi o filme pra locadora pq sabia que não ia encontrar pra comprar. Kristen estava ma-ra-vi-lho-sa. Ela passou o sentimento tão bem. A reação, muito comum, de pessoas que passam por isso, de simplesmente tentar empurrar aquilo pro fundo da mente como se não tivesse acontecido.
    Enfim. Eu poderia tecer um comentário enorme sobre o QUANTO eu quero ler esse livro, mas aí ia acabar soltando spoiler (já apaguei o comentário umas duas vezes antes de lembrar que pode ter gente que não conhece a história).
    Enfim. Existe uma grande chance de eu abrir uma exceção de não comprar livros enquanto não terminar os (cinquenta) que estão em casa, pra poder ler esse.

    ResponderExcluir
  2. Que resenha maravilhosa! Olha, fiz exatamente a mesma coisa que você, quando eu vi O Silêncio de Melinda eu desenvolvi um interesse sobrenatural por esse livro, saber que não tinham lançado no Brasil foi uma decepção, mas agora que ele está aqui (literalmente aqui já que o meu exemplar chegou hoje) é maravilhoso. Eu sinto até medo de ler com medo do que eu venha sentir, enfim, tô muito ansiosa e acho impossível não chorar - e muito - com essa história.
    Boa semana!
    http://literallypitseleh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu não assisti ao filme, mas depois da sua resenha fiquei curiosa tanto para ler o livro como assistir ao filme.
    Estou ansiosa para saber o que houve de tão chocante que fez a garota parar de falar.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ainda não vi o filme, na verdade fiquei sabendo da existência dele com o lançamento do livro, pelo qual me interessei imediatamente. O tema e a história são muito bons, a capa da Valentina ficou linda e se tornou um dos lançamentos mais desejados por mim, não vejo a hora de ler. Adorei a resenha, aumentou ainda mais minha vontade de ler. ;D

    ResponderExcluir
  5. O que falar hein? Acho que esse livro mexeu com cada um dos leitores de uma forma bem peculiar. Todos parecem estar encantados e apesar de não ser uma história feliz na maior parte do tempo ainda assim é muito boa. Ela fez muito sentido para mim, me fez pensar em várias coisas e elas ainda estão aqui rodeando minha cabeça. Uma excelente história e como você também recomendo para os adolescentes ou melhor para todos pq como Melinda mesmo diz existem montes de adultos que "estão realmente mortos por dentro, vivendo sem ter ideia de quem são, só esperando que um câncer, um infarto ou um caminhão surja e acabe com eles." talvez por não ter consigo falar no momento certo, ou em qualquer momento que possa ter existido. Adorei a resenha e se você acha mesmo que não conseguiu expressar o que sentiu eu diria que complementa tudo o que eu senti ao ler!

    ResponderExcluir
  6. Pelo visto a autora foca em problemas recorrentes de adolescentes, muito interessantes as escolhas que ela faz em seu trabalho. Eu sempre vejo opiniões favorávveis sobre esse livro e o quanto ele é impactante.

    ResponderExcluir
  7. Oie, ótima resenha. Estou louca pra ler esse livro, esses dias vi várias pessoas falando sobre ele, fui ver a história, e me apaixonei, com certeza deve ser um livro incrível !
    Beijos
    http://livrosemtdparte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ai que legal!Não tinha a minima ideia que esse livro tratava desse assunto..Adoraria lê-lo e também tenho muita vontade de ler outro livro dessa autora,que me parece ser incrível..
    Adorei sua resenha!Bjs'

    ResponderExcluir
  9. Olha eu confesso que o gênero drama não me atrai. Mas por algum motivo, talvez por ver tantos prêmios na ficha técnica do livro, ou por ver a galera falando tão bem dele, eu decidi dar uma chance ao livro. Lógico que já estou me preparando psicologicamente pra quando eu tiver a oportunidade de lê-lo. A história de Melinda para ser bem impactante.

    ResponderExcluir
  10. Sou fã de dramas, tanto na literatura quanto no cinema, então o livro me atrai.
    Eu assisti ao filme O silêncio de Melinda e adorei. Então quando descobri sobre este livro fiquei louca por ele.
    E por saber que foi escrito pela Laurie, fiquei ainda mais animada. Li Garotas de Vidro e adorei a escrita da autora, outro ponto que me atraiu neste livro.

    ResponderExcluir
  11. Nossa... todas as resenhas que li até agora do livro foram cheias de elogios. Sério.
    Estou mega empolgada para fazer a leitura e conferir. Se bem que tenho que conter minhas expectativas para não me decepcionar.
    A editora está apresentando livros de ótima qualidade, estou gostando disso.
    Parece ser um livro impactante e cheio de conteúdo.

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Esse livro chamou minha atenção logo de cara por ser da mesma autora de Garotas de Vidro, livro que adorei e que mexeu muito comigo, por se tratar de um tema forte.
    Em Fale, acredito que terei a mesma sensação. Achei super importante a autora adotar o bulling como tema da história. Por aí devem existir muitas garotas como Melinda, que passam por esse tipo de constrangimento e que merecem maior atenção, mas infelizmente não a tem.
    Espero ler o livro em breve!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Esse livro nunca tinha me chamado atenção até ler a primeira resenha sobre ele, além de serem enfáticas na qualidade que o mesmo possui o tema é muito interessante. Ele entrou fácil na minha lista de desejos, trata de um tema polêmico e forte, mas o importante é que tem conteúdo. Bom, percebe-se que minha expectativa sobre ele é bem grande mas acredito que não irei me decepcionar.

    ResponderExcluir
  14. Sou louca nesse livro, e essa semana descobri que tem o filme dele também, que chama O Silêncio de Melinda...
    Quero muito ler antes de assistir, parecem ser incríveis!

    ResponderExcluir
  15. Eu vi o filme O silêncio de Melinda e gostei muito, estou bastante interessa em ler o livro, amei a capa e cada resenha que leia fico ainda mais ansiosa pra conferi o livro!

    ResponderExcluir
  16. Já conhecia e achava a história desse livro incrível. Mas, saber que a Editora Valentina ainda incluiu uns bônus, fez desse livro ser realmente especial. E, não acho, que seja só essencial para adolescentes (mulheres), mas sim para também pais e pessoas que gostam de uma boa leitura com tema bem forte - me incluo no último grupo.

    ass: Shadai Vieira

    ResponderExcluir
  17. Não há muito o que se dizer. Estou querendo ler esse livro desde que vi o filme. Queria saber muito mais sobre o que a Melinda passa. Uma história de bullying indireta e que com erteza não vou me arrepender de ler.

    ResponderExcluir
  18. Rafa, tenho que confessar que desde que li uma resenha desse livro, e depois descobri o filme com a Kristen como protagonista, estou curiosa para lê-lo. Ultimamente, estou tendo uma queda por esses livros estilo sick-lit, gosto porque muitas vezes os personagens superam as dificuldades. Também porque o bullying é um assunto que, não sei se antes era deixado para trás como brincadeira, mas hoje ficou mais sério por conta de cyberbullyings e abusos que, frequentemente, é relevado, quando devia ser mais debatido e combatido. Adorei a resenha, parabéns! Beijão

    Letícia Valle
    litteraturamundi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Assisti o filme, e já li várias resenhas desse livro...
    Estou querendo ler muito ele...
    Trata de um assunto delicado e muito interessante, gosto muito de livros que tem esse impacto no leitor...

    ResponderExcluir
  20. Um livro forte e verdadeiro e achei super legal soube que está sendo aproveitado nas escolas. gosto muito da escrita dessa autora sempre com temas fortes.Não sabia do filme e vou procurar depois de ler o livro, com certeza uma das minhas próximas leituras a capa é linda eu gostei.

    ResponderExcluir
  21. Tenho lido muitas resenhas positivas em relação a esse livro. Acho ótimo quando um autor mostra completo domínio do tema que aborda em suas tramas. A Laurie mostrou um tema bastante pesado de uma forma natural, sem forçar sentimentalismos baratos. Estou bastante curioso pra ler e assistir o filme.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  22. Acho que vou chorar muito, rsrs. Tema forte! E pensar que tantas meninas estão caladas, outras ficaram caladas muito tempo qté não suportarem mais - caso da Xuxa. O fato é q esse tipo de violência deixa marcas profundas.
    Espero ler e acompanhar o amadurecimento de Melinda e torcer para que ela supere e conviva com seu passado da melhor forma possível.

    ResponderExcluir
  23. A Laurie é uma autora simplesmente fantástica! Estou lendo o livro da autora chamado 'Garotas de Vidro', que segue esse mesmo padrão de uma garota tentando buscar a identidade. Quero ler!

    ResponderExcluir
  24. Mesmo sendo um livro forte e uma historia densa, eu quero ler, sei que a narrativa da autora é fluida e cativante, acho que um tema tão atual como o bullyng tem mesmo é que ser bem trabalhado e bem explorado, li que nos EUA esse livro é indicado pra ser lido nas escolas, bem legal isso! Fiquei imaginando Melinda, cheia de problemas e sem ter ninguem pra dividir, e na idade dela é tudo mais dificil, tudo fica muito mais complicado, também quero muito ver o filme, mas ao contrario de voce, pretendo ler o livro e depois ver o filme! Excelente resenha, me deixou mais ansiosa pra ler esse livro! :)

    ResponderExcluir
  25. Estou muito ansiosa para ler esse livro, sua resenha me deixou com mais vontade ainda. Assisti ao filme há alguns anos e adorei, e nem foi só por causa da Kristen, rsrsrs!


    Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
  26. Esse livro parece ser tão complexo. Eu nem sabia da existência do filme, mas me interessei pelo livro depois de ver tanta gente falando bem a respeito dele. E sempre penso nessa coisa de não ter com quem falar e acabar se calando... isso é tão delicado.

    ResponderExcluir
  27. Eu percebo o quanto você gosta de um livro pela maneira como você escreve sua resenha, quando você realmente gosta do livro, acaba escrevendo mais e de forma mais empolgada, até me envolve mais com o texto. E pela sua resenha, me deu vontade de ler esse livro, parece ser realmente interessante e cativante e é mais do que normal adolescentes passarem por problemas complicados, até porque nessa época, a gente acaba potencializando tudo o que sentimos e não sabemos lidar direito com as coisas, por isso imagino que o livro deva ser realmente bom.

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!