Resenha premiada: A bandeja - Lycia Barros (O Despertar - Livro#1)

Editora: Arqueiro
Ano: 2014
Páginas: 240

A bandeja conta a história de Angelina, jovem de 19 anos, que ao entrar para a universidade, inicia um apaixonado envolvimento amoroso com um de seus professores, Alderico - mais conhecido por Rico. Por conta de toda a avassaladora e descontrolada paixão que envolve esse relacionamento, Angelina começa a viver somente para Rico, colocando seus estudos, seus amigos, sua família, sua religião e até mesmo a si própria em segundo plano. Angelina é evangélica por tradição familiar e não exatamente por convicção religiosa. Porém, inesperadamente, tem um estranho sonho, cujas revelações possuem um forte e marcante significado, que ela somente conseguirá compreenderá mais tarde. Quando, no momento certo, a grande verdade lhe é revelada, ela finalmente compreende o que significa o amor de Deus em sua vida. 


Classificação:


"Fui mera figurante nas aulas a que consegui assistir no primeiro dia; nem sabia o que se passava à minha volta. Cada pedaço daquela faculdade me lembrava ele. Meu coração estava perdido em algum lugar por ali. Eu só gostaria de saber onde, para que pudesse pegá-lo de volta." Página 104


Aos 19 anos, Angelina Hermann pouco sabia sobre se apaixonar. Quando parte para a cidade grande, para a graduação, um novo mundo se abre aos seus pés. No Rio de Janeiro, tudo é diferente do que estava acostumada em Petrópolis. Longe de seus amigos Dante e Natasha, assim como de sua família, Angelina é obrigada a conviver com Michele, que é filha de uma amiga de sua família e os outros estudantes da república em que irá morar pelos próximos anos.

Seu ingresso na faculdade foi motivo de alegria para toda sua família, mas essa mudança de ares começou a se mostrar problemática quando a jovem conhece Alderico Schmitz, seu professor de Linguística I. O primeiro encontro do casal foi completamente informal e Angelina se queixou sobre os professores descomprometidos da instituição, o que chamou atenção de Alderico, ou Rico, como é conhecido. Aos poucos, Angelina começa a se apaixonar por seu professor e uma relação surge de onde menos esperava. Indo contra tudo o que aprendeu em sua família e em sua religião, a jovem entrega-se de corpo e alma nesta relação e tudo começa a mudar quando descobre o que Rico esconde dela. Um livro que deixará o leitor em um caso de amor e ódio pelo casal e, que ao final, perceberá que os sentimentos crescem em onde menos se imagina e estes são os mais sinceros que se pode esperar.  



"Tudo o que via refletido no vidro era uma garota que deveria saber que era melhor não amar um homem incapaz de retribuir esse amor, que lhe dera vários sinais relativos a isso, mas ela preferira acreditar que o desejo do seu coração podia criar uma conexão emocional profunda entre eles, o tipo de ligação que jamais existira. Foi tudo uma ilusão. Era uma tola." Página 129


Solicitei A bandeja para a Editora Arqueiro porque adorei a sinopse, gosto de livros que mesclam religião com a história. Angelina é uma garota que foi criada por uma família rígida e fiel em Deus, que sempre a orientou a fazer tudo conforme sua religião, incluindo guardar-se para o casamento. Tudo isso muda quando a jovem conhece Rico, sua primeira paixão, e ela se joga neste relacionamento com tudo o que pode. Suas crenças são colocadas a prova, seu amor por Deus é deixado de lado e ela começa a seguir o que seus hormônios ditam, o que neste caso foi um dos pontos que levaram a jovem a se envolver com todo o seu ser. Rico é um jogador, faz tudo o que vem em sua cabeça, sem se importar com aqueles que irão se machucar por causa de suas ações. 

Logo no início da leitura, acreditei que iria ser lenta, pois a questão religiosa é presente em quase todas as páginas. Entretanto, com o avançar da história isso se tornou fundamental para a narração e foi um dos pontos que me deixaram fascinada pela escrita de Lycia Barros, pois apesar de ser um tema complicado de abordar em livros, ela fez isso com maestria e me conquistou ao final da leitura. Quanto às características editoriais, a revisão e diagramação estão boas, e a capa me chamou mais atenção do que a produzida pela Editora Atitude em 2010.

Guardei várias citações da obra que me chamaram atenção e se encaixam perfeitamente em minha vida, assim como na vida da maioria dos leitores. O personagem que mais me encantou foi Dante, que teve um crescimento durante a leitura, assim como Angelina que aprendeu com seus erros e é uma pessoa mais madura do que quando foi para a faculdade. Esse, sem dúvidas, foi um livro que me surpreendeu do início ao final e espero ansiosamente para ler a continuação. 



"Pensava sempre em como gostaria de ter guardado esse momento para o verdadeiro amor da minha vida, aquele com quem eu desejava construir uma história, mas o jeito era seguir em frente." Página 203




O que acha de ter um exemplar dessa excelente obra em sua estante e se apaixonar com Angelina? Em parceria com a Editora Arqueiro estamos sorteando um exemplar de A bandeja. Não deixe de participar e fique atento às regras:

  •  Deixar um comentário válido com e-mail na postagem da resenha premiada.
  •  Ter endereço de entrega no Brasil. 
  •  A promoção começa hoje, dia 20/11 e vai até o dia 21/12/2014.
  •  O sorteado terá até 72 horas para responder ao e-mail enviado pelo blog.
  • O prêmio será enviado pela Editora Arqueiro em, aproximadamente, 30 dias. Não nos responsabilizamos por extravio, roubo ou perda por parte dos correios. Nem mesmo reenvio da encomenda.



a Rafflecopter giveaway

35 comentários:

  1. Já tinha visto uma resenha sobre esse livro em outro blog e me apaixonado... Não sabia que a questão religiosa era tão presente, então acho que esse é um ponto que faria minha leitura um pouco mais lenta, principalmente por conta da crença dela, mas ainda assim não é algo que me desestimule a ler... Fiquei curiosa com tudo o que está envolvido com o Rico, e como ela vai passar por todos esses acontecimentos... Participando da promoção, quem sabe assim eu tenha a oportunidade de ler esse livro o mais cedo possível...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  2. Na 1º vez que bati o olho nesse livro jurei que era do Nicholas Sparks! Só uma outra vez que vi que não era e li a sinopse, confesso que a resenha me chamou mais a atenção do que a sinopse, pois com ela eu me daria a chance de ler o livro. A questão da paixão e o "mundo" diferente que a personagem vive me chama a atenção.

    giovanaforevis@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Achei bem bonito o romance que pode surgir entre ela e o professor Alderico, ao contrário de você Rafa, eu não gosto de livros que falam muito de religião, me deixam desconfortável. Fiquei curiosa com o fato de ele ter um segredo, gostei de saber sobre o possível amor dos dois, e acho que isso hoje em dia e sempre, foi considerado uma coisa ruim, ainda mais da parte dos professores, tá certo que é faculdade e são maiores, mas sempre há gente bisbilhotando..
    Beijos Rafaella, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  4. Esqueci meu email; thaynaquina@yahoo.com

    ResponderExcluir
  5. Gata eu li o livro e amei, ainda hoje sou apaixonada pelo Rico,! aquilo é q é um homem, e aquela dançinha com ele cantando Francêeeeesssss!!!! Morri junto com a Angelina kkk' já li o 2º entre a mente e o coração e é lindo demais, quero ganhar o livrooooo!!!

    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Rafa!
    Tenho a Lycia no face, e sempre achei ela muito sábia com as palavras. Comecei a me interessar pelos livros dela, mas fiquei uma pouco receosa quando vi que o tema religião era tão forte. Mas depois de ler muitas resenhas, conseguir realmente entender como ela aborda no livro, e fiquei muito interessada. Confesso que a sua resenha foi umas das melhores e mais esclarecedoras que li sobre A bandeja.
    Espero ter ele logo em minhas mãos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Aah já tinha visto esse livro no blog da minha amiga e Ana Karla e confesso já amei pela capa, são livros com essas histórias que me fascinam, espero muito poder ganhá-lo <3

    E-mail : ferreiiraamandaa@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li o livro, mas depois da resenha entrou na minha lista de desejos. A autora parece escrever muito bem.

    ResponderExcluir
  9. NOSSA A CADA DIA AMO MAIS E MAIS LIVROS,ACHO QUE É A IDADE...UM AMOR ENTRE ALUNO E PROFESSOR NÃO É TÃO RARO,AGORA RELIGIÃO TANTOS OBSTACULOS É DE ENLOUQUECER QUALQUER ANJO.ACREDITO SER UMA LEITURA EMPOLGANTE..

    marizanunessb@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Rafa!
    Gosto também de um romance que envolve religião e preceitos.
    Pelo visto Angelina vai quebrar a cara e depois ressurgi mais amadurecida.
    Imagino que o livro traga muitos ensinamentos.
    Doidinha para lê-lo.
    Um final de semana carregadinho de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Ps: Divulguei lá no blog.

    ResponderExcluir
  11. Este livro e uma lindeza, sinceramente li tantos e elogios que
    acabei criado um serie de curiosidade em sabe ser isso tudo mesmo!
    Uma trama envolvente e despertadora !

    ResponderExcluir
  12. Parece ser uma história bem profunda e marcante. Sou evangélica e gostaria de fazer a leitura deste livro. Acho que o livro pode falar a todos a respeito de paixão, às vezes avassaladora de mais, diferente do amor, pois o amor não nos faz sofrer e nem nos cega!! Bom eu acho que Angelina deve encontrar o verdadeiro amor ao final do livro!!

    beti_bezerra@hotmail.com

    ResponderExcluir
  13. Oii Rafa!
    Olha, quando vi o livro pela primeira vez eu esperava um romance maravilhoso, mas confesso
    que não gosto muito de livros que envolvem religião .. Eu adorei a sinopse e a resenha, mas ainda to na dúvida quanto a leitura! Espero que o livro me conquiste e me surpreenda :)
    Beijos

    vitoriapantielly@gmail.com

    ResponderExcluir
  14. Já vi mto esse livro por ai, mas honestamente não sei se vai me agradar, quero dar uma espiada...é que não curto religiões cristãs, então sei não hehehe...mas a curiosidade existe de tentar ler....

    Miquilis
    Bruna Costenaro: bruheadbanger@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. Esse livro parece ser interessante, ainda mais pelo fato de misturar religião com a história. Imagino que seja difícil para uma jovem ter uma família que leva a religião de forma rígida e acaba criando regras em relação até mesmo a sua sexualidade, e pelo visto a paixão da personagem a fez questionar um pouco tudo isso e levar-se pelo próprio instinto e hormônios, o que é natural para a sua idade.

    Participando da promoção:
    Lenise Battisti
    lenabattisti@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  16. Adorei a resenha Rafa!
    Tenho muita vontade de ler esse livro, apesar de e não gostar muito do tema religião é interessante como a autora conciliou isso com uma história de romance. Colocar uma aluna jovem se apaixonando pelo professor e indo contra tudo que sabe na vida é uma jogada muito boa também, é uma coisa que tem em outros livros mas nunca relacionada com a fé em Deus.

    ResponderExcluir
  17. Sempre tive curiosidade de ler os livros dessa autora, seus romancessempre parece que traz uma serenidade ao fim da leitura (sei lá eu acho) gostei desselivro, espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  18. A Lycia Barros parece ser uma escritora excelente. Falo isso por que sou inscrita no seu canal no You Tube, Papo Literário. Já peguei dicas valiosíssimas dela por lá.

    Para conseguir falar de religião e conseguir reunir tantos leitores apaixonados assim, bem, ela, com toda a certeza, deve ser uma exímia escritora.

    email: karinaerikads@hotmail.com
    http://eueminhacultura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Já tinha visto várias vezes este livro, mas ainda não tinha lido a resenha, nem o resumo dele... Gostei da capa... Sigo a autora no facebook, mas ainda não li nenhum de seus livros... talvez A Bandeja seja uma boa opção para começar... confesso que quando você mencionou abordagem religiosa, fiquei um pouco incomodada, mas pela sua descrição fiquei tentada a ler só para saber como é o desenrolar do texto... Bjinhos

    ResponderExcluir
  20. Gosto muito de histórias com romance entre aluna e professor e também com questões religiosas envolvidas na trama, estou bastante interessada em ler esse livro.

    ResponderExcluir
  21. Já ouvi falar muito dos livros da autora, mais nunca tinha me interessado neles.
    Não sei se leria o livro. Pois, não gosto quando alguns livros citam religiões. Na minha opinião elas arrastam mais a história e acabam me decepcionado. Vou ver se dou uma olhada nesse livro.

    ResponderExcluir
  22. OOiiee..
    carambaa já tinha ouvido falar do livro mais lendo a resenha me encantei tanto deu até vontade de ter logo um exemplar...só de vc disse que se encantou do inicio ao fiim...achei que seria meio dificil um livro que envolve religiao o tempo todo..mais o que com romance que não fica perfeito neh...doida para saber a evolução do casal..
    fiqueii bastante intrigada aqui...quero ele rapidiim, kkkkkk
    beiijocas*--*

    ResponderExcluir
  23. E-mail:michelyfernandesreis@hotmail.com
    Seguidora: Michely Reis

    ResponderExcluir
  24. Infelizmente nunca pude ler nada da Lycia Barros, e pela sua linda resenha com certeza, infelizmente, isso é uma coisa que vive acontecendo na vida de muitos jovens. Amei sua resenha e os quotes.

    Beijocas.
    www.modaeeu.blogspot.com
    sthefanie.pc.rezena@hotmail.com

    ResponderExcluir
  25. Participando e torcendo!!
    zildarosadossantos1@hotmail.com

    Parece ser muito emocionante o livro! O que a Angelina sente por Rico o professor não é amor, é paixão! A credito que Deus fala conosco através de sonhos e que a personagem vai ter uma experiência muito grande e marcante com Deus!! Quero ler!!

    ResponderExcluir
  26. Eu li A bandeja em agosta, pegay emprestado.
    AMEEEEEEEEEEEEEEEEEI!!!!!
    É um lindo livro incrível!!! <3
    Como evangélica, posso dizer, que ele é extremamente real!
    Um exemplo. De superação, fé, recomeços, enfim, afinal, todos nós, INDEPENDENTEMENTE DA RELIGIÃO, podemos cometer erros, e sim, pagar por eles.
    Mas o melhor de tudo: é ter DEUS sempre conosco. Nos levantando, ajudando e ensinando o melhor caminho, que é tão difícil de ser encontrado no mundo atualmente.
    É livro inspirante. Vivo. Abençoado!!!!!

    Beijos.
    anairados@gmail.com
    www.anairados.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. eu gostaria muito de poder ler o livro "a bandeja" de lycia barros.por ser um livro que contem muitas citaçoes, eu acredito, cristas. faz dele um livro religioso.

    ResponderExcluir
  28. Oi,Rafa.

    Tenho lido várias resenhas sobre esse livro e estou muito curiosa com a leitura. Sempre gosto de conhecer autores nacionais e a Lycia está entre eles. >.< Espero ter a oportunidade de conhecer a sua escrita em breve. Sua resenha me deixou muito animada com a leitura.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  29. Muito bom quando somos surpreendidos positivamente com uma leitura, não é?!?!
    Confesso que sempre fico com um pé atrás quando os autores inserem religião em suas tramas, pois fico com essa mesma sensação que você ficou. Que bom que isso não acontece aqui. Espero ter a oportunidade de ler em breve e quem sabe ser surpreendido também.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Que linda história me pareceu. Legal saber que o livro surpreende positivamente!

    ResponderExcluir
  31. Gostei em partes, não sei se eu me adaptaria a questão da religião, pois não gosto muito quando os livros focam demais nisso, porém você disse que acaba sendo importante não se tornando uma leitura lenta. Nunca li nada da autora, então espero poder um dia comentar isso melhor :D.
    dessarbernardes@gmail.com

    ResponderExcluir
  32. Gostei bastante da ideia de mesclar religião e um enredo bem construído e envolvente.
    Eu sou evangélica, por convicção, e concordo que a época em que se começa a frequentar a faculdade ou universidade é bem difícil, principalmente se a pessoa não tem uma base familiar e religiosa solida.
    É muito fácil se deixar levar por falsos amigos, que te apresentam drogas e outras coisas. E ainda é pior quando não se tem muita experiência amorosa, como a protagonista da história.
    jaque_borchardt@hotmail.com

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!