Resenha: Aura Negra - Richelle Mead (Academia de Vampiros #2)

Editora: Nova Fronteira
Ano: 2010
Páginas: 304


A Escola São Vladimir está em alerta após um ataque dos sanguináreos Strigoi. Os Guardiões admirados por suas habilidades e seus grandes feitos, se preparam para entrar em ação. A escola envia seus alunos para um hotel de luxo e bem protegido, porém um imprevisto obriga Rose a deixar a segurança de seu lar e impedir que o pior aconteça. Apenas quando a vida de seus amigos está por um fio é que a heroína descobrirá força dentro de si.



Classificação:       



Pode conter spoilers do volume anterior: O Beijo das Sombras


"A propósito, meu nome é Rose Hathaway. Eu tenho dezessete anos, estou treinando para proteger e matar vampiros, sou apaixonada por um cara totalmente inadequado, e a minha melhor amiga possui estranhos poderes mágicos que podem levá-la à loucura. Mas, espere aí, ninguém disse que a vida é fácil para uma aluna do ensino médio." Página 10



Em Aura Negra as protagonistas Rose Hathaway e Lissa Dragomir estão retomando suas rotinas desde o desfecho do volume anterior. Lissa começa a investigar mais sobre o espírito, seu elemento de especialização, e motivo pelo qual fora iniciada a sua ligação com sua melhor amiga - que agora é conhecida como "Beijada pelas Sombras". Ao trazer Rose de volta à vida, Lissa criou um elo com a garota e esta pode ver tudo sob a sua perspectiva quando deseja, porém o espírito acaba trazendo para Lissa sentimentos negativos e dá margem para uma depressão. 

Os poderes de Lissa são conhecidos apenas pelos mais próximos da jovem, porém como foi o caso de Victor Dashkov que tentou se aproveitar do poder do espírito presente na jovem, as duas acabaram guardando o que sabiam para si e tentando controlar os efeitos negativos que este poder tem sobre Lissa. Em Aura Negra somos iniciados ao mundo dos Strigois, já que em O Beijo das Sombras não tiveram muitas cenas envolvendo essa classe, já neste volume a busca por poder por parte deste grupo de vampiros começa a fazer ainda mais vítimas Moroi. Ataques organizados por Strigoi e humanos começam a ser mais frequentes e vitimam cada vez mais a realeza. Quando estava em viagem com Dimitri, Rose viu os estragos causados pelos Strigoi em um dos recentes ataques e toda a comunidade Moroi está alarmada.

Uma inclusão interessante neste livro é Janine Hathaway, mãe de Rose, cuja garota não tem muito contato desde que começou a estudar na São Vladimir.  Outra adição importante para a história é Tasha Ozera, tia de Christian - namorado de Lissa -, mas essa personagem gera certo desconforto em Rose já que parece ser muito íntima de Dimitri, seu interesse amoroso. 


"Não consegui sair de perto de Lissa durante o resto do dia. Eu sabia que não havia nenhum Strigoi de tocaia no hotel, mas meu instinto protetor se exacerbara. Guardiões protegem seus Moroi. Como sempre, eu também me preocupei com o estado emocional dela, com a possibilidade de ela ficar ansiosa e transtornada, então fiz o que pude para afastar esses sentimentos." Página 146


Aura Negra é o meu livro favorito (até agora), pois a história se desenvolveu e mostra ao leitor todo o potencial criativo da Richelle Mead, apesar de ser narrada sob a visão de Rose. As protagonistas estão enfrentando suas próprias batalhas e acabam sendo jogadas na guerra entre os Strigoi e as famílias reais, já que Lissa é a última de sua linhagem. Rose está empenhada em concluir seus estudos e, por fim, tornar-se guardiã oficial de Lissa, junto de Dimitri, e isso acaba atrapalhando o romance que pode surgir. Por outro lado, Mason acaba ganhando espaço neste volume, o rapaz é apaixonado por Rose e ela busca esquecer Dimitri, então o garoto está tendo sua chance com a protagonista. Com a chegada de Tasha Ozera, Christian também começa a ganhar mais espaço na história e seus diálogos com Rose são hilários, já que é de conhecimento de todos que a garota odeia o namorado da amiga, pois acha que ele está a roubando dela - em todo caso, ela percebe que está sendo injusta para o bem do relacionamento. O final é surpreendente e me fez ficar esperançosa, porém do nada houve a famosa reviravolta e quase gritei, para vocês terem noção da cena.

Durante essa leitura eu ri, chorei, me apaixonei, chorei de rir e me surpreendi. Como vocês já devem ter percebido, estou apaixonada pela série e tudo isso começou com Aura Negra. Não sei o que mais me chamou atenção nessa leitura, mas a obra é surpreendente. O legal da narração da Richelle Mead é que a história não se perde, por mais que dê voltas, e cada vez fica mais emocionante acompanhar as aventuras de Rose e Lissa. Com relação aos aspectos editoriais o livro segue o padrão da capa (que gostei mais do que das outras da série), a diagramação e revisão permanecem boas, tornando a leitura ainda mais proveitosa. 



"Eu não podia acreditar na sorte que tivéramos. Estivéramos tão perto do desastre, e conseguíramos com muita dificuldade superar aquilo tudo. Este era um daqueles momentos que fazem com que a gente aprecie a vida e queira mudar as coisas para melhor. Quando nos é dada uma segunda chance e a gente jura que não vai desperdiçá-la." Página 269



8 comentários:

  1. Ainda não li Academia de vampiros, mas como eu amo vampiros e amei a resenha certeza que logo comprarei

    ResponderExcluir
  2. ahh! Amo essa saga, prepare-se para as emoções dos próximos livros.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Não li nenhum dos livros ainda e não sei se leria, mas fiquei bem curiosa até por conta dos quotes que gostei muito. Não é meu gênero favorito, mas acho que vou acabar dando uma chance depois.

    ResponderExcluir
  4. Achei que o livro fosse mais um dos clichês dos livros sobre vampiros, mas essa coleção parece ser diferente e ter realmente uma boa história.

    ResponderExcluir
  5. Oi...

    Eu amo essa série, lendo sua resenha me lembrei que ainda falta eu ler os dois últimos livros, mas minha vida está tão corrida no momento.
    Gosto muito da ligação entre Rose e Lissa, e os sentimentos crescentes de Rose em relação a Dimitri, é tão lindo....
    Eu amo de paixão e espero ansiosa para ler os dois últimos livros.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  6. Oi! Apesar das capas dessa serie serem bem tosquinhas eu quero mto ler essa serie, eu so escuto maravilhosas e ela parece ser tao incrivel!

    ResponderExcluir
  7. Não li enhum livro da série mas pretendo, ouvi muitos comentários positivos e negativos por isso ainda to meio "leio-não-leio?"
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Adoro essa serie da Richelle Mead, quando li esse livro ele se tornou um dos meus favoritos, realmente ele nos faz rir e chorar e gostei muito como podemos conhecer melhor os personagens, e um dos personagens que mais gostei de conhecer foi a Janine foi bem legal poder ver a interação dela com a rose e que final !!

    ResponderExcluir

Quer deixar uma dica ou sugestão? Comente e me deixe feliz.

Para que eu possa visitar seu blog deixe um comentário com o nome do blog e eu entrarei em seu perfil. Ou use a opção Nome/URL. Por favor não coloquem links nos comentários porque o blogger considera como spam.

Agradeço a visita!