Resenha: O que restou de mim - Kat Zhang (As crônicas híbridas #1)


Editora: Galera Record
Ano: 2014
Páginas: 320

Addie e Eva são híbridas duas almas no mesmo corpo. Em sua realidade, todos nascem assim mas, ainda na infância, uma das almas torna-se dominante. Mas isso nunca acontecia com as duas. Considerados instáveis e perigosos, os híbridos foram perseguidos e eliminados das Américas. E quando o segredo delas é ameaçado, Eva e Addie descobrirão da pior forma que há muito mais sobre os híbridos do que os noticiários de TV e os livros de história contam.


Classificação:





"Ficamos assistindo enquanto o fogo varria uma cidade mergulhada no caos. Oficialmente, a última Grande Guerra tinha acabado quando Addie e eu éramos um bebê, mas os híbridos do resto do mundo nunca deixaram de lutar entre si. Como poderiam? Addie e eu brigávamos bastante, e nem sequer compartilhávamos o controle. Como uma sociedade fundamentada em duas almas para cada corpo poderia algum dia ter paz?" Página 30


Addie e Eva ocupam o mesmo corpo e isso é imperdoável na sociedade em que vivem. Os híbridos são banidos há décadas e as duas lutam para sobreviver à margem e permanecerem assim. Aos treze anos, depois de muitas idas e vindas de hospitais elas decidem mentir que se definiram para viverem em paz, ou pelo menos, é o que esperavam até conhecerem Hally.

Hally e seu irmão Devon também não se definiram quando deveriam, ou seja, são híbridos. Mas ao contrário de Eva e Addie, conseguem trocar o controle do corpo entre eles e desejam ensinar isso às meninas. Tudo estaria bem, mas acabaram sendo descobertos e levados para um hospital psiquiátrico para passarem por uma bateria de exames para determinar o hibridismo e curá-lo. 


"Há muito tempo, eu havia sido forte bastante para resistir ao desvanecimento. Tinha sido reduzida a fumaça, despida de tudo, menos de uma voz que apenas Addie conseguia ouvir. Mas eu tinha me mantido firme. Tinha me recusado a partir. Agora rezava para ter força e enfrentar o que viesse em seguida." Página 115



Uma batalha está travada e Addie e Eva precisam se unir para conseguir superar as dificuldades que estão surgindo em seu caminho. O que restou de mim conta uma história completamente diferente das que estamos acostumados a ler e, como uma leitora curiosa, estou morrendo de vontade de ler a continuação. 

O que restou de mim foi um dos últimos lançamentos da Galera Record que mais me interessou e gostei muito da leitura. A história de Addie e Eva tem muito pela frente e tenho certeza de que será uma ótima leitura. A capa me encantou, a diagramação está ótima e a revisão também. O livro é de leitura fluida e é narrado em primeira pessoa, por Eva, mas mesmo tendo uma visão melhor do ponto de vista dessa personagem, a minha favorita é a Hally, pois é uma garota curiosa e determinada. Uma leitura indicada para todos que gostam de embarcar em novos mundos e conhecer personagens cativantes.



"Tentei manter meu controle. Tentei. Eu lutei por ele, me esforcei por ele e sabia que Addie não estava me combatendo. Mas ele me escapou como água através dos dedos. Eu estava exausta e, por mais que nunca fosse admitir, talvez um pouco aliviada por deixar Addie assumir novamente, por deixá-la segurar as rédeas para que eu não precisasse fazê-lo." Página 268

11 comentários:

  1. A capa é linda! A ideia é incrível! Juntar duas almas no mesmo corpo O-M-G!!!
    Eu preciso ler, urgentemente D:

    Ótima resenha, espero conseguir lê-lo logo *-*

    ResponderExcluir
  2. Parece ser um livro bem interessante, gosto de tramas criativas, e esse livro parece ser uma dessas histórias, algo envolvente e inesperado. E a capa é sensacional, apenas a capa já me chamou bastante atenção.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bom?
    Essa é a primeira resenha que vejo do livro e gostei muito dela, o livro pelo visto é muito interessante e realmente ele é diferente de tudo que eu já li e vi né, espero ter a oportunidade de ler e gostar.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, mas adoreeeeei!! Como não lembrar de A hospedeira? <3
    Já quero ler mesmo, o mais rápido possível. O problema é não ser livro único. isso me leva a falência kkkkk Eu tento escapar de continuações mas é difícil :P Pelo seus comentários positivos não entendi o pq de só 3 estrelas ><

    ResponderExcluir
  5. Essa capa é interessante, encaixou-se muito bem com o enredo proposto, pois dá uma ideia de algo incompleto, algo que ainda precisa ser entendido.
    Lendo a sinopse, eu não criei nenhum interesse pelo livro, somente após sua resenha, detalhando um pouco mais do livro, é que vi algumas vantagens e alguns pontos que me despertaram curiosidade.
    Caso surja uma oportunidade de leitura, darei uma chance, pois uma história sobre híbridos é algo novo, em parte.

    ResponderExcluir
  6. Eu pretendo ler este livro sim, tenho lido resenhas que me deixam bem curiosa com o enredo dele.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  7. Já li outras resenhas desse livro, e o enredo não me encantou. Mas gostei da sua resenha... quem sabe né?
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Achei essa trama bem complexa, a autora criou algo diferente.
    Li alguns elogios em outras resenhas.
    Bj.
    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. A capa do livro me chamou muito atenção, parece até poster de filme. Estou arrepiada pelo trabalho bem feito de edição.
    Sobre o livro, eu já tinha visto no skoob, mas nunca cheguei a ler sobre o que se tratava. Agora por fim conheci seu blog, e tive o prazer de ler a sua resenha. O enredo do livro parece ser bem penetrando e pretendo ler, já que se trata de uma ficção.
    Abraços

    www.gemices.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Rafa!
    Como gosto de livros complexos e que precisam de um bom entendimento para compreender o que acontece, fiquei curiosa para saber mais sobre os híbridos.
    Lembrei um pouco de A Herdeira...
    Desejo uma maravilhosa semana!!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Hey.
    Nem acreditei quando sua resenha acabou. Fiquei tipo: "não, não, não, não". O post ficou com um gostinho de quero mais. A história do livro totalmente me envolveu. Coisas diferentes atraem e eu quero entrar nessa história! Achei um pouco parecido com "a hospedeira". São duas "pessoas" em um corpo só. Se puder, procure saber um pouco mais. Amei a resenha!

    Abs

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!