Lançamentos da Intrínseca


Bom dia, leitores.

Conheçam os lançamentos da Intrínseca que estão chegando no mês de fevereiro:




Joan Lennon é uma menina de 10 anos com um dom surpreendente: ela é capaz de lembrar, com exatidão de detalhes, tudo que aconteceu com ela. Sabe quantas vezes a mãe disse “sempre dá certo” nos últimos seis meses, lembra dos dias e dos motivos para ter chorado, mas compreende também que nem todos têm essa capacidade. A maioria das pessoas, ela sabe, esquece as coisas, mas Joan não quer ser esquecida pelos outros. Então quando depara no jornal com um concurso cultural intitulado “Próximo Grande Compositor”, ela encontra a resposta: uma boa música é impossível de ser esquecida. Ela só precisa achar o colaborador perfeito. E é aí que entra Gavin Winters.

Amigo de faculdade dos pais de Joan, Gavin é um ator famoso de Los Angeles que no momento enfrenta a dor terrível de ter perdido subitamente o namorado, Sydney. Depois de ter um vídeo seu em surto vazado na internet, Gavin decide dar um tempo na casa dos velhos amigos. [+]






Se em A menina que roubava livros é a morte quem conta a história, em O construtor de pontes, novo romance de Markus Zusak, presente e passado se fundem na voz de outro narrador igualmente potente: Matthew, o filho mais velho da família Dunbar.

Sentado na cozinha de casa diante de uma máquina de escrever antiga, ele precisa nos contar sobre um dos seus quatro irmãos, Clay. Tudo aconteceu com ele. Todos mudaram por causa dele. Anos antes, os cinco garotos haviam sido abandonados pelo pai sem qualquer explicação. No entanto, em uma tarde ensolarada e abafada o patriarca retorna com um pedido inusitado: precisa de ajuda para construir uma ponte. Escorraçado pelos jovens e por Aquiles, a mula de estimação da família, o homem vai embora novamente, mas deixa seu endereço num pedaço de papel. Acontece que havia um traidor entre eles: Clay. [+]




Sam Hurley, professor, e sua esposa Merry, cenógrafa, trocam os confortos de Nova York por um estilo de vida completamente diferente em uma casinha isolada na Suécia. Apesar do quadro idílico que o casal com um bebê recém-nascido em paisagens de contos de fada representa, problemas com raízes muito profundas ameaçam o relacionamento. Sam, que nunca contou à esposa que na verdade foi demitido da universidade, também mente sobre seu dia a dia na nova cidade. Merry, por sua vez, sempre escuta do marido que nasceu para ser dona de casa, mas não sabe o que fazer com o ódio que alimenta por todas as tarefas cotidianas: a jardinagem sem-fim, a arrumação da casa, o preparo de refeições para a família e os cuidados com um bebê que por ora só parece dar trabalho. 

O instável equilíbrio da família se perde por completo com a visita da melhor amiga de Merry, a glamourosa Frank. Ela conhece Merry muito bem, conhece sua história, e agora, com a proximidade, é capaz de ver quem Sam realmente é. Mas Frank tem os próprios segredos, e, à medida que sua narrativa se junta à história do casal, fica claro que ela sofre pelos próprios pecados e talvez não seja capaz – ou não queira – salvar ninguém. [+]



Quando a eleição de Donald Trump foi confirmada, todas as agências federais se prepararam para receber a equipe de transição do futuro presidente. Só que ninguém apareceu. Após semanas de espera, os poucos enviados por Trump demonstraram brutal desinteresse no que os servidores de carreira e líderes dos departamentos tinham a lhes passar. Pior ainda: eles pareciam desconhecer por completo as funções dos setores que comandariam e ter currículos bastante questionáveis — sem falar nos casos em que havia conflitos de interesse.

Michael Lewis foi atrás de alguns desses antigos funcionários, aos poucos afastados de seus cargos, a fim de ouvir o que eles teriam a dizer sobre a atitude de Trump e os possíveis riscos da nova gestão que mais os apavoravam. Sua surpresa, porém, foi perceber que uma das principais ameaças contra a nação americana (e o mundo) é representada pela figura do próprio presidente. [+]



Unboxing - Intrínsecos 005

Olá, leitores.


Como vocês devem ter percebido o blog estava parado no último mês. Janeiro foi extremamente corrido, pois precisei tirar um tempo para resolver as pendências para meu novo trabalho. Agora já estou mais tranquila, e em casa, então vou atualizar o blog e trazer muitas indicações de leituras para esse começo de ano <3

A primeira postagem é o Unboxing da quinta caixinha do Intrínsecos, para quem ainda não conhece esse é o Clube de Livros da Editora Intrínseca e todos os meses os assinantes recebem um livro exclusivo e brindes relacionados com a leitura.

Essa é a terceira caixinha que recebo e a cada mês o Intrínsecos me surpreende, as outras caixinhas não consegui tirar fotos porque a curiosidade era grande, já a 005 chegou enquanto estava trabalhando em outra cidade e por isso consegui me segurar e tirar as fotos para mostrar para vocês. 



A Caixinha de Fevereiro veio com uma toalhinha de rosto branca envolvendo o livro e deixou a apresentação maravilhosa. 


  
Ao abrir a toalha encontramos os brindes enviados e a revista que traz mais informações sobre a obra, o autor e conteúdos relacionados com a leitura.




Por fim, o livro em capa dura para sua coleção. A cada mês a cor da capa é diferente e a de fevereiro é a diferentona da minha coleção (até agora) <3.




Aproveito para agradecer o carinho da Editora Intrínseca e como vocês já devem ter visto nas redes sociais do blog, fomos renovados para a parceria em 2019, então vamos para o sexto ano de parceria com essa editora maravilhosa. 


[Top Comentarista - Fevereiro]

Olá, leitores.

Em fevereiro o prêmio para o top comentarista será o livro O ÓDIO QUE VOCÊ SEMEIA, publicado pela Galera Record. Para concorrer basta deixar um comentário nessa postagem e comentar nas postagens do blog. O sorteio será como o que foi realizado anteriormente, não será necessário comentar em todas as postagens, mas a cada comentário é uma chance a mais de ganhar.


Fique atento às regras:


  • Deixar um comentário nesta postagem com seu nome completo e e-mail para contato.
  • As postagens de promoções não serão válidas para o Top Comentarista.
  • Será contabilizado apenas um comentário por postagem.
  • O ganhador deverá ter endereço de entrega no Brasil.
  • A promoção é válida de 01/02/2019 a 28/02/2019 e os comentários deverão ser feitos até a data estipulada para o último dia da promoção e apenas em postagens publicadas entre estas datas. Lembrem-se de comentar algo RELEVANTE e que mostre que você leu a postagem.
  • O vencedor deverá responder o e-mail enviado pelo blog em até 4 dias. Caso não o faça, o sorteio será refeito. 
  • O prêmio será enviado pelo blog em até 45 dias contados a partir da resposta do vencedor. Em caso de atrasos o vencedor será informado.

Resenha: O desaparecimento de Stephanie Mailer - Joël Dicker

Editora: Intrínseca
Ano: 2018
Páginas: 576

Uma grande expectativa toma conta da badalada cidade de Orphea, nos Hamptons. A população aguarda ansiosamente a estreia de seu primeiro festival de teatro. Mas o prefeito está atrasado para a cerimônia.

A poucos metros dali, Samuel Padalin percorre as ruas desertas em busca da esposa. Diante da casa do prefeito, um corpo é encontrado. E, no interior da residência, a cena é ainda pior: uma família inteira foi assassinada com extrema violência.

Vinte anos após a resolução do homicídio, novos fatos mudarão para sempre a história de Orphea. A jornalista Stephanie Mailer confronta as autoridades e afirma que houve um gravíssimo erro na investigação. Então, ela desaparece. O que aconteceu com a jornalista? E o que de fato ocorreu em 30 de julho de 1994?

Em uma narrativa repleta de reviravoltas e sequências inesperadas, o premiado escritor Joël Dicker se reafirma como uma das vozes mais criativas do momento ao entrelaçar brilhantemente diversos personagens e tramas. Um livro intrigante, ao mesmo tempo sofisticado, divertido e marcado por uma fina ironia.


Classificação:        



"Ao vasculhar o estacionamento com o olhar, vi Stephanie entrar em seu carro. Ela me fez um sinal e gritou:
- Até logo, capitão Rosenberg!
Mas não houve "até logo".
Porque foi nesse dia que ela desapareceu." Página 20




O desaparecimento de Stephanie Mailer é uma obra de Joël Dicker, escolhida pela Intrínseca para fazer parte da primeira caixinha do clube de assinaturas da editora, o Intrínsecos. Recebi em outubro a caixa e fiquei encantada com o cuidado da editora na composição, além de o livro ser lindo foram enviados alguns itens que foram importantes para a trama assim como uma revistinha sobre a obra e o autor. O livro foi lançado oficialmente no começo de janeiro e pode ser encontrado em todas as livrarias. 

Stephanie Mailer é uma jornalista que decidiu morar em Orphea após ser dispensada de seu emprego anterior. Quando a jovem confronta o capitão de polícia, Jesse Rosenberg, sobre um crime acontecido na cidade em 1994 o homem não acredita ter cometido um erro durante as investigações, porém com o desaparecimento de Stephanie ele percebe que poderia estar errado na forma como conduziu a investigação do quádruplo homicídio que envolveu a família do prefeito da cidade e uma jovem que estava nas imediações da casa. 

Com a ajuda de Anna, a única mulher na força policial de Orphea, e Derek - seu parceiro na época das investigações dos homicídios -, Jesse corre contra o tempo para descobrir o culpado por ter ceifado a vida da família do prefeito, Meghan Padalin e agora o responsável pelo sumiço de Stephanie Mailer. Enquanto isso o atual prefeito da cidade, Alan, que assumiu o cargo após a morte de seu antecessor precisa restaurar a calma na cidade e manter o festival de teatro que marca os vinte anos após o crime que chocou a pacata cidade. Um personagem envolvido no início das investigações, em 1994, ressurge com uma peça e afirma saber quem foi o responsável pelos assassinatos que marcaram a cidade, o que ameaça o trabalho da polícia e faz com que os moradores comecem a tirar suas próprias conclusões. Uma leitura intrigante, o autor soube conduzir a história e revelar a trama apenas nas últimas páginas do livro, deixando o leitor ansioso para descobrir qual é a ligação entre o crime em 1994 e o desaparecimento de Stephanie Mailer em 2014. 


"- Na sua opinião, Derek, essa fita de vídeo pode nos ajudar a entender melhor isso tudo?
- Espero que sim, Anna. Se observarmos o público, talvez possamos detectar um detalhe que nos tenha escapado. Devo confessar que, na época da investigação, o que aconteceu durante a peça não nos pareceu muito interessante. É graças a Stephanie Mailer que estamos levando isso em conta agora." Página 217



Como sou apaixonada por thrillers, desde que recebi a caixa já estava ansiosa para iniciar a leitura, porém consegui iniciar apenas no finalzinho de dezembro e me apaixonei pelo livro. A história é envolvente, os personagens são complexos e a forma com que o autor conduz o leitor para investigar com os policiais de Orphea é fenomenal, somado ao desfecho inesperado tornaram a leitura ainda mais interessante. 

Sobre a edição só tenho elogios, gostei muito da capa amarela, o pacotinho de evidências e a revista foram bem trabalhados e fizeram com que a leitura fosse mais completa. Para os leitores que não conseguiram essa edição especial, foi lançada em janeiro a edição com a capa normal (que também é linda). Como leio muitos thrillers acabo sendo bastante crítica com as obras, mas não tenho nada a reclamar de O desaparecimento de Stephanie Mailer, muito pelo contrário, o livro entrou na lista de favoritos e assim como A verdade sobre o caso de Harry Quebert, outro livro do autor, está indicadíssimo para os amantes de um bom mistério policial. 



"Orphea estava em ebulição. A notícia de que uma peça de teatro iria revelar a identidade de um assassino que havia saído impune se espalhara pela região como um rastilho de pólvora. Passado um fim de semana, a imprensa desembarcou em massa na cidade, junto a hordas de turistas em busca de emoções fortes e um pouco de sensacionalismo, que se somavam aos moradores, igualmente consumidos pela curiosidade." Página 360

[Dica de leitura] Lunae Manifestum - Bruno Gauvain


Olá, leitores.


A postagem de hoje é uma dica de leitura, o livro Lunae Manifestum será lançado na Bienal desse ano e o autor Bruno Gauvain já começou com a divulgação, então o blog não poderia ficar de fora.



Gênero: fantasia pós-apocalíptica
Indicação: 18 anos, conteúdo altamente explícito
Lançamento: Setembro, na Bienal 2019
Editora: Quimera


O limite físico e psicológico da humanidade é testado diante do caos e ambiente perturbador que restou das cinzas e escombros da América, em 2021.
As cinzas, lua, neblina, miragem e sangue têm história, e por que não contá-las?



Sobre o autor: ator carioca, professor de inglês e formando em Publicidade e Propaganda. Lunae Manifestum é o primeiro volume de uma série de 4 livros. Bruno é muito fã de Stephen King, séries, filmes e thrillers





Lançamentos da Intrínseca


Olá, leitores.

Primeiramente quero desejar um Feliz Ano Novo, que 2019 seja um ano iluminado e com leituras maravilhosas. 

Como vocês devem ter visto nas redes sociais: o blog foi renovado para mais um ano de parceria com a Editora Intrínseca (Yay!!). Então vamos conhecer os lançamentos da editora?


Livro da primeira caixinha do Intrínsecos 

Uma grande expectativa toma conta da badalada cidade de Orphea, nos Hamptons. A população aguarda ansiosamente a estreia de seu primeiro festival de teatro. Mas o prefeito está atrasado para a cerimônia.

A poucos metros dali, Samuel Padalin percorre as ruas desertas em busca da esposa. Diante da casa do prefeito, um corpo é encontrado. E, no interior da residência, a cena é ainda pior: uma família inteira foi assassinada com extrema violência.

Vinte anos após a resolução do homicídio, novos fatos mudarão para sempre a história de Orphea. A jornalista Stephanie Mailer confronta as autoridades e afirma que houve um gravíssimo erro na investigação. Então, ela desaparece. O que aconteceu com a jornalista? E o que de fato ocorreu em 30 de julho de 1994? [+





Livro que deu origem a filme estrelado por Nicole Kidman, Russel Crowe e Lucas Hedges.

Em seu elogiado livro de estreia, Garrard Conley revisita as memórias do doloroso período em que participou de um programa de conversão que prometia “curá-lo” da sua homossexualidade. Garrard — filho de um pastor da igreja Batista, criado em uma cidadezinha conservadora no sul dos Estados Unidos — foi convencido pelos próprios pais a apagar uma parte de si. Em uma tentativa desesperada de agradá-los e de não ser expulso do convívio da família, ele quase se destruiu por completo, mas encontrou forças para buscar sua identidade e hoje é ativista contra as terapias de conversão. [+]


Um dos pais-fundadores da economia comportamental, Richard H. Thaler remonta neste livro a história dessa disciplina, dos seus primórdios nos anos 1970 até suas aplicações na atualidade. Com exemplos que vão das altas apostas do mercado financeiro até o que nos influencia no momento de escolha do jantar, o autor traça de forma leve e bem-humorada os principais conceitos dessa área de conhecimento, resultando em uma leitura essencial para todos aqueles que desejam se conectar com o futuro do pensamento econômico.

Aliando as mais recentes descobertas no campo da psicologia à compreensão prática de incentivos e comportamento de mercado, o livro nos ajuda a tomar decisões mais inteligentes nos âmbitos pessoal e financeiro. Misbehaving revela como o estudo da imprevisibilidade humana pode ser útil para nossas vidas, negócios e governos, transformando assim a forma como pensamos sobre nós mesmos e o mundo. [+]


TRILOGIA VERÃO 


 Uma garota. A primeira paixão. E um verão inesquecível.

Sempre que chegam as férias de verão, Isabel Conklin deixa para trás sua vida monótona na cidade e vai com a família para Cousins Beach. A casa de praia é seu segundo lar, e é lá que Belly reencontra as pessoas que mais ama: a melhor amiga de sua mãe, Susannah, e os filhos dela, Conrad e Jeremiah.

Ano após ano, ela tenta se aproximar de Conrad, mas nunca dá certo. Parece que o garoto nunca vai corresponder aos sentimentos de Belly. Dessa vez, no entanto, ela percebe algo diferente: Jeremiah passou a enxergá-la com outros olhos, e os dois estão cada vez mais próximos. Belly mudou. E esse verão tem tudo para ser o melhor de sua vida. [+]



Uma desilusão. Promessas desfeitas. E a chance de recomeçar.


Belly sempre passou as férias em Cousins Beach, mas, após o fim de seu breve relacionamento com Conrad, tudo mudou. Esse será o verão mais difícil de sua vida, o primeiro em que ela ficará em casa, sem a companhia de Susannah e sem as aventuras com os irmãos Fisher.

Taylor, sua melhor amiga, está cheia de planos: as duas irão se divertir em muitas festas, se bronzear à beira da piscina e arranjar novos crushes. Mas quando Jeremiah liga para Belly e conta que Conrad desapareceu sem deixar pistas, todos os caminhos levam Belly de volta à casa de praia. Será que ela vai passar mais um verão correndo atrás de Conrad ou finalmente vai desistir dessa paixão mal resolvida? [+



Um coração. Dois caminhos. E a decisão que vai mudar tudo.

Na alegria e na tristeza, Belly sempre esteve ao lado da família Fisher. Susannah era uma segunda mãe, Conrad foi seu primeiro amor, e Jeremiah, o melhor amigo que virou namorado. Depois de dois anos de relacionamento, ele a surpreende ao fazer a pergunta que Belly sempre quis ouvir: ela aceitaria se tornar a Sra. Isabel Fisher?

Longe de casa, Conrad deixou para trás seu jeito egocêntrico, mas nem a distância nem o tempo o ajudaram a superar a perda de seu verdadeiro amor. Quando Belly e Jeremiah decidem se casar, Conrad sabe que não tem escolha. Precisa se declarar para a amada ou então se calar para sempre. Agora, Belly vai precisar tomar a decisão mais importante de sua vida e encarar algo que, no fundo, sempre soube que aconteceria: ela vai partir o coração de um deles. [+]

[Resultado - Top Comentarista de Dezembro]

Boa noite, leitores.

Para o top comentarista de dezembro foram consideradas as postagens: 

  1. Natal com a Intrínseca
  2. 15 anos da Editora Intrínseca
  3. Resenha: Ilha de Vidro - Nora Roberts
  4. Resenha: A essência do mal - Luca D'Andrea
  5. Resenha: Leah fora de sintonia - Becky Albertalli
  6. Resenha: A guerra de Ashley - Gayle Tzemach Lemmon
  7. Por dentro da tela: Bird Box
  8. Lançamentos da Arqueiro

A sorteada foi:


Na resenha de A guerra de Ashley, tivemos três comentários e o sorteado foi: 



Parabéns, Fabiana. Entrarei em contato para solicitar os dados para o envio do prêmio. Agradeço a participação de todos e logo teremos mais promoções no blog. 


Lançamentos da Arqueiro

Boa tarde, leitores.

Confiram os lançamentos da Editora Arqueiro para janeiro e fevereiro de 2019:




Uma mulher que desafia seu tempo

Dr. Garret Gibson, a única médica mulher na Inglaterra, é tão ousada e independente quanto qualquer homem – por que não lidar com os próprios desejos como se fosse um? No entanto, ela nunca ficou tentada a se envolver com alguém, até agora. Ethan Ransom, um ex-detetive da Scotland Yard, é tão galante quanto secreto, e sua lealdade é um verdadeiro mistério. Em uma noite emocionante, eles cedem a uma poderosa atração mútua antes de se tornarem estranhos novamente.                 Um homem que quebra todas as regras


Ethan tem pouco interesse pela alta sociedade, mas é cativado pela preciosa e bela Garrett. Apesar da promessa de resistir um ao outro depois daquela noite sublime, ela logo será atraída para sua tarefa mais perigosa. Quando a missão dá errado, Garret usa toda a sua habilidade e coragem para se salvar. À medida que enfrentam a ameaça de uma traição do governo, Ethan fica disposto a assumir qualquer risco pelo amor da mulher mais extraordinária que já conheceu. [+]


O ano letivo começou e Greer ­MacDonald está se esforçando ao máximo para se adaptar ao colégio interno onde ela entrou como bolsista. O problema é que a STAGS, além de ser a escola mais antiga e tradicional da Inglaterra, é repleta de alunos ricos e privilegiados – tudo o que Greer não é.

Para sua grande surpresa, um dia Greer recebe um cartão misterioso com apenas três palavras: “caça tiro pesca”. Trata-se de um convite para passar o feriado na propriedade de Henry de Warlencourt, o garoto mais bonito e popular do colégio... e líder dos medievais, o grupo de alunos que dita as regras.

Greer se junta ao clã de Henry e a outros colegas escolhidos para o evento, mas esse conto de fadas não vai terminar da maneira que ela imagina. À medida que os três esportes se tornam mais sombrios e estranhos, Greer se dá conta de que os predadores estão à espreita... e eles querem sangue.

Que a caçada comece! [+


Joana, Emilia, Florian, Alfred. Cada um de um país diferente. Cada um caçado e assombrado pela tragédia, pelas mentiras e pela guerra. Enquanto milhares fogem do avanço do exército soviético na costa da Prússia, os caminhos desses quatro jovens se cruzam pouco antes de embarcarem em um navio que promete segurança e liberdade. Mas nem sempre as promessas podem ser cumpridas...

Profundamente comovente, O sal das lágrimas se baseia em um acontecimento real. O navio alemão Wilhelm Gustloff foi afundado pelos russos no início de 1945, tirando a vida de mais de 9 mil refugiados civis, entre eles milhares de crianças. É o pior desastre marítimo da história, com seis vezes mais mortos que o Titanic. 

Ruta Sepetys, a premiada autora de A vida em tons de cinza, reconta brilhantemente essa passagem por meio de personagens complexos e inesquecíveis. [+]


Na noite da formatura, Vale McKinley sofre um terrível acidente de carro. Junto com ela está Crawford, seu namorado, que acaba entrando em coma. Eles pretendiam aproveitar o verão fazendo planos para a universidade, com um futuro brilhante cheio de possibilidades. Agora, Vale passa longos dias no hospital, à espera de que Crawford acorde.

Lá, ela encontra por acaso com Slate Allen, colega de faculdade do seu irmão. O garoto aparece regularmente para visitar o tio, que está internado. Quando se esbarram, Vale não consegue negar a atração proibida entre eles. Ela tenta ignorar seus sentimentos, mas não é imune ao charme de Slate. Aos poucos, os dois se aproximam.

Depois de muito relutar em sair do lado de Crawford, Vale cede aos apelos da família e vai para universidade, pensando que o namorado gostaria que ela tocasse a vida. Só que agora a garota está no território de Slate e a história dos dois vai sofrer uma grande reviravolta. [+]


Enquanto você dormia…

Depois de perder o pai e ficar sabendo que o irmão Thomas foi ferido durante uma batalha nas colônias, Cecilia Harcourt tem duas opções igualmente terríveis: se mudar para a casa de uma tia solteira ou se casar com um primo vigarista. Então ela cruza o Atlântico, determinada a cuidar de seu irmão pelo tempo que for necessário. Só que, após uma semana sem conseguir localizá-lo, ela acaba encontrando seu melhor amigo, o lindo oficial Edward Rokesby. Ele está inconsciente, precisando desesperadamente de cuidados, e Cecilia promete salvar a vida desse soldado, mesmo que para permanecer ao lado dele precise contar uma pequena mentira...

Eu disse a todos que era sua esposa

Quando Edward recobra a consciência, não entende nada. A pancada na cabeça o fez esquecer tudo que aconteceu nos últimos três meses, mas ele certamente se lembraria de ter se casado. Apesar de saber que Cecilia Harcourt é irmã de Thomas, eles nunca foram apresentados. Mas, já que todo mundo a trata como esposa dele, deve ser verdade.

Quem dera fosse verdade…

Cecilia coloca o próprio futuro em risco ao se entregar completamente ao homem que ama. Mas quando a verdade vem à tona, Edward talvez também tenha algumas surpresas para a nova Sra. Rokesby. [+


Por dentro da tela: Bird Box

Data de lançamento: 21 de dezembro de 2018 
Duração: 1h 57min
Direção: Susanne Bier
Elenco: Sandra Bullock, Trevante Rhodes, Sarah Paulson
Gêneros: Terror, Suspense
Nacionalidade: EUA



Em um mundo pós-apocalíptico, Malorie (Sandra Bullock) e seus filhos precisam chegar em um refúgio para escapar do Problema, criaturas que ao serem vistas fazem pessoas se tornarem extremamente violentas. De olhos vendados para não serem afetados, a família segue o curso de um rio para chegar à segurança.




Classificação:     




Bird Box é uma adaptação que saiu no catálogo da Netflix dia 21 de dezembro e tem sido muito divulgada nos últimos dias. O filme é baseado no livro de Josh Malerman, Caixa de Pássaros, lançado no Brasil pela Editora Intrínseca e já resenhado aqui no blog. 

Assim como todos os que já tiveram a oportunidade de ler a obra, estava ansiosíssima para o lançamento, consegui ver ontem e me surpreendi. Como fiz a leitura de Caixa de Pássaros em 2015 não lembro de muitos detalhes do livro e acredito que isso foi fundamental para que deixasse de lado a impressão de que a adaptação "não é fiel" e aproveitasse o filme. 

A produção nos mostra um mundo pós-apocalíptico em que as pessoas precisam usar vendas se quiserem sobreviver. Assim como no livro, o filme mescla cenas do começo do surto até cinco anos depois em que Malorie precisa sair de seu esconderijo com os filhos para buscar um local seguro para ficarem. 

Malorie estava grávida quando tudo começou, após uma consulta de rotina pode ver o quê acontecia com as pessoas que viam as criaturas e logo após se suicidavam. Uma das vítimas foi a irmã de Malorie e agora ela precisa encontrar um jeito de sobreviver, uma estranha a ajuda e logo após tira a sua própria vida. Malorie agora mora em uma casa com pessoas estranhas e elas precisam encontrar um meio de se ajudar e sobreviver a esse caos. Cinco anos depois, Malorie e seus filhos - Garoto e Menina - embarcam em uma viagem extremamente difícil, mas que poderá ser a sua única esperança. 

Como adaptação o filme pode ter desapontado alguns leitores, porém como li a obra anos atrás e não lembro de muitos detalhes achei o filme fantástico. Sandra Bullock deu um show de atuação, como sempre, as crianças foram muito bem escolhidas e conseguiram cativar o telespectador. As cenas foram bem desenvolvidas, as paisagens são maravilhosas, os efeitos são bem trabalhados e sem dúvidas é um filme marcante. O único ponto que senti falta no filme foi a super audição das crianças, que é bastante explorada no livro, porém nada que tenha me deixado insatisfeita com a adaptação, muito pelo contrário, o filme é maravilhoso.