Resenha: P.S.: Ainda amo você - Jenny Han

Editora: Intrínseca
Ano: 2016
Páginas: 304

Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito dela, muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários.

Em "Para todos os garotos que já amei", Lara Jean não fazia ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em "P.S.: Ainda amo você", Lara Jean tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam.
Uma história delicada e comovente que vai mostrar que se apaixonar é a parte fácil: emocionante mesmo é o que vem depois.


Classificação:      


Pode conter spoilers do livro anterior: Para todos os garotos que já amei


"Eu me deito na cama e encosto a testa nas costas dela. Consigo sentir cada respiração. Ela chora no travesseiro, e massageio os ombros de Margot do jeito que ela gosta. O importante a saber sobre Margot é que ela não chora nunca, e vê-la chorar tira meu mundo e nossa casa dos eixos. Tudo parece torto." Página 29


Lara Jean Song Covey é uma garota de 16 anos que precisou ter muito jogo de cintura em Para todos os garotos que já amei, isso por que as cartas que escreveu durante a sua infância e adolescência como forma de deixar um amor platônico para trás foram enviadas e os destinatários acabaram descobrindo o que ela sentia no momento em que as escrevera. Dentre os destinatários estava Josh, seu vizinho e namorado de Margot, sua irmã mais velha. 

Lara Jean fez uma aliança com Peter Kavinsky, um dos garotos que receberam a carta, para que ele pudesse provocar sua ex-namorada Genevieve - melhor amiga de Lara Jean durante a infância. Esse namoro de mentirinha acaba reascendendo o amor que a jovem já sentiu por Peter e ela se vê enfrentando novamente tudo o que já sentiu por ele um dia. Outro personagem que é importante para a trama é John Ambrose McClaren, um dos garotos que receberam a carta enviada por Kitty, que volta para a vida de Lara Jean e se mostra interessado por ela.

Quando descobre que a casa da árvore será demolida pelos novos proprietários, Lara Jean propõe abrir a cápsula do tempo antes do previsto e um jogo começa. O objetivo? Eliminar todos os participantes até que um vencedor possa escolher o que mais deseja na vida. Será que Lara Jean tem chance de vencer essa batalha? E como ficará seu relacionamento com Peter? Genevieve deixará o casal em paz? Todas essas perguntas serão respondidas em P.S.: Ainda amo você

"No contrato, dissemos que sempre contaríamos a verdade um para o outro. Dissemos que nunca partiríamos o coração um do outro. Então acho que ele não cumpriu sua palavra duas vezes." Página 217


Logo que finalizei a leitura de Para todos os garotos que já amei fiquei com vontade de descobrir o que aconteceria com Peter e Lara Jean, já que esse casal me conquistou quando formaram a aliança no primeiro livro. Peter é um personagem que evolui a cada capítulo, mostrando ao leitor como a protagonista teve bastante influência em suas decisões.

Genevieve
é uma antagonista a altura, todos os seus passos são pensados para separar o casal, mesmo quando esse relacionamento 
ainda era de mentira. Ela expõe a intimidade deles, tornando Lara Jean uma garota "promíscua" na visão de seus colegas e, assim como na vida real, a garota é condenada e Peter aclamado. A relação com a família é o que faz a garota não desmoronar, já que seu pai e suas irmãs estão com ela para tudo. Os diálogos são muito espirituosos, principalmente quando Kitty está presente, sendo ela a minha personagem favorita. 

Confesso que esse livro me prendeu mais do que o primeiro, pois sabendo tudo o que Lara Jean passou e agora tendo sua vida exposta dessa forma acaba fazendo com que o leitor se solidarize com ela. Sua vida está de cabeça para baixo e a tendência é ficar ainda mais bagunçada, porém com a ajuda de pessoas em quem ela confia tem tudo para superar as adversidades. 

A escrita de Jenny Han é maravilhosa e a forma com que a autora narra os fatos prendem o leitor do início ao fim de suas obras. Lara Jean é cativante, Peter é um garoto pelo qual a maioria das garotas se apaixonaria, Kitty é um amor de criança - além de ser uma ótima fonte de gargalhadas durante a leitura. A capa é bonita e mostra o contrato de relacionamento que os protagonistas fizeram - dando ao leitor uma prévia do que lerá, mas a do primeiro livro me agradou mais. A editora manteve o padrão nesta edição, as cartas e bilhetes em fontes diferentes, dando ao leitor a impressão de que os personagens as escreveram. A revisão está ótima, sem erros, e a divisão dos capítulos torna a leitura fluida. Com P.S.: Ainda amo você posso dizer que me tornei fã de Jenny Han, e nunca imaginei que gostaria tanto de um livro quanto esse. Confesso que quando vi na Turnê Intrínseca a divulgação fiquei curiosa, mas ao lê-lo percebi que minhas expectativas foram superadas. 


"O rompimento com Peter não é tão importante quanto Katherine Song Covey fazer dez anos. Ela cresceu como uma erva daninha, sem mãe, só duas irmãs e um pai. Não é pouca coisa. É extraordinário." Página 245


12 comentários:

  1. Li o primeiro livro em epub, e eu amei. Pensei que a história ia ser clichê, mas me surpreendi muito com o livro. Ele conseguiu me envolver logo nos primeiros capítulos e é um livro super leve e muito fofo *-*. Já quero a continuação. Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Aiiii, eu quero tanto ler essa duologia e sua resenha me deixou ainda mais ansiosa. Quero muito saber como Lara Jean conseguiu sair dessa situação embaraçosa. Tenho certeza que vou amar, já vi muitas resenhas positivas sobre o 1º livro e você ainda fala que o 2º te prendeu ainda mais :O hahaha To com as expectativas muito altas pra essa história!! Bjo

    ResponderExcluir
  3. Esse livro deve ser lindo, mesmo sendo clichê, a escrita de Jenny Han é encantadora

    ResponderExcluir
  4. Ah como eu quero ler esses dois livros!
    Um enredo bem interessante, nunca li nada da autora mas pelo jeito a escrita dela é viciante!

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li o primeiro livro, mas gente quero muito ler! Em suas resenhas sobre a autora pude perceber que a escrita dela é maravilhosa, o que me deixa ainda mais curiosa para ler os livros. As capas são lindas! Intrínseca fazendo um ótimo trabalho.

    ResponderExcluir
  6. Oiiee,
    Eu estou louca para ler os dois livros, eles parecem ser ótimos, que bom que esse livro te prendeu mais que o primeiro, ainda não li nada da autora, mas vi elogios, espero ter a oportunidade de ler em breve.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li Para todos os garotos que ha amei, pretendo ler assim que der, porque já sou apaixonada pela história mesmo sem conhecer, e então ler esse também! Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  8. Nossa! Que vilazinha do mal e que bom que um tema tão importante e atual como compartilhamento de algo intimo foi abordado em PS.

    ResponderExcluir
  9. Não li ainda, nem o primeiro. Mas quero muito ler

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Esse foi uma serie que no começo não me chamou muita atenção mas lendo a resenha fiquei bem curiosa para ler e gostei da continuação que parece ser ainda melhor que o primeiro e fiquei curiosa sobre o Peter e a Lara !!

    ResponderExcluir
  11. Eu quero muito ler esses dois livros =D
    Li várias resenhas, umas positivas, outras negativas, mas a história parece muito cativante. Espero gostar bastante da leitura!

    ResponderExcluir
  12. Doidíssima pra ler esse e o primeiro livro! Enjoei de distopias, agora estou mais nessa fase e esses estão no topo da minha wishlist! Deve ser babado essa vida da Lara, quero muito poder ver mais do mundo dela e do que vai acontecer! Sempre tem muitos pra atrapalhar, e realmente, o difícil é o que vem depois de se apaixonar.

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!