Resenha: Depois de você - Jojo Moyes

Editora: Intrínseca
Ano: 2016
Páginas: 320
Tradutor: Adalgisa Campos da Silva

Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes.
Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.
Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

Classificação:     



Pode conter spoilers do volume anterior: Como eu era antes de você


"Naqueles primeiros meses, parecia que eu estava em carne viva: eu sentia tudo com mais intensidade. Acordava rindo ou chorando, enxergava todas as coisas como se um filtro tivesse sido removido. Experimentava comidas novas, andava por ruas desconhecidas, falava com pessoas numa língua que não era a minha. De vez em quando eu me sentia assombrada por Will, como se estivesse vendo tudo pelos olhos dele, como se escutasse a voz dele no meu ouvido." Página 24


Depois de fazer tudo que estava ao seu alcance para que Will Traynor desistisse de ir à Suíça, Louisa não venceu esta batalha e ele completou o seu plano. Agora, a jovem está buscando um motivo para voltar a viver plenamente, porém uma adolescente relacionada a Will aparece em sua vida deixando tudo um caos. Lily tem dezesseis anos e soube pelos jornais a história da família Traynor, com isso sua mãe deixou escapar o segredo que escondeu dela e agora a garota vê em Lou a pessoa que poderá solucionar tudo. 

Após sofrer um acidente, Louisa passa alguns dias na casa de seus pais para se recuperar, porém logo volta a sua rotina trabalhando em um café no aeroporto e frequentando um grupo de terapia. Em uma das reuniões, Lou reencontra o paramédico que a salvou algumas semanas antes e eles começam a se aproximar. Lily decide se desligar de sua família disfuncional e busca em Lou o abrigo que precisa, mas vem carregada de problemas e é uma garota bastante volátil. Sam, o paramédico, vive à sombra de Will já que Lou não quer se apaixonar por medo de ser abandonada novamente. 

Todos devem estar pensando: Mas, se o protagonista morreu qual a necessidade de fazer uma continuação? Há necessidade e, sem dúvidas, essa história superou as minhas expectativas. O livro é maravilhoso já que o leitor pode ver como a decisão de Will afetou todos que estava relacionado, conhecendo-os ou não. Lily e Sam foram personagens que me conquistaram logo de início e fiquei extremamente feliz com o desfecho da história. 


"Enxerguei tudo pelo ponto de vista do meu grupo de terapia. Lily era caos, desordem, uma garota que tirava várias coisas sem dar nada em troca. Ela era jovem e biologicamente relacionada a Will, mas isso não significava que eu tinha que assumir total responsabilidade por ela nem aturar a confusão que causava por aí." Página 180


Como eu era antes de você me encantou pela maneira com que Jojo Moyes apresentou uma história de amor bem atípica. Já em Depois de você a autora brilhou mostrando ao leitor o quanto as pessoas são afetadas por uma decisão, como é possível perceber na citação abaixo. 

Acredito que o sucesso da autora se deve - dentre outras coisas - a forma com que cativa os leitores logo no início de suas histórias. Confesso que só fiquei interessada em ler após ter visto a divulgação da adaptação, porém no primeiro capítulo já percebi que amaria a narração que vinha pela frente. Não consegui deixar de ler, pelo menos, uns três capítulos por dia já que queria avançar cada vez mais na leitura. Sem dúvidas foi uma grande surpresa o desfecho de Will e Lou, mas nada que pudesse me fazer gostar menos da leitura. A forma com que ela concluiu a história de Will e como fez com que Lou, mesmo que em sofrimento, pudesse continuar sua vida e se envolver com outra pessoa foi o que tornou Depois de você o meu favorito. 

Jojo Moyes me conquistou e tenho certeza de que irá conquistar todos os leitores que tiverem contato com suas obras. Com relação ao trabalho editorial tenho que parabenizar a editora, as capas estão lindas (confesso que estou morrendo de vontade de comprar o livro com a capa/filme), a contracapa conta com uma citação de impacto e as orelhas foram bem elaboradas, a revisão está boa e a diagramação torna a leitura fluida. Estou bastante ansiosa para conferir o filme e conhecer as outras obras da autora que não teve dó ao estraçalhar meus sentimentos nessa história. 

"Às vezes reparo na vida das pessoas à minha volta e me pergunto se não estamos todos destinados a deixar um rastro de estrago. Não são só seus pais que fundem a sua cuca. Olhei ao redor, como se de repente tivessem me entregado óculos limpos, e notei que quase todo mundo carregava a marca brutal do amor, fosse perdido, roubado ou simplesmente sepultado num túmulo." Página 265


6 comentários:

  1. Oi, boa noite!
    Ainda não li o Como eu era antes de você mas estou indignada pq o Will morre, rs. Essa semana mesmo, no metrô, eu vi uma mulher lendo esse livro. Ainda tenho vontade de ler o primeiro, mas já estou chocada com a morte rs.

    ResponderExcluir
  2. Rafa, ainda não estou preparada psicologicamente para a trama!
    creio que me apeguei demais em Will para pensar uma Lou sem ele

    ResponderExcluir
  3. Eu devidamente não deveria ter lido a resenha! O will morre???? Socorro! Pretendo ler mesmo assim essas obras que estão ganhando bastante reconhecimento por conta do filme. Amei os quotes!

    ResponderExcluir
  4. Rafa, assim como você fui capaz de enxergar a necessidade dessa continuação, acredito que caso não tivesse todos os leitores iriam ficar se perguntando o que foi feito de Lou depois daquele final trágico. Mas sério, dei um aperto no coração a inclusão de Sam, preferia apenas que ela tivesse aprendido a viver intensamente e que Jojo deixasse o relacionamento romântico para depois, um próximo livro quem sabe. Bom, de qualquer forma gostei bastante da história e mesmo querendo dar um tiro certeiro em Lily, ainda assim entendi suas "motivações". Amei esse livro também!

    ResponderExcluir
  5. Oi !
    Ainda não li o primeiro livro, mas vi as pessoas comentarem tanto sobre essa historia da Jojo Moyes que ela está na minha lista de leitura e quando soube desse sequencia fiquei sem saber se irei ler pois parece que o primeiro livro fecha muito bem, mas lendo a resenha gostei da historia e assim que ler o primeiro livro quero ler esse !!

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li o primeiro livro, porém já li a respeito da história. O segundo livro, pela sua resenha, parece ser melhor que o primeiro, por narrar o crescimento da protagonistas após os fatídicos eventos do livro anterior. Quem sabe um dia eu não leia? É certo que ao menos o filme eu verei :)

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!