Por dentro da tela: Riddle

Título Original: Riddle
Gênero: Terror / Thriller
Tempo de Duração: 96 min
Ano de Lançamento: 2013
Distribuidora: XLrator Media
Direção: John O. Hartman / Nicholas Mross


Sinopse: Uma colegial (Elisabeth Harnois) é atraída para pequena e misteriosa cidade de Riddle, Pensilvânia, em busca de seu irmão desaparecido. Contra a vontade do xerife local (Val Kilmer) e o ancião da cidade (William Sadler), ela começa a desvendar um mistério ligado a um hospital psiquiátrico abandonado na orla da cidade, descobrindo um terrível passado da cidade em que determinadas pessoas tentam manter escondido.

Classificação:   




Holly é uma adolescente normal: ama o irmão, frequenta a escola e é líder de torcida. Sua vida era calma até o dia em que seu irmão mais novo desapareceu, sendo que Holly estava no treino das Cheerleaders e viu seu irmão com dois garotos de outra cidade.

Por outro lado, os jovens Matt e Cameron haviam levado Nathan apenas para lhe dar um susto. O garoto era doente e acabou urinando nas calças, então os garotos pararam em um posto de gasolina em Riddle (cidade em que eles moravam) e desde então Nathan nunca mais foi visto. 

Três anos depois Holly já cursava uma faculdade só que ainda não havia se recuperado do trauma de seu irmão ter desaparecido. Um dia a garota estava ajudando na feira dos agricultores e viu uma pessoa com o tênis favorito de Nathan, ao correr atrás do homem misterioso acabou tendo a impressão de ter visto seu irmão mais novo. 

Holly recorre ao Xerife de Riddle, cidade vizinha de Jefferson - cidade em que Holly vivia com o irmão - e este não quer lhe ajudar, alegando que o caso de Nathan havia sido encerrado. Porém Holly acaba conversando com uma garota que conhece Cam e Matt, então os quatro decidem procurar por Nathan, desenterrando diversas situações que a pequena cidade de Riddle queria deixar escondidas.

Nem a atuação da Elizabeth Harnois conseguiu salvar o filme. Acredito que muitos de vocês já devem saber o que aconteceu com Nathan, ou pelo menos, irão desconfiar ao longo dos trinta minutos do início do filme. Bastante previsível e sem uma história boa, Nathan desaparece e a irmã move céus e terras para encontrá-lo. Sério que por causa de um tênis ela decifrou tudo aquilo que aconteceu com Nathan? Sendo que a maioria da cidade já sabia o que aconteceu... No início achei que a produção tinha potencial, o que não se confirmou ao longo do filme. Se vocês querem um filme de suspense apenas para passar o tempo, este filme é mais do que bom, mas se você está em busca de algo inteligente para assistir, este não é o filme mais indicado. 





13 comentários:

  1. Tipo a sinopse parece o maximo..
    mas depois lendo sua resenha desanimei total..
    tipo parece meio sem sentido rsrsrrsr

    ResponderExcluir
  2. Lendo a sua opinião sobre o filme me questionei. Sera que os roteiristas possuem uma única formula pra fazer esses filmes? Pode observar que a estória pode mudar uma e outra coisa, mais você fica com a sensação de déja vu, ou seja, que já viu aquilo antes e isso acontece porque as estórias são parecidas. Riddle parece ser esse tipo de filme que é ótimo pra quem não tem nada que assistir e curte um suspense, eu particularmente prefiro ler um livro. :)

    ResponderExcluir
  3. Onde você encontra esses filmes meio alternativos, hein? Eu curto buscar não só pipocões, mas esses filmes nunca ouvi falar....Parece razoável, mas tenho muitos livros e filmes pra ver, então nem vou perder tempo.

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar do livro, mas sua resenha não me animou pra assistir não. A sinopse até me atraiu mas não vou assistir não. nem gosto muito de suspense :/

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o filme. Durante o início da da resenha ele me agradou bastante, fiquei super a fim de assistir, mas ai só porque ela viu alguém usando um tênis favorito do irmão ela endoida? Ah, tá.
    Vou assistir só por curiosidade.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o filme e não pretendo vê-lo. Não gosto de coisas previsíveis, e descobrir o que aconteceu com o irmão por um tênis é muito dramalhão mexicano para mim.

    ResponderExcluir
  7. Já não tenho muito tempo para ver filmes e se você diz que esse não é dos mais indicados, então acho que não vou me arriscar. Além do que, terror não é lá meu gênero preferido.

    ResponderExcluir
  8. Wow, acho que ainda não vi esse filme. E sou fã do gênero.
    Já salvei dois filmes que você indicou para ver, hehe. Este será o terceiro, espero vê-los essa semana ainda.

    ResponderExcluir
  9. Pelo visto você gosta bastante de filmes de terror também né? hauHAUa Eu sofro um pouco com isso, porque nunca tenho companhia para assistir esses filmes, mas eu adoro e vejo sozinha mesmo assim hahaha...

    Gostei da premissa, tudo que envolva sobrenatural e manicômios abandonados ganha minha atenção imediata.

    Mais um para a listinha de próximos filmes =)

    nasproximaspaginas.blogspot.com
    raah_varella@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda não conhecia esse filme, mas como eu disse , não curto filmes de Terror, sempre fico com medo ;S

    ResponderExcluir
  11. Pela sinopse parecia bem legal. É uma pena =(


    A Vida de uma Bookaholic

    ResponderExcluir
  12. Pela sinopse eu assistiria, mas lendo seus comentários, bom passo este filme também. Não me agradou.

    ResponderExcluir
  13. Eu não conhecia esse filme, mas ele parece ser muito legal, eu adoro assistir filmes, mas to na duvida se vejo esse.

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!