Resenha: O toque da Vampira - Christine Woodward

Editora: Novo Século
Ano: 2014
Páginas: 328
Tradutor: Caco Ishak

O Toque da Vampira - Anna Marie é uma garota estranha. Ela se veste... de maneira diferente: coberta dos pés à cabeça, sendo seu rosto a única pele à mostra. Mas ela não tem escolha. Sua pele, seu toque, é uma arma mortal que deve ser escondida. Um acidente leva Anna Marie a fugir para o Mississippi. Lá ela conhece James, e tudo muda. Ele é simplesmente igual a ela: solitário, e também em fuga. Para escapar da misteriosa e perigosa família de James, a dupla põe o pé na estrada e, à medida que atravessam o país, passam a compartilhar seus passados repletos de segredos. “Uma interessante faceta da Vampira, e de como seus poderes a levam para um caminho que eu jamais teria imaginado.” Chris Claremont, coautor de Dragon Moon e escritor por dezessete anos de Astonishing X-Men. “Um capítulo perdido do passado de Vampira, contado com elegância, segurança e atenção aos detalhes. Extremamente divertido!” Mike Carey, autor dos livros da série Felix Castor e escritor de X-Men:Legacy.

Classificação:

"Concordei com um sinal de cabeça. Mas, ainda assim, aquela velha palavra, "esperança", tinha despertado no meu coração. Nada que Touch dissesse seria capaz de destruir a fantasia de voltar com ele ao seu planeta e aprender a controlar meu flagelo (não, minha habilidade!), saindo de lá capaz de me juntar ao mundo." Página 164


Anna Marie, criada por sua tia Carrie, sempre teve problemas com sua personalidade. Quando criança, apanhava de sua tia para que tirasse o diabo de seu corpo e, ao crescer, teve de aprender a lidar com seu dom. O toque de Anna é letal, deixou em coma seu melhor amigo Cody e a jovem se mudou para outra cidade para recomeçar, porém sempre envia cartas para a família de Cody. 

Atualmente, trabalha em uma padaria durante a madrugada, pois suas roupas compridas e de couro assustariam qualquer cliente que a visse durante os dias quentes. Em seu trabalho não ganha bem, mas o suficiente para sobreviver. Ao ser demitida por Wendy Lee, as duas se envolvem em um embate físico e Anna acaba ferindo sua ex-patroa. Ao fugir, encontra James um rapaz que já havia visto anteriormente e decidem fugir juntos. Com o passar do tempo, James começa a revelar um pouco sobre sua vida, mas Anna Marie - agora Vampira, não acredita em tudo o que o rapaz lhe conta. 

"Por que a vida tinha de ser fácil, afinal, quando podíamos ter cada vez mais pessoas atrás de nós?" Página 223


A vampira sempre foi a minha personagem favorita do X-Men, então fiquei extremamente feliz ao saber que seria publicado um livro sobre ela. Apesar de o livro ser mais considerado uma fanfic, já que a história se distancia bastante da original, fiquei encantada com a leitura. A autora soube deixar, ao menos, a personalidade de Anna Marie o mais próxima da original e isso fez com que eu me conectasse com a história logo nas primeiras páginas. James é um rapaz encantador e é bacana ver como ele deixou a sua vida para ajudar Anna Marie, ou pelo menos é o que ela pensa. O final poderia ter sido mais bem trabalhado, já que deixou brechas para uma continuação que aparentemente não irá acontecer, mas ao mesmo tempo deixa um espaço para o leitor imaginar o que acontecerá a seguir. 

A capa é bonita, mas confesso que não gostei muito da modelo e o nome do livro sobre sua cabeça. Em compensação o vermelho vivo é muito bonito e combinou com a composição. A diagramação é simples e as letras pequenas, mas nada que tenha prejudicado a leitura. A revisão está ótima, sem grandes erros. O Toque da Vampira é um livro indicado para todos que gostam da personagem, assim como eu, mas tentem não ser tão críticos com relação ao distanciamento da história em relação ao original.


"Não podia. Não depois de tudo em que eu tinha me transformado, tudo o que eu tinha visto, feito e passado. Sabia que era um caminho sem volta, pra nunca mais." Página 248

 

2 comentários:

  1. Olha até então eu ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro.
    Eu comprei ele e ainda não li, mas espero gostar bastante da história assim como você, pois também gosto da VAMPIRA. Mas eu só vou ter sorte de ler quando sortear no meu THE BOOK JAR agora hahahaha...Mas parabéns pela sua resenha. Gostei bastante de tudo que você abordou sobre a história. Espero gostar bastante =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/02/resenha-sempre-foi-voce.html

    ResponderExcluir
  2. Eu acho inevitável fazer comparações entre a história e o original, mesmo que a gente não queira, acabamos fazendo isso, mas mesmo assim, acho que vale a pena ler!

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!