Resenha: O som do amor - Jojo Moyes

Edição: 1
Editora: Intrínseca
Ano: 2016
Páginas: 304

Matt e Laura McCarthy são obcecados pela ideia de herdar a Casa Espanhola — uma construção malcuidada e quase em ruínas no condado de Norfolk, interior da Inglaterra, que tem um valor simbólico para os moradores locais. Para atingir esse objetivo, Laura, a mando do marido, faz todas as vontades do velho Sr. Pottisworth, o proprietário. Entretanto, como o homem nunca deixou nada por escrito, quem acaba por herdar a casa é uma parente distante, Isabel Delancey.
Primeiro violino na Orquestra Sinfônica Municipal, em Londres, Isabel tinha uma vida tranquila com seus dois filhos e o marido, mas tudo virou de cabeça para baixo quando ele morreu em um acidente de carro e deixou uma grande dívida. Sua única oportunidade de recomeço é fincar moradia na Casa Espanhola — algo que o casal McCarthy vai tentar impedir a qualquer custo. 
O som do amor é um romance sobre obsessão, manipulação, segredos e paixões. Por meio de personagens carismáticos e capazes de tudo para realizar seus objetivos, Jojo Moyes mantém seu estilo inconfundível em uma brilhante história de recomeços.

Classificação:     



"Isabel quase teve vontade de rir. Meu marido está morto, pensou. Meu filho ainda está em estado de choque e se recusa a falar. Minha filha envelheceu vinte anos em nove meses e se nega a admitir que haja algo errado. Tive que abrir mão da única coisa que eu adorava, o que jurei que nunca faria, e você acha que pode me trazer uma má notícia?" Página 31


O som do amor é um romance de autoria de Jojo Moyes e publicado no Brasil em 2016 pela Editora Intrínseca. Logo no primeiro capítulo conhecemos Laura e Matt McCarthy, um casal que tem uma grande ambição na vida: possuir a Casa Espanhola, que ainda está em posse de um idoso que está aos cuidados de Laura. Quando o Sr. Pottisworth morre sem deixar um testamento, a casa passa para a sua única parente reconhecida: Isabel Delancey, pondo um fim nos sonhos do casal McCarthy. 

A vida de Isabel estava complicada em Londres, já que com a morte do marido e seu afastamento da Orquestra, as finanças estavam indo de mal a pior. Quando o advogado lhe informa sobre a Casa Espanhola, ela vende a sua casa em Londres e se muda para a pequena cidade com os dois filhos, Kitty e Thierry. Lá, é recebida pelos locais e bastante acolhida por Matt e Laura, porém a mulher jamais imaginava que isso tinha algo a ver com sua recente herança.

Matt se oferece para reformar a casa, já que estava praticamente inabitável e apesar de ter pouco dinheiro em suas contas, Isabel concorda. Porém os custos com as obras estão cada vez maiores e não há uma melhora visível na casa, o que começa a preocupar a jovem mãe. Seus filhos também não haviam acostumado com a casa e a cidade em que foram morar, o que causava ainda mais problemas para Isabel. Ela decide vender seu único bem que jamais imaginou, seu violino que lhe acompanhou enquanto era parte da Orquestra Sinfônica Municipal, mas essa é uma das primeiras difíceis decisões que Isabel precisará tomar se realmente quiser continuar morando na Casa Espanhola. 


"Ouviu um ruído e um estrondo abafado vindo da Casa Espanhola e se perguntou o que Matt estava fazendo. Ele diz que a casa vai acabar sendo nossa, pensou ela. Preciso ter isso na cabeça. Aquela mulher não foi feita para morar lá. E no amor, na guerra e nos bens, vale tudo." Página 105


Jojo Moyes é uma das autoras que não está saindo da minha lista de leituras, pois desde que li Como eu era antes de você acabei me apaixonando por sua escrita. Baía da Esperança me conquistou e agora amei conhecer a história de Isabel Delancey e de como sua vida mudou após receber a herança, em O som do amor. Este livro é focado em como isso mudou a vida da herdeira, assim como das pessoas que buscavam colocar as mãos na Casa Espanhola a qualquer custo. A amizade de Kitty com o filho dos McCarthy teve extrema importância para que a protagonista percebesse o que se passava com o casal, mas alguns amigos da comunidade - em especial um empregado de Matt, fizeram toda a diferença. 

A narração é feita em terceira pessoa e dá ao leitor uma abrangência das cenas e podemos conhecer melhor os personagens deste romance. Isabel está fragilizada e acaba se deixando levar pela maldade de Matt, já seus filhos estão aprendendo a viver em outro local e encontram pessoas que podem fazer com que essa adaptação seja mais fácil. Por outro lado, a vida de Matt e Laura está desabando com as constantes traições e um corretor que está em busca de uma brecha para comprar a Casa Espanhola e por fim aos sonhos do casal de possuí-la. 

O livro é maravilhoso, a história é bem construída e os personagens são marcantes. A capa é linda e mostra a protagonista tocando violino, a sua maior paixão. A diagramação está ótima e a revisão também, o que torna a leitura mais apaixonante. O final da obra é inesperado e, sem dúvidas, amei o desfecho da protagonista. Apesar de não se tornar o livro favorito da autora, O som do amor é um excelente livro para os leitores que curtem um bom romance e personagens marcantes. 



"Desde que começara a obra, ela acatara a opinião de Matt, deixara-se tranquilizar por ele. A casa seria dos dois. Ele seria o dono da casa dos seus sonhos. Dono de Isabel Delancey." Página 198


10 comentários:

  1. Rafa!
    A Jojo é mesmo excepcional, já li outros livros dela, mas esse ainda não e quero acompanhar toda disputa pela Casa Espanhola.
    Fiquei impressionada com a ambição do casal, são capazes de tudo apenas por causa de um imóvel.
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Rafaella!
    Ainda não li nenhum livro da Jojo Moyes e confesso que a trama de O som do amor não despertou meu interesse, não fiquei curiosa para conhecer a história da Isabel e nem em saber se o casal Laura e Matt McCarthy vão se dá bem ou não... Mas concordo com você, a capa de O som do amor é linda!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Oi Raffa, tudo bem?
    Me apaixonei a primeira vista por este livro quando vi esta capa. A sinopse não deixa a desejar e lendo sua resenha tive certeza de que este livro é realmente bom. Quando eu puder com certeza quero pegar esta leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ao contrário da maioria, Como eu era antes de vc é um livro que gosto mas com muitas ressalvas e não sou fã da Jojo. Tenho medo de todos os livros dela terem um drama exagerado, essa é sempre a impressão que tenho

    ResponderExcluir
  5. Olá, Jojo realmente tem o dom da escrita pois não tem como não gostar de algum dos seus livros. Com histórias repletas de drama e personagens cativantes O Som do Amor já está na minha lista. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Fiquei curiosa para saber se o casal protagonista fica com a casa. Apesar de não ser tão fã da Jojo, gosto de sua escrita. Gostei do enredo deste livro. A capa é bem bonita. Gostei de saber que a história é marcante e que os personagens são bem construidos. Ótima resenha e dica.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  7. acredita que eu nunca li nada da Jojo, sou louca para ler pois vejo muito elogios, mas lendo a história da "casa espanhola" não sei se vou começar por esse
    beijos!

    ResponderExcluir
  8. Com livros dessa autora sempre sei que não vou me decepcionar. Já li vários, mas ainda tem muitos que estão na lista de leituras e ainda não peguei. Esse é um deles e já vi que vou amar essa história. O jeito como ela conta uma coisa simples, histórias sobre a vida e pessoas comuns, mas de um jeito tão mágico é no mínimo emocionante. Ela consegue fazer a gente ficar envolvido com a história e com essas pessoas e adoro essa sensação que as leituras da autora deixam.
    Esse tem aquele bendito romance que todo mundo adora pelo visto. Já gostei. E estou curiosa com o final desse livro. Será que é inesperado mesmo? Gosto de ficar conjeturando os finais, então esse pode surpreender heim ^^
    Mais um dela que quero ler!

    ResponderExcluir
  9. Jojo é diva na escrita e suas histórias sempre arrasam.
    Esse livro dá pra comprar só pela capa, que coisa mais linda né?
    Já está na minha listinha de desejados e mal vejo a hora de ler.
    A história parecer ser boa, apesar de alguns pontos negativos ou que acabaram faltando!
    Curti bastante já na divulgações por ter a música como tema.
    Espero que minhas expectativas sejam superadas!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  10. Isabel <3
    Não canso de dizer o quanto amo a escrita da Jojo e se pudesse, leria até sua lista do supermercado.
    Esse é um dos meus livros favoritos da autora, acho que pelo fato de eu ser apaixonada por violinos e esse livro ter me encantado desde a capa.
    Não há outra maneira para classificá-lo se não como Maravilhoso!

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!