Resenha: Estilhaça-me - Tahereh Mafi

Selo: NOVO CONCEITO 
Ano: 2012
Número de páginas: 304
Área Principal: FICÇÃO
Assuntos: ROMANCE FANTASIA
COMPRE


Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

Classificação:    

"Não posso dizer que não merecia isso. No entanto estou aqui por alguma coisa que nunca tive a intenção de fazer e ninguém parece se importar com o fato de ter sido um acidente. Meus pais nunca tentaram me ajudar." Página 17


  De um começo morno para um final surpreendente. Comecei a ler Estilhaça-me com muitas expectativas e o início do livro não correspondeu, mas continuei e logo a leitura começou a fluir e me deixou de queixo caído.  A forma de escrever da Tahereh me lembrou bastante da Laurie Halse Anderson autora do livro Garotas de Vidro. Frases curtas, palavras repetidas e algumas riscadas... No começo parece um tanto confuso, mas com o decorrer da leitura você se acostuma e começa a gostar. 

  Juliette tem 17 anos e em sua infância descobriu que seu toque era letal. Seus colegas e professores a deixavam de lado e até mesmo seus pais não lhe davam atenção. Depois de uma tragédia a garota é levada pelo Restabelecimento e privada do convívio de qualquer pessoa. 264 dias se passaram e ela ganha um companheiro de quarto: Adam. Ela o conhece, havia estudado com ele quando criança, mas ele parece não reconhecê-la. 

  Warner é quem comanda as tropas do Restabelecimento e ele tem uma atração bem forte por Juliette, entretanto ela gosta de Adam. Algum tempo depois eles descobrem que Adam é imune ao toque de Juliette. O mundo está caótico e um amor floresce. Será que Juliette e Adam serão capazes de fugir de Warner e conseguir proteger aqueles que amam? 

   Confesso que eu me apaixonei pelo Adam, ohhh! A forma como ele protege a Juliette faz você pensar: Por que não é comigo? E ao mesmo tempo a atração de Warner faz que esse amor seja proibído, afinal, ele controla a vida de Juliette a seu bel-prazer. Qual é a escolha de Juliette? Se deixar manipular por Warner e virar a arma que ele precisa para conseguir mais poder? Ou viver esse amor e se aceitar? 

   O livro é muito bom (tirando os primeiros capítulos) e a estória é bem amarrada. O final não é previsível e você termina a leitura com gostinho de quero mais... E terá. A previsão é que o segundo livro da série esteja por aqui em fevereiro do ano que vem. Enquanto isso temos que esperar e morrer de curiosidade até lá. Livro mais que recomendado. Leiam. rs

5 comentários:

  1. E cada vez mais fico mais curiosa para ler o livro, mas como sempre enrolo, mereço mesmo. Devo dizer que sua resenha foi uma das mais completas, porque as outras, apesar de tudo, não dão muitos detalhes (a sua não deu, mas sei lá, passou o necessário para mim). E sinto que vou me apaixonar pelo Warner. Não sei, um sentimento.
    Adorei a resenha, o livro parece ser muito bom, acho que vou começar a lê-lo aqui.
    Beijos,
    Shake Your World

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Rafaella! Estou ansiosa para ler Estilhaça-me! Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Eu sei que vocês [tu e Júh] querem me bater só porque ainda não li o livro ><
    Mas deixa eu terminar os dois que tão na frente que começo esse haha

    Ou eu espero o segundo livro sair, pra eu começar a ler o primeiro. kkk

    Beijos!
    Blog|Fã Page|Twitter|Sorteios

    ResponderExcluir
  4. Não gostei da criação do triângulo amoroso.
    Eu gostei de Estilhaça-me, mas achei desnecessárias algumas repetições. Também fiquei apaixonada pelo fofo do Adam. Mas achei ele linear do começo ao fim, não achei que teve uma parte melhor e outra pior. Achei o final meio ridículo.

    www.amorporclassico.com

    ResponderExcluir
  5. Tenho motivos para acreditar que alguém aí se apaixonou pelo Adam kkkkkkkkkkkkk E bora agitar a campanha #LeiaAnanda para ela poder babar junto com a gente rsrs. Adorei a resenha Rafa e confesso que no começo tbm achei que não fosse grande coisa :) mas que bom que nem desisti. bjokas

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!