Resenha: Desastre Iminente - Jamie McGuire

Editora: Verus
Ano: 2013
Páginas: 405


Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida - ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy. Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis 'Cachorro Louco' Maddox vai ser derrotado por uma garota?


Classificação:    


"Decidi há algum tempo que me alimentaria dos abutres até que um colibri aparecesse. Um beija-flor. O tipo de alma que não empatasse a vida de ninguém, que simplesmente caminhasse por aí se ocupando das próprias coisas, tentando levar a vida sem puxar ninguém para baixo com suas carências e seu egoísmo. Corajosa. Uma comunicadora. Inteligente. Bonita. De fala suave. Uma criatura que arruma um companheiro para a vida toda. Inatingível até que tenha uma razão para confiar em você." Página 20



Desastre Iminente tem a mesma história de Belo Desaste. Você deve estar se perguntando: como assim, Rafaella? Eu explico, também levei um susto. Sim, comprei porque estava quase dado (30 reais os dois volumes) e tive uma síncope quando vi que eram os acontecimentos nos dois livros, mas não entremos em pânico já que Desastre Iminente é bem melhor do que Belo Desastre.

Sim, ele é. Confesso que como já disse na resenha de Cinquenta Tons de Liberdade estava morrendo de medo de me decepcionar com a leitura sob a perspectiva de Travis, porém a autora me surpreendeu. Travis é um jovem que sofreu muito com a ausência de sua mãe e teve de se adaptar e aprender com a convivência com seus quatro irmãos. Foi assim que aprendeu a lutar e agora sobrevive com o que ganha em suas lutas.

Travis faz uma aposta com Abby e ganha, então a moça precisa morar em seu apartamento por um mês. E é assim que uma nova fase na vida de ambos nasce, já que Abby não quer ser mais uma na vida de Travis e o rapaz precisa mostrar que está mais interessado em Abby do que em suas antigas parceiras de sofá. 



"Poderia soar hipócrita para as mulheres que passaram pelo meu apartamento, mas, se elas se dessem ao respeito, eu as teria tratado de acordo." Página 23




Você deve estar pensando que o Travis é mais babaca do que a Abby desenhou no primeiro livro, mas é aí que se engana. Em Desastre Iminente temos tudo o que acontece sob a perspectiva do rapaz e podemos perceber que ele está interessado em bem mais do que sexo. 

Algumas passagens (como a citação acima) podem parecer fortes e tenho certeza de que vão me condenar pelo que falarei a seguir, mas eu concordo plenamente com isso. Como o Travis nos mostra em suas palavras tudo o que aconteceu em seu apartamento foi consentido, não caracterizando violência sexual, então se as garotas sabiam que ele era um babaca que não dormia mais de uma vez com a mesma mulher deveriam pensar bem antes de ir para a casa dele. Posso ser considerada machista por isso (e tenho dois irmãos e um pai para fazer com que eu pense assim), mas em todo caso se a mulher não se dá ao respeito, quem dará? Como falei anteriormente, sou totalmente contra violência, mas isso não se enquadra na resenha em questão como muitos leitores deram ênfase no assunto em seus respectivos comentários sobre a obra. 

Analisando as duas obras percebi que Desastre Iminente foi a que mais me agradou, já que em Belo Desastre não consegui aguentar os lamentos da protagonista. Já no segundo volume há uma maior interação entre personagens deixados um pouco de lado no primeiro livro e esse terreno não explorado rendeu uma boa leitura. A capa é bem mais bonita do que a primeira e a revisão é boa, os erros apontados na outra resenha não aparecem em grande número. Essa é uma leitura recomendada para quem quer um romance com pitadas de emoção e erotismo. 



"Ela suspirou, deixando o corpo se fundir ao meu. Mesmo com ela coberta de vômito, ali, perto dela, era o único lugar onde eu queria estar. As palavras que ela disse na festa se repetiram na minha cabeça.

Em uma outra vida, eu poderia te amar." Páginas 182 e 183

7 comentários:

  1. Eu não li o livro, mas acho que, homens e mulheres têm o mesmo desejo sexual, então talvez as mulheres que foram para a cama com o Travis poderiam estar interessadas apenas em sexo e não há nenhum problema nisso, e isso não se enquadra em violência sexual, já que era algo que elas também queriam. Mas eu discordo da questão de "se dar ao respeito", porque eu acredito que o fato da mulher ser mais livre sexualmente não significa que ela mereça menos respeito por causa disso, até porque na nossa sociedade, uma mulher que transa casualmente é mais julgada do que um homem que faz o mesmo, mas enfim, essa é a minha opinião sobre essa questão e eu não estou te condenando por concordar com o personagem, hein? hahaha E eu acho que realmente esses livros parecem não fazer muito meu estilo, então não sei se teria interesse em lê-los.

    ResponderExcluir
  2. Também prefiro "Desastre iminente" do que "Belo desastre". A Abby não me agrada muito, mas o Travis, ah esse homem, com certeza agradará quem ler a história na versão dele. Já estou ansiosa para o lançamento de "Belo casamento" e já adquiri o meu na pré-venda. Já estou com saudades do Cachorro Louco.

    ResponderExcluir
  3. Oi, acho que quase todo mundo preferi Desastre iminente do que Belo desastre e concordo plenamente com você, que mulher tem que se dar o respeito, se elas sabiam que o Travis não queria nada além de sexo, porque iam para casa dele? Francamente essas mulheres devem começar a pensar mais em si mesmas, sei que é uma historia fictícia, mas isso acontece muito no mundo de hoje. Eu adoro o Travis ele é demais na minha opinião e que venha Belo casamento.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  4. Fico curiosa a respeito dessa série, quero ler, mas ainda tenho um certo receio. Acho legal a autora mostrar os "dois lados da moeda", assim conhecemos melhor ambos os protagonistas. Mas ler a mesma estória, sabendo como ela vai terminar me desanima um pouco, haha. Seria mais fácil ela ter escrito um livro só, narrado em terceira pessoa, intercalando os capítulos.
    Mas mesmo assim, lerei quando tiver a oportunidade.

    ResponderExcluir
  5. Ai meu coração :3
    Desastre Iminente é tudo de bom! Belo Desastre é maravilhoso mas a versão do Travis é tão magica! Li em dois dias de tão viciante que o livro é e o final é surpreendente haha
    Adorei a resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  6. Eu tô apaixonada por essa série! Devorei Belo Desastre em um dia, e agora estou partindo para Desastre Iminente. Tenho certeza que não vou levar mais do que 24 horas pra ler esse também. hehehehe
    Então;;;sorry...mas não vou ler a sua resenha. Já estou com o livro na bolsa, pois hoje termino o que estou lendo e já pretendo começar esse!

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li Belo Desastre mas está na minha lista e acho bem legal ter um livro narrado pelo outro personagem, pelo que li da resenha, é bom para entendermos seu lado e sabermos mais sobre sua história, achei interessante. :)
    beijos!

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!