Resenha: Mentiras que confortam - Randy Susan Meyers

Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
Páginas: 368
Tradutor: Ana Paula Rezende Dias da Silva de Mello

Cinco anos atrás...
Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção.
Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe.
Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele.

Hoje...
Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.


Classificação:     





"Ela havia sido esperta em se casar com ele. Ele a iluminava, a mimava, fazia com que ela fosse uma pessoa melhor - mais consciente do mundo além de suas fronteiras. Mas ela não queria mudar nada. Sua vida. Ela amava a maneira como era a sua vida. Um bebê iria estragar tudo." Página 33

Mentiras que confortam apresenta ao leitor uma trama de como uma traição pode afetar a vida de muitas pessoas e mudar o destino de todos os envolvidos. Nathan é casado com Juliette e com ela tem dois filhos, Max e Lucas, porém se envolve com Tia que é uma estudante universitária. Ao descobrir que a jovem está grávida ele faz a proposta de que ela aborte e desde então não mantêm mais contato com a mulher, porém ela não o faz e dá a luz a uma menininha que chama de Honor. 

A garota é entregue para a adoção e ao ser levada para a casa de Peter e Caroline recebe o nome de Savannah. Peter sempre quis filhos, mas sua esposa está confusa com a adoção e acredita que a garotinha não faz parte de sua vida, apesar de dar a ela tudo o que precisa para crescer saudável. O casal envia fotos de Savannah todos os anos para Tia, para que ela tenha certeza de que a filha está sendo bem cuidada e tem tudo o que ela não poderia oferecer.


Uma destas fotos é enviada para a casa de Nathan e sua esposa é quem recebe, dando assim início a uma reviravolta na vida de todos os envolvidos. Aproximando-se de Caroline, Juliette começa a investigar mais sobre Savannah e quer aproximá-la de Nathan e sua família. Este é um livro que nos mostra que com apenas uma mentira é criada uma rede de mentiras que pode nunca ter um fim. 

Os capítulos são divididos de acordo com as três mulheres e suas respectivas histórias, nos apresentando suas vidas, trabalhos e famílias. Savannah é o efeito colateral e tem extrema importância no desenrolar dos fatos, tornando-se o elo entre essas três mulheres devastadas pelas mentiras. O livro é viciante e acabei me solidarizando com Juliette, a mulher traída, por sua vez Tia ganhou a minha simpatia ao não abortar, porém pôs tudo a perder quando comentou que só colocou a criança para adoção para não se lembrar todos os dias de Nathan. A obra é de leitura rápida, com capítulos não muito longos e bem marcados. A edição da Novo Conceito é satisfatória, sem erros de revisão e apresenta notas e elementos textuais que tornam a leitura mais dinâmica. A capa apresenta ao leitor as fotos e cartas enviadas com os detalhes da vida da criança, instigando o leitor a conhecer a história dessas mulheres marcadas por uma traição e uma criança. 

"Ela sabia que isso não podia continuar, mas não sabia como seguir em frente. Tudo o que queria naquele momento era ser a única mãe dos únicos filhos de Nathan." Página 139


1 comentários:

  1. Uma mentira sempre acaba trazendo muitas consequências, atingindo várias pessoas e causando muitos estragos. Achei bem interessante a sinopse e sua resenha só contribuiu para que eu ficasse ainda mais interessada no livro.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!