Resenha: Laços do Espírito - Richelle Mead (Academia de Vampiros #5)

Editora: Agir
Ano: 2012
Páginas: 426

Depois de uma longa e dolorosa viagem à Sibéria, terra natal de seu amado Dimitri, Rose Hathaway finalmente voltou à escola e reencontrou sua melhor amiga, Lissa. A formatura se aproxima, e elas mal podem esperar pela vida que vão ter além dos portões da São Vladimir. No entanto, o coração de Rose dói cada vez que se lembra do que passou na Rússia o fracasso em salvar Dimitri e do que ainda precisará enfrentar. Sua jornada inclui libertar o perigoso Victor Dashkov da prisão de segurança máxima e encontrar Robert Doru, o único que possui informações para resgatar Belikov das terríveis profundezas de sua condição de Strigoi. A vampira acredita existir apenas uma chance em um milhão, até porque Dimitri continua sua perseguição para matá-la. Sentenças de morte e declarações de amor se confundem, e ela precisa correr contra o mais implacável dos inimigos: o tempo. E, dessa vez, Rose prometeu a Lissa que a levaria junto. Será que a princesa Moroi terá forças quando souber o que a espera? Em “Laços do espírito”, Richelle Mead continua a saga que renovou a literatura de vampiros e apresenta uma história repleta de dilemas, intrigas políticas e emoções extremas que vai conquistar mais uma vez os leitores.


Classificação:   



"- O quê? Aquilo? Não foi nada. Só um pai cuidando da filha.
- A maioria dos pais não ameaça arrancar as entranhas do namorado da filha.
- Não é verdade. De qualquer forma, não foi bem isso o que eu disse. Foi muito pior." Página 39


Com o final morno de Promessa de Sangue, a série precisava de algo que impactasse o leitor e confesso que este foi o livro que menos gostei. O livro não é ruim, muito pelo contrário, ele traz coisas novas e complementa a história, porém por ter gostado tanto dos livros anteriores não tive como não comparar as leituras e essa ficou abaixo das minhas expectativas. O livro anterior não foi um dos melhores, mas este ficou com um ponto a menos e vou explicar tudo no decorrer desta resenha.

Em sua busca por Dimitri, Rose conheceu um mundo que não tinha acesso de dentro dos portões da São Vladimir. Tudo o que ela conhecia foi posto à prova porque agora ela era a responsável por sua própria vida. Durante o tempo que passou fora, Rose conheceu um casal que dividia um laço como ela e Lissa, além de ter acesso a uma lenda de que seria possível trazer os Strigoi de volta à vida. De acordo com eles a pessoa que poderia esclarecer mais sobre isso é ninguém menos do que o irmão de Victor Dashkov, o grande vilão de O beijo das sombras. Com isso a nossa protagonista começa a maquinar um grande plano - e louco - para resgatar Victor da cadeia para poder convencê-lo de contar o paradeiro do irmão bastardo.

Agora, já formada Rose procura convencer a todos de que é a melhor opção para a segurança da princesa Dragomir ao mesmo tempo em que precisa dar um rumo para a sua vida. A guardiã percebe que seu plano para dar um fim ao sofrimento do amado não acabou como gostaria, então agora só consegue pensar em como o irmão de Victor é importante para a salvação de Dimitri. Enquanto isso, os Moroi estão abalados com as ideias de uma minoria que busca apresentar que é plausível que os Morois aprendam a se defender e lutar ao lado de seus guardiões. Rose, Lissa, Christian, Adrian e Eddie partem em uma jornada para provar que os Moroi podem sim lutar e se defender, além de ajudar a trazer Dimitri de volta. 


"- Que merda - resmunguei.
- O que foi? - perguntou Adrian.
- Odeio quando você é o sensato. Isso é tarefa minha. 
- Rose - disse ele, se esforçando para manter um tom sério -, posso pensar em muitas palavras para descrevê-la. Sexy e gostosa são as primeiras da lista. Sabe o que não está nessa lista? Sensata." Página 195


Como falei no início da resenha este foi o livro que menos gostei, mas ele não é ruim, apenas regular. A história segue o curso do volume anterior, mas se concentra muito no que aconteceu nos livros passados sem adiantar muito. Lissa ficou um pouco apagada e acreditei que isso se devia ao livro anterior ser focado em Rose, mas nesse a garota Moroi também não tem um papel muito relevante para a história. Rose está confusa em relação ao seu amor do passado e seu relacionamento com Adrian está fadado ao fracasso. Abe é um personagem a parte e confesso que ri em todas as cenas em que ele aparece, suas tiradas são hilárias - este é um dom que Rose herdou dele. Eddie é um personagem que evoluiu bastante e é totalmente devoto a Rose, sendo que acaba se complicando muitas vezes por conta disso. 

O desfecho do livro é uma surpresa e apesar do enredo levar a crer, ainda não estava certa de como a história terminaria. Essa série é, sem dúvidas, uma das melhores que já li e não tive preguiça de ler seis livros. Todos têm uma parte na composição da história, como sempre é visto que alguns me agradariam menos, porém a maioria me encantou. Laços do Espírito manteve o padrão de capas e diagramação adotado pela editora, que trazem uma identidade visual para a série, acho isso bacana porque fica bem legal na estante. Por sua vez, a obra pecou em um aspecto editorial - que apresenta erros de pontuação e de revisão em geral.  Este é um livro indispensável para a história e pelo que eu vi no SKOOB muitas pessoas amaram esse volume, porém é o que eu achei regular - em relação aos outros volumes, que tiveram classificação entre 4 e 5. 


"- Você é linda na batalha - disse Dimitri. Sua voz fria chegou até mim com clareza, encobrindo o barulho da luta. - Como um anjo vingador que veio para trazer a justiça do céu. 
- Que engraçado. - falei, ajeitando a estaca nas mãos. - É por isso que estou aqui.
- Anjos caem, Rose." Página 245



3 comentários:

  1. Oi,
    Já vi muitas resenhas da série, muitas delas, inclusive a sua, falam muito bem dela mesmo assim nunca senti vontade de ler, e olha que gosto de sobrenatural. Acho que é a capa, ou a série que é bem longa (já li HP, mas é diferente), não sei bem o que é mas nunca tive o interesse.

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Esse também foi um dos livros que menos gostei, a historia é interessante e legal, mas comparado com os outros livros achei o mais calmo, mesmo tendo uma ótima trama e adorei o final com certeza é bem surpreendente !!

    ResponderExcluir
  3. Ei
    Eu também não gostei muito desse livro. A medida que essa série vai finalizando, vai caindo a qualidade. Estou ansiosa, inclusive pra sua resenha do próximo livro. Quero saber o que acha do final

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!