Resenha: Antes que eu vá - Lauren Oliver

Editora: Intrínseca
Ano: 2017
Páginas: 352


Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no Thomas Jefferson, o colégio que frequenta — da melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento.

Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, deveria ser apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita. Em vez disso, acaba sendo o último. Mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. E, ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha desvenda o mistério que envolve sua morte — descobrindo, enfim, o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.




Classificação:       




"Li certa vez que uma pessoa tem um déjà-vu quando as duas metades do cérebro processam as informações em velocidades diferentes: o lado direito alguns segundos antes do esquerdo, ou vice-versa. Minha pior matéria é ciências, por isso, não entendi todo o artigo, mas isso explicaria essa estranha sensação de duplicidade, como se o mundo - ou você - estivesse se partindo em dois." Página 71

Antes que eu vá é um livro que estava na minha lista de desejados há algum tempo. Assim que tive contato com a sinopse fiquei com bastante vontade de conferir a história, porém a edição estava esgotada. Depois da tristeza momentânea, tive uma alegria imensa ao ver que o filme estava sendo adaptado para as telonas e que a Intrínseca iria lançar uma nova edição. Então quando os pedidos foram liberados não hesitei em solicitar e passei o livro na frente de todas as leituras programadas e tenho que dizer que foi a melhor coisa que fiz. O livro é maravilhoso, emocionante, cativante e me faltam adjetivos para descrever o impacto com que esta história me atingiu em cheio. Sem dúvidas um dos melhores livros que já li do gênero e confesso que estou morrendo de vontade de conferir a adaptação para reviver todos os dias com a protagonista.

Sam Kingston é uma jovem bastante popular, namora Rob Cokran - um dos garotos mais cobiçados da Thomas Jefferson e junto de suas três melhores amigas Lindsay, Elody e Ally tem uma vida perfeita. Sempre é convidada para as melhores festas, seus pais não medem esforços para agradá-la, assim como mimam a filha caçula, Izzy. Tudo ia bem até o dia em que Sam marcou de ir para a festa de Kent, um rapaz com quem Sam perdera a amizade há tempos, depois da festa marcara de se encontrar com o namorado e tudo estava combinado para que fosse uma noite extremamente especial para o casal. Porém um acidente faz com que os planos fossem pelo ralo, o carro em que Sam e as amigas estavam perde o controle na estrada e o maior impacto é justamente no banco em que a protagonista estava. Passando o susto, Sam acorda às 6:50 em sua cama, da mesma forma que no dia anterior e tudo está prestes a mudar quando ela olha a data: 12 de fevereiro, o dia do acidente. 

Agora, Sam revive este dia uma, duas, sete vezes até que ele termine como deveria ter sido na primeira tentativa. Alguns dias acabam de formas extremamente diferentes, alguns dias ela têm contato com pessoas que mal falava ou que nunca tinha trocado uma palavra até descobrir o motivo pelo qual estava revivendo o dia 12 de fevereiro uma vez atrás da outra. As informações chegam em turbilhão, Sam busca aproveitar o seu último dia de forma com que faça a diferença em sua vida e das pessoas importantes para ela. Um livro tocante de autodescoberta e a dedicação com que Sam leva a tarefa de mudar o seu e o destino de amigos e familiares é algo lindo de se ler. 


"Isso me dá esperança pela primeira vez em dois dias. A ideia de que posso estar em coma em algum lugar, com minha família curvada sobre mim e todos se preocupando e enfeitando meu quarto de hospital com flores, faz eu me sentir bem." Página 103


Antes que eu vá é narrado em primeira pessoa, por Sam, e dá ao leitor uma maior visão sobre todos os seus pensamentos e sentimentos desde quando estava se preparando para tão aguardada festa e o pós-festa com seu namorado. A protagonista passa por várias mudanças desde não ter noção do que está acontecendo, se rebelar com o fato até a aceitação de seu destino e perceber de que está repetindo os dias com um propósito maior. De leitura rápida e nada fácil, Antes que eu vá mostra aos leitores o quanto pequenas decisões podem afetar a vida das pessoas com quem temos contato e tudo pode mudar em um segundo, além de ter consequências inimagináveis.

A história é bem construída, não deixa pontas soltas e tudo é bem fundamentado, assim como o final foi bem trabalhado para mostrar o leitor o propósito desta repetição do dia 12 de fevereiro na vida de Sam, tornando o livro ainda melhor, pois podemos acompanhar tudo nos mínimos detalhes e aproveitar a história ao máximo. Com relação a edição só tenho elogios, a capa é a mesma do que a da edição publicada anteriormente e é linda - confesso que esperava que a editora lançasse uma capa/filme e iria adorar, já que a Zoey Deutch - atriz que dará a vida à Sam - é uma das minhas favoritas, mas a capa original é maravilhosa também. A diagramação está perfeita, os capítulos são divididos por dia e há divisões entre as cenas, o que facilita quando precisamos deixar a leitura de lado, a revisão está ótima e ajuda a tornar a leitura fluida, sem dúvidas a edição está perfeita. Como já falei anteriormente, este é um dos melhores livros que já li, uma história tocante e extremamente emocionante, sem dúvidas é indicado para todos os leitores. 


"O que estou querendo dizer é: talvez você possa se dar ao luxo de esperar. Talvez para você haja um amanhã. Talvez para você haja mil amanhãs, ou três mil, ou dez, tanto tempo, que você possa se banhar nele, deixar rolar, deixá-lo cair como moedas entre os dedos. Tanto tempo que você possa desperdiçá-lo.
Mas, para alguns de nós, só existe o hoje. E a verdade é que nunca se sabe quando chegará a sua vez." Página 200

7 comentários:

  1. Esse livro é meu favorito da vida. Li ele a bastante tempo, acredito que em 2010. Lembro que ele tinha sido lançado recentemente e o ganhei com outros livros em um sorteio da TodaTeen. Ele me ganhou logo de cara. Mal vejo a hora de poder ver a adaptação. Espero que tenha ficado fiel.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
  2. RAFA!
    O livro também está na minha lista de desejados.
    Deve ter sido uma tormenta ficar revivendo o mesmo dia várias vezes até desvendar o mistério de tudo que aconteceu com ela.
    Quero ver a adaptação cinematográfica também.
    “Saber interpor-se constantemente entre si próprio e as coisas é o mais alto grau de sabedoria e prudência.” (Fernando Pessoa)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Achei essa história bem interessante, desde que vi o relançamento deste livro fiquei super curiosa para descobrir o motivo da protagonista ficar revivendo o mesmo dia repetidas vezes, qual o destino dela. Gostei da narração ser em primeira pessoa, prefiro livros assim. Eu gostei desta capa e gostei de não ser do filme, não gosto muito...rs... Quero muito ler o livro antes do filme. Ótima resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa, tudo bem?
    Eu estou doida por este livro desde que vi que ele ia ser adaptado para o cinema, desde então eu não conhecia a história. Achei bem curioso o fato de ela reviver o dia do acidente e gostaria de saber porque isso acontece. Não vejo a hora de poder ter/comprar o livro e ler esta história maravilhosa. Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Já parece interessante demais a pessoa ter sete chances para voltar a vida. Li outros da Lauren e gostei, então estou bem curiosa com esse livro. Para ganhar o título de um dos mais lindos lidos, deve valer muito a pena

    ResponderExcluir
  6. Assim como aconteceu com você, Antes que eu vá também está na minha lista de desejados faz um tempo, mas nunca tive a oportunidade de adquiri-lo e no momento também não posso, meu bolso não permite :(
    Mas espero lê-lo em breve, sei que vou me emocionar bastante com a história de Sam!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  7. na primeira vez que eu vi achei que era só mais um YA/NA
    só que quando eu li sua sinopse me apaixonei pela história do livro
    pelo jeito ele nos leva a refletir as pequenas coisas que fazemos no dia a dia
    sem perceber o quanto isso pode mudar as nossas vidas
    na minha lista!

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!