Resenha: Temporada de Segredos - Sally Nicholls

Editora: Geração
Ano: 2014
Páginas: 244
Tradutor: Lidia Luther

Perdida de sua irmã, Molly vê um rapaz sendo caçado numa floresta. Aterrorizada, ela tenta ajudá-lo e sente compaixão. Voltando para a casa de seus avós, conta a todos o que ocorreu, mas quando procuram o homem ferido, não o encontram e atribuem a imagem à fértil imaginação da menina. No dia seguinte, numa velha igreja, Molly percebe, surpresa, que o rosto daquele misterioso rapaz está esculpido em uma coluna. Quem seria ele? No desenvolver da história, nos envolvemos com o misto entre mistério e magia que envolve aquela noite de perseguição, ao mesmo tempo em que nos sentimos comovidos pela triste histórias das irmãs, órfãs de mãe e levadas pelo pai para serem criadas pelos avós. Vemos o texto se desenvolver pela ótica de Molly, o que nos leva a imaginar o mundo dela, como uma criança. Ao mesmo tempo, o livro nos faz lembrar das fábulas de infância que tanto admirávamos e nos causa grande impacto, pelo fato de alguém tão jovem ter que lidar com algo tão complexo como a doença e a morte da mãe. 

Classificação:     



 "Não quero dizer superpoderes, ou joias, ou palácios de fadas. Não quero nenhuma dessas coisas. Meu desejo é muito simples e fácil. Será que ele pode fazer meu pai nos querer de volta? Será que pode trazer minha mãe de volta?" Página 64


Molly é uma garotinha com muita imaginação. Mora com seus avós e sua irmã, Hannah, e isso devido a morte de sua mãe, já que o pai das meninas não tinha estabilidade para criá-las. Hannah se revolta com a situação e decide fugir de casa, levando a irmã consigo, porém elas se perdem e Molly encontra um homem na floresta. Quando o rapaz é atacado, ela conta para sua família e fazem buscas no local, mas nada encontram.

Algum tempo depois, Molly reencontra o rapaz e uma amizade nasce. Ao perceber que o rosto do rapaz está em uma das imagens encontradas em sua igreja, a menina busca mais informações sobre a lenda e sobre quem seu novo amigo é. A família da garota acredita que tudo é fruto de sua imaginação e não a impede de se encontrar com ele, mas tudo poderá mudar em um dia fatídico.

Temporada de Segredos é um livro encantador, acabei solicitando-o porquê sou apaixonada pela escrita de Sally Nicholls já que Como viver eternamente é um dos meus livros favoritos. Acredito que isso contribuiu para as minhas expectativas com Temporada de Segredos serem frustradas. O livro não é ruim, muito pelo contrário, mas  esperei muito dessa história e acabei ficando decepcionada. A protagonista é cativante e ficamos curiosos para sabe qual é a história por trás das aparições do homem, mas achei meio forçada a expressão "meu homem" utilizada por Molly em todo o livro. Afinal, qual responsável deixaria uma garota ir atrás do "meu homem"? A narração é fluida e o livro relativamente pequeno, uma boa história, mas poderia ser melhor construída, já que levando em conta que Como viver eternamente é um dos meus favoritos acredito que a autora poderia fazer melhor. A capa é linda, a revisão e diagramação estão boas, uma leitura recomendada.


"Fico esperando ele discutir comigo. Mamãe teria discutido. A Vó teria simplesmente me ignorado. O Vô teria me dado um beijo e dito que me amava de qualquer jeito. Meu pai simplesmente abre e fecha a boca, como se não pudesse colocar o pensamento em palavras." Página 174

10 comentários:

  1. Ainda não li nada dessa autora, apesar de ler muitos elogios.
    Não fiquei interessada nessa trama.

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bom?
    Eu ainda não tinha ouvido falar desse livro, ainda não li nada da autora, que pena que o livro não te agradou tanto quanto você esperava, ele parece ser legalzinho, mas por enquanto não pretendo lê-lo.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  3. Não sei se irei ler, quando o livro foi lançado as minhas expectativas estavam altas, mas agora estou receosa pela sua resenha.
    Você escreve super bem, mas não sei se lerei

    www.gemices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Rafa!
    O ruim de irmos para uma leitura com as expectativas muito alta é isso, né? Acabamos nos frustrando um pouco.
    Achei o mistério interessante e até gostaria de ler.
    Desejo uma maravilhosa semana!!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi!

    Isso sempre acontece com as crianças, não é? Adultos sempre consideram que estão imaginando coisas ou que não sabem do que estão falando. Na maioria das vezes é, e essa imaginação é tão linda! Mas em alguns casos, por mais absurdo que seja, a criança tem razão. Assim como no livro Temporada de Segredos.
    Nossa e essa do Meu Homem também não concordei não jsalfjkf poxa, isso não é algo que uma criança diga!
    Beijinhos, achei interessante a história.
    Expresso de Nárnia

    ResponderExcluir
  6. O maior problema de se criar expectativas quanto a livros é que temos grandes chances de acabar nos frustrando, o que aconteceu no seu caso, leu um livro excelente da mesma autora e acho que esse teria a mesma qualidade, ou seja, talvez se não tivesse tido a mesma expectativa, poderia ter aproveitado melhor o livro. E parece ser um livro realmente bom, tem uma sinopse muito boa.

    ResponderExcluir
  7. Com uma sinopse tão boa, é chato saber que o desenvolvimento não é tão satisfatório.
    Não conhecia o trabalho da autora, mas pretendo pesquisar melhor suas obras.
    A história me pareceu agradável, então acho que só o desenrolar que deve ser mediano, em outras palavras, tenho que ler para saber e ter minha própria opinião.
    Como vou ler com expectativa moderada, é provável que o livro me agrade mais.
    PS.: Cada vez mais fico com medo de ler livros cheia de expectativas, pois a chance de "quebrar a cara" é muito maior >< .

    ResponderExcluir
  8. Ahhhh, essa capa me lembrou muito os filmes da Disney e quando vou ler a sinopse/resenha descubro que tem magia e mistérios. Como que eu vou deixar de ler? Me diz, como?
    Super curti! <3

    ResponderExcluir
  9. Hey.
    Que capa é essa? Achei maravilhosa!
    Gostei da sinopse e da sua resenha. Acho que o segredo para não se decepcionar com um livro, é não criar expectativas, deixar que ele nos surpreenda. Espero ler o livro algum dia.

    abs

    ResponderExcluir
  10. Fiquei imaginando aqui quantos anos Molly teria, ou era muito espertinha pra sua idade ou era mais velha do que dizia, pela forma como ela fala. rs
    E esse "meu homem" é meio estranho mesmo, muito possessiva ela.

    Enfim, nunca li nada da autora mas só pela capa fiquei interessada. Só não criarei muitas expectativas pra não me decepcionar como você.

    Bjos Rafinha lindaaaaa <3

    Blog|Twitter|Instagram

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!