Por dentro da tela: Intocáveis

Título original: Intouchables
Distribuidor: California Filmes
Ano de produção: 2011


Philippe (François Cluzet) é um aristocrata rico que, após sofrer um grave acidente, fica tetraplégico. Precisando de um assistente, ele decide contratar Driss (Omar Sy), um jovem problemático que não tem a menor experiência em cuidar de pessoas no seu estado. Aos poucos ele aprende a função, apesar das diversas gafes que comete. Philippe, por sua vez, se afeiçoa cada vez mais a Driss por ele não tratá-lo como um pobre coitado. Aos poucos a amizade entre eles se estabelece, com cada um conhecendo melhor o mundo do outro.


Classificação:       




Intocáveis acabou sendo uma escolha do meu namorado para o filme da vez, já que ele já havia assistido e adorou o filme. Confesso que acabou sendo uma grande surpresa para mim, pois o filme é maravilhoso. A história é baseada em fatos reais e me deixou com lágrimas por grande parte das cenas.

Driss é um jovem criado à margem da sociedade e desde pequeno foi apresentado para as drogas, violência e nunca teve uma vida estável. Quando é forçado pelo governo a fazer algumas entrevistas que o considerariam inapto a trabalhar para então receber um auxílio em dinheiro, o homem acaba sendo apresentado a Philippe - um homem tetraplégico que está selecionando um empregado para ficar responsável por seus cuidados. 


Driss chega causando confusão durante as entrevistas e deixa claro que só está lá pela assinatura e acaba chamando atenção do homem, que decide por contratá-lo. Uma amizade nasce e Driss aprende muito com Philippe - e vice-versa. Por muitas vezes o filme nos mostra a dificuldade com que eles precisam superar as diferenças, mas dei muitas risadas durante todo o filme. Tanto quanto fiquei com os olhos marejados. A história me deixou encantada e acabou se tornando um dos melhores filmes que assisti neste ano, já que causa uma mistura de sentimentos e que não sei explicar se é um filme que mais me fez chorar ou rir. Sem dúvidas é recomendado para todos os amantes de filmes que nos fazem pensar sobre as atitudes e sentimentos que carregamos em nossa vida. 



12 comentários:

  1. Esse filme é incrível. Assisti bem depois do lançamento, a história é muito gostosa, daqueles filmes que você não quer que acabe nunca. Gosto de assistir num dia chuvoso e comendo pipoca

    ResponderExcluir
  2. Eu amo esse filme com todas as minhas forças! <3
    Não sabia que ele era baseado em fatos reais, agora que eu choro mesmo kkkk
    Lembro da primeira vez que assisti veio algumas lágrimas até:')
    O filme é maravilhoso!
    Mostra uma amizade tão linda.. Choramos de rir e Choramos de emoção kkk vale a pena assistir quem não assistiu ainda.. E lindo!

    ResponderExcluir
  3. Me perguntei agora porque ainda não vi esse filme?! Ele parece ser bem tocante e eu até já tinha visto o seu trailer, mas até então não tinha me despertado vontade de vê-lo. Pelo que vi é um filme que apesar de sensível, agrada tanto homens quanto mulheres já que foi uma indicação do seu namorado e vc gostou muito. Espero ter a oportunidade de vê-lo e espero gostar também :)

    ResponderExcluir
  4. Já ouvi falar nesse filme, porém nunca assisti,acho que porque nunca tinha lido uma opinião sobre ele. Parece ser bom, gosto de filmes que me emocionam, sou muito emotiva e chorona, acho que iria gostar muito! Esses filmes que tratam das diferenças entre as pessoas sempre me chamam a atenção!

    ResponderExcluir
  5. Parece ser um lindo filme, daqueles que nos trazem algum tipo de lição. Gosto de filmes que me fazem refletir, pensar sobre questões sociais e sobre a vida de modo geral, então imagino que gostaria bastante desse filme.

    http://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Este filme é maravilhoso. Assim como você eu ri e chorei, ele causou um misto de emoções em mim. E pensar que o filme é baseado em fatos reais torna ele ainda mais emocionante. Amei sua resenha, é um filme que o mundo deve assistir, é lindo...rs...
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  7. Eu ganhei o livro e fiquei curiosa para ver o filme depois. Não curti tanto o livro dele, mas esse filme? Caramba! Vale muito pena e é pelo Driss. A forma como ele fala diretamente com o Philippe, que não tem papas na língua e nem noção é tão bonita e engraçada. Caramba. E quando o Philippe precisa dele ele está ali, ajudando e cuidando, fazendo o cara esquecer um pouco dos problemas, rir mesmo e ver que a vida ainda vale a pena ser vivida. Achei essa mensagem tão bonita. É um filme maravilhoso.

    ResponderExcluir
  8. Há...
    Esse filme é maravilhoso, chorei muito assistindo, é uma história de superação simplesmente emocionante e me arrancou lágrimas, risos e me deixou com um gostinho de quero mais.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  9. Já assisti esse filme umas duas, tres vezes e sempre me emociono, uma linda história de superação e amizade;

    PS: Uma pena que o Will Traynor(do livro) não teve tanta força de vontade de viver.

    ResponderExcluir
  10. Já assisti e sempre revejo, é uma história carregada de emoções e aprendizagem, sobre a lealdade e superação, que deve ser assistido por todos. Gostei do resumo

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    Já vi esse filme algumas vezes e acho lindo! Uma lição de vida. Me fez refletir sobre o que realmente era importante e sobre amizade.
    Não chorei, quase nunca choro em filmes, mas fiquei bastante emocionada.

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Faz um tempo que assistir esse filme e ele também me conquistou, realmente é uma historia que mesmo tendo muito dramas e bem divertidas e acaba chorando e rindo muito ao longo do filme, adorei essa amizade e principalmente como um aprende com o outro !!

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!