Resenha: Annie - Thomas Meegan

Editora: Intrínseca
Ano: 2014
Páginas: 208
Tradutor: Carolina Selvatici

Annie - Aos onze anos, Annie é uma garotinha corajosa o suficiente para encarar sozinha as ruas de Nova York perseguindo seu grande sonho: encontrar os pais. Deixada por eles em um orfanato quando ainda era um bebê, com pouco mais que um bilhete informando que voltariam para buscá-la, a menina leva uma vida difícil sob o comando da malvada Srta. Hannigan, diretora do lugar. Cansada de esperar que os pais retornem, Annie foge do orfanato e enfrenta as mais inesperadas desventuras. Sua sorte parece estar prestes a mudar quando ela é escolhida para passar as festas de fim de ano na mansão de um rico empresário. Mas será que Annie finalmente conseguirá realizar seu sonho e escapar da dura vida do orfanato?


Classificação:     

 
"E por mais que soubessem que seriam punidas por ajudar Annie a fugir, todas gritaram e dançaram de felicidade. Todas, menos Molly, que ficou parada à porta da frente, com o nariz encostado na vidraça gelada, lágrimas escorrendo pelas bochechas. Annie tinha ido embora." Página 48


Annie é uma garotinha de onze anos, abandonada aos dois meses com apenas metade de um medalhão e uma carta de seus pais avisando que voltariam para buscá-la. Todas as noites de ano novo, Annie espera ansiosamente a vinda de sua família, pois foi neste dia que foi abandonada aos cuidados da Srta. Hannigan, uma mulher amarga e que nutre um forte ódio pelas órfãs que cuida - especialmente por Annie.

Ao perceber que seus pais não vieram buscá-la por mais um ano, Annie decide fugir do orfanato e ir atrás deles. Após uma tentativa frustrada, a garotinha consegue a tão sonhada liberdade, mas nem tudo é tão bom quanto pareceu à primeira vista. Ao fugir, Annie não tem um lugar para dormir e é encontrada por uma dona de um restaurante que a leva para sua casa e a obriga a trabalhar por um lar e comida. Uma nova chance aparece e Annie consegue fugir, porém essa sua liberdade está com os dias contados. 


"Para uma criança órfã que passou uma noite na cadeia, não estou nada mal, pensou Annie, sorrindo para si mesma. Então é assim que as pessoas se sentem quando estão felizes." Página 122


Um bilionário teve a ideia de levar uma órfã para passar as festividades em sua mansão e a escolhida é Annie. Neste ponto que a sorte da menina começa a mudar e ela está cada vez mais perto de descobrir de onde veio. Um livro emocionante e Annie é uma garotinha que supera todas as adversidades e consegue ter pensamentos positivos, além de transmiti-los aos que estão a sua volta.

Sempre tive vontade de conhecer a história de Annie e ao ver que a Intrínseca havia publicado a obra, não hesitei em solicitar. Escrito pelo autor do musical da Brodway, Thomas Meehan, o livro apresenta aos leitores a história completa da garotinha órfã que conforme o autor precisou ser sintetizada para que o musical não ficasse muito longo. A capa remete aos cabelos ruivos de Annie, acredito, e é muito bonita além de dar a impressão de simplicidade como é a vida da garotinha. A diagramação e revisão estão ótimas, o que facilita a leitura e assim como a história que não é monótona, tornando-se fluida. Li em apenas duas horas, mas fiquei encantada pela história de superação de Annie e o final foi perfeito. Estou ansiosa para ver a adaptação cinematográfica da obra, tenho certeza que será maravilhosa. 


"Enquanto permanecia perto da janela, Annie havia decidido que não ia ficar cultivando a tristeza do passado. Nem por um dia sequer. A partir desse momento, disse a si mesma, vou esquecer tudo que passou e tentar viver minha vida da forma mais feliz possível." Página 198

3 comentários:

  1. Estou ansiando pela obra. Sério!
    Apesar do livro não ter me chamado tanta atenção, a sua resenha me provocou uma sensação gostosa de querer lê-lo agora. Sério mesmo, estou com muita vontade de ler, ainda mais por se tratar de uma história de uma garotinha ruiva órfã, pois sei que a história vai me tocar bastante!
    Abraços e sucesso!

    www.gemices.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parece ser uma história muito agradável de se ler. Confesso que não fiquei muito interessada na sinopse, mas ao ler sua resenha, percebi o contrário, de que realmente parece ser uma trama que vale a pena ser lida.

    ResponderExcluir
  3. Rafa!
    Gosto de enredos com um pouco de drama e Annie me parece que sofre um pouco até conseguir um pouco de 'amor' e estabilidade.
    Quero demais poder acompanhar o livro, gosto do tema 'adoção'.
    Tenha um final de semana de muito amor!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!