Resenha: O diário da Mariposa - Rachel Klein

Editora: Planeta
Ano: 2012
Páginas: 336
Tradutor: Marcelo Barbão


Em um colégio interno nos anos 1960, uma garota acha que sua melhor amiga está sendo atacada por uma vampira - Ernessa, a menina nova no colégio. Entre terror psicológico e mortes suspeitas, o diário da protagonista prende a atenção do leitor, e apesar de sua narradora também não ser confiável, não conseguimos parar de nos perguntar: será Ernessa realmente um vampiro?


Classificação:    

" Depois fiquei com medo de dormir de novo. Não vou conseguir olhar para Lucy do mesmo jeito depois deste sonho. Agora sei como ela pode ser dura e sem sentimento por trás daquele sorriso insípido. Ela sempre foi assim." Página 92


Meu primeiro contato com O diário da mariposa foi através do filme Relação Mortal  que foi resenhado aqui no blog no início de 2013. Depois de assistir acabei vendo que a produção foi baseada em um livro e fiquei interessada na obra, uma vez que queria entender melhor o que se passou no filme e posso afirmar que o filme foi bastante fiel ao que é apresentado no livro. Minha opinião sobre a adaptação não mudou, ela é regular. Nem muito boa, nem ruim. Apenas previsível. 

Nesta obra temos acesso ao diário de uma jovem de dezesseis anos, traumatizada pela morte de seu pai. Poeta, o homem se suicidou e a mãe da narradora não conseguia lidar com as lembranças por causa da filha, então mandou-a para um internato. Nos primeiros dias a jovem luta para se enturmar e acaba ficando bastante amiga de sua colega de quarto, Lucy. 

Quando Ernessa chega ao internato acaba fazendo amizade com Lucy e essa aproximação deixa a narradora enciumada, uma vez que ela sempre teve o domínio de Lucy. Esta acaba ficando doente e sua amiga culpa Ernessa pelo o que está acontecendo com ela, outras mortes também acabam acontecendo e a jovem busca uma explicação para tudo de ruim que começou a acontecer depois da chegada de Ernessa.

O livro nos é apresentado em forma de diário e a divisão é tida apenas quando o mês acaba, o que nos dá a impressão de cada capítulo da obra ser um mês. A narradora não possui nome, o que só fui perceber depois da leitura quando conferi a sinopse (nem sou distraída rs). A capa é interessante e acabou me chamando bastante atenção, a diagramação é boa, mas o que me deixou revoltada foram os erros de revisão. Palavras erradas, algumas que eu não conseguia identificar o que eram, acabaram sendo frequentes. Como falei, tanto o livro quanto o filme são regulares, não existe nada de novo nesta história, mas funciona bem como passatempo. 



" Tenho inveja de Ernessa. Tenho inveja da amizade de Lucy com ela. Tenho inveja de seu corpo perfeito. Tenho inveja de como toca piano. Tenho inveja dela nunca ter medo. Mas isso não a torna nem um pouco diferente das outras pessoas de que não gosto. Aliás essa é uma palavra fraca. Até ódio seria fraco. Quando eu a vejo com Lucy, o que sinto é nojo." Página 165

13 comentários:

  1. Não gostei da capa nem da sinopse se fosse por isso nunca compraria sua resenha me deixou com um pitadinha de ler mas eu também não gosto de ler diários então deixo para próxima.

    ResponderExcluir
  2. Achei a estória legalzinha. Ainda fiquei na duvida se eu leria ou não. Acho que pelas informaçoes que li sobre o livro, eu leria-o só se fosse obrigado. Não é um livro que estou louco para comprar, mas eu leria se tivesse alguem que me emprestasse haha. Até q essa historia de vampiro é boa, mas achei que a Ernessa nao me cativou mt.

    ResponderExcluir
  3. hum não gostei da capa e como disse na resenha do filme lá no começo do ano não me interessei, nem o livro fez isso acontecer. Então eu passo huahua. Mas apesar disso eu posso dizer que acho diários interessantes :)

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha ouvido falar desse livro, se não me engano.
    Mas não foi aquele amor e necessidade de comprar e ler, entende? Na verdade, ainda não tenho essa vontade, apesar de parecer uma boa leitura.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, nunca ouvi falar do livro! Tenho esse filme em casa, mas ainda não assisti. Se soubesse que tinha um livro já teria visto e corrido atrás para ler. Infelizmente, li spoiler do filme, sem querer, e fiquei arrasada por saber qual é o mistério. Uma pena o livro não ter sido bem editado, fica mais difícil atrair novos leitores. Não fico muito empolgada, mas acho legal comparar livro/filme. :)

    ssentrelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia nem o livro, nem o filme...
    Gostei um pouco do livro, parece ser regular como vc disse, mas me interessou.... Talvez pelo mistério q eu vi na sinopse....

    ResponderExcluir
  7. Uma coisa que me chamou atenção foi o fato da narradora não ter nome, realmente nunca visto uma história em que o narrador não é mostrado o nome. E sobre o filme, é bom saber que é fiel ao livro, já que geralmente as versões cinematográficas não o são.

    ResponderExcluir
  8. Não sei direito mas esse livro não chamou muito minha atenção:/ Acho que não o leria...

    ResponderExcluir
  9. Nunca ouvi falar desse livro e nada me chamou a atenção, nem sua capa nem a sinopse. Não sei se seria uma boa leitura, ainda mais pela falta de revisão do livro, o que é realmente uma pena =/

    ResponderExcluir
  10. Caramba a Ernessa é praticamente a nova Rita, tudo é culpa dela rsrsrs. Não faz meu tipo de leitura, não leria de todo modo, acho esse tipo de livro bem atordoante, me sinto mal lendo. Fico depressiva, sem brincadeira. Uma pena que a Planeta tenha se descuidado tanto com esses erros...

    ResponderExcluir
  11. Nunca ouvi falar do livro e pelo que li em sua resenha acho que não seria o tipo de livro que eu iria ler :(
    beijos :*

    ResponderExcluir
  12. Não tinha ouvido falar nem do livro e nem do filma, mas apesar de você ter dito que é razoável fiquei com vontade de pelo menos ler o livro.

    http://lisos-somos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nunca tinha visto falar desse livro antes é a primeira vez e ele parece ser super legal, achei ele muito interessante ainda mais depois que eu vi que tinha vampiros no meio eu adoro.

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!